terça-feira, 5 de julho de 2016

Dia 05 de julho,Santo Antônio Maria Zacarias, Confessor

05/07Terça-feira
Festa de Terceira Classe
Paramentos Brancos



  António Maria Zacarias Nascido numa família de comerciantes de Genova, Lázaro e Antonieta, e seu pai morreu quando ele tinha apenas dois anos e ficou órfão de pai. Mudou-se com a família em Cremona. Em 1520 viajou para Padova para estudar Filosofia e Medicina. Tornou-se exemplo de vida austera, séria e voltada para a fé, dedicando-se exclusivamente à educação e formação do filho. E seu empenho ilustra a alma do homem que preparou para o mundo e para a Igreja. Em pouco tempo, Antônio Maria era conhecido por sua inteligência precoce e, ao mesmo tempo, pela disposição à caridade e humildade. Contam os escritos que era comum chegar do colégio sem seu caro manto de lã, pois o deixava sobre os ombros de algum mendigo que estava exposto ao rigor do frio. Ao completar dezoito anos de idade, doou toda sua herança para sua mãe, e foi estudar filosofia em Pávia e medicina em Pádua. Ao contrário dos demais estudantes, que pouco aprendia e mais se dedicavam à vida de diversões das metrópoles, como em todas as épocas, Antônio Maria usava todo o seu tempo para estudar e meditar. Em vez de vestir-se como fidalgo, preferia as roupas simples e comportava-se com humildade.            

Depois de formado, exerceu a medicina junto ao povo, cuidando principalmente dos que não tinham recursos. Conta a tradição que, além de curar os males do corpo, ele confortava as tristezas da alma de seus pobres pacientes. Distribuía os remédios científicos juntamente com o conforto, a esperança e a paz de espírito.                                                                                                              

Voltou em 1524 em Cremona, onde fundou a Confraria da Amizade, para reflexão bíblica. Teve como orientador espiritual o frei Batista de Crema, que o ajudou a escolher o caminho do sacerdócio. Finalmente, sua espiritualidade venceu a ciência e, em 1528, Antônio Maria foi consagrado padre em 20 de Fevereiro de 1529, sem estar vinculado a nenhuma diocese. Em 1530 mudou-se para Milão sendo confessor da Condesa Ludovica Torelli. Aí, uniu-se a três companheiros, que fundaram três grupos de vida cristã, que originariam duas congregações religiosas, a dos padres barnabitas e das irmãs angélicas, e, finalmente, um grupo de casais. Este grupo de casais foi a primeira experiência de história da Igreja. A Ordem dos Barnabitas foi aprovada em 1533. As duas congregações religiosas foram orientadas à missão e à reforma dos conventos. Participaram decididamente da reforma católica. Sua espiritualidade é fundamentada na Bíblia e tem como modelo o apóstolo Paulo de Tarso e Cristo Crucificado. Incentivou a prática da Eucaristia, da leitura orante da Bíblia (Lectio Divina) e das Quarenta Horas (adoração do Santíssimo Sacramento por quarenta horas interruptas). Em 1539, quis voltar em Cremona, pois a saúde dele era muito fraca, e entendeu que o fim estava perto. Na tarde do 5 de julho à presença da mãe e dos discípulos queridos, faleceu depois de ter recebidos os sacramentosPapa Leão XIII o proclamou Santo em 1897.

Leitura da Epístola dos 

I Timóteo 4,8-16
8.Exercita-te na piedade. Se o exercício corporal traz algum pequeno proveito, a piedade, esta sim, é útil para tudo, porque tem a promessa da vida presente e da futura.9.Eis uma verdade absolutamente certa e digna de fé:10.se nos afadigamos e sofremos ultrajes, é porque pusemos a nossa esperança em Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, sobretudo dos fiéis.11.Seja este o objeto de tuas prescrições e dos teus ensinamentos.12.Ninguém te despreze por seres jovem. Ao contrário, torna-te modelo para os fiéis, no modo de falar e de viver, na caridade, na fé, na castidade.13.Enquanto eu não chegar, aplica-te à leitura, à exortação, ao ensino.14.Não negligencies o carisma que está em ti e que te foi dado por profecia, quando a assembléia dos anciãos te impôs as mãos.15.Põe nisto toda a diligência e empenho, de tal modo que se torne manifesto a todos o teu aproveitamento.16.Olha por ti e pela instrução dos outros. E persevera nestas coisas. Se isto fizeres, salvar-te-ás a ti mesmo e aos que te ouvirem.

Sequência do Santo Evangelho                                                                                          
São Marcos 10,15-21 
15.Em verdade vos digo: todo o que não receber o Reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará."16.Em seguida, ele as abraçou e as abençoou, impondo-lhes as mãos.17.Tendo ele saído para se pôr a caminho, veio alguém correndo e, dobrando os joelhos diante dele, suplicou-lhe: "Bom Mestre, que farei para alcançara vida eterna?"18.Jesus disse-lhe: "Por que me chamas bom? Só Deus é bom.19.Conheces os mandamentos: não mates; não cometas adultério; não furtes; não digas falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe."20.Ele respondeu-lhe: "Mestre, tudo isto tenho observado desde a minha mocidade."21.Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: "Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário