sexta-feira, 15 de abril de 2016

15 de abril, dia das Santas Basilissa e Anastácia, Virgens.

  15/04 Sexta-feira 
Festa de Quarta Classe
Paramentos Brancos
  A tradição diz que duas nobres romanas, Basilissa e Anastácia foram convertidas para o cristianismo pelas pregações dos apóstolos São Paulo e São Pedro. Após os dois apóstolos terem sido martirizados em Roma, Basilissa e Anastácia encontraram os seus corpos e os enterraram secretamente à noite.
   Isto teria enfurecido as autoridades, que acabaram descobrindo quem havia enterrado os apóstolos. As duas mulheres foram presas e conduzidas diante do tribunal de Nero, onde deveriam renunciar à sua fé e confessar onde teriam enterrado os dois, para que seus corpos fossem exumados e queimados. Nenhuma das duas confessou o local. Ambas foram, então, martirizadas de maneira selvagem e, finalmente, tiveram as suas línguas arrancadas, os braços e pés cortados antes de serem decapitadas. Isto ocorreu por volta do ano 68.
 Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

Leitura da Epístola de

I São Pedro 2, 21-25
21.Ora, é para isto que fostes chamados. Também Cristo padeceu por vós, deixando-vos exemplo para que sigais os seus passos. 22.Ele não cometeu pecado, nem se achou falsidade em sua boca (Is 53,9). 23.Ele, ultrajado, não retribuía com idêntico ultraje; ele, maltratado, não proferia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça. 24.Carregou os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro para que, mortos aos nossos pecados, vivamos para a justiça. Por fim, por suas chagas fomos curados (Is 53,5). 25.Porque éreis como ovelhas desgarradas, mas agora retornastes ao Pastor e guarda das vossas almas.

Sequência do Santo Evangelho


São João 10, 11-16

11.Eu sou o bom pastor. O bom pastor expõe a sua vida pelas ovelhas. 12.O mercenário, porém, que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, quando vê que o lobo vem vindo, abandona as ovelhas e foge; o lobo rouba e dispersa as ovelhas. 13.O mercenário, porém, foge, porque é mercenário e não se importa com as ovelhas. 14.Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem a mim, 15.como meu Pai me conhece e eu conheço o Pai. Dou a minha vida pelas minhas ovelhas. 16.Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco. Preciso conduzi-las também, e ouvirão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário