quinta-feira, 18 de agosto de 2016

18 de Agosto dia Santa Helena,Imperatriz.

18/08 Quinta-feira
Festa de Quarta Classe
Paramentos Verdes
  Ela nasceu em Britynia e casou-se com um general romano Constancius I Chlorus, pelos anos de 270. Constancius foi feito Cezar em 293.Logo divorciou-se de Helena e casou-se com a filha do imperador Maximiliano. Constantino tonou se imperador em 312 logo após a vitória da Ponte de Milvian e Helena foi nomeada Augusta ou Imperatriz. Ela se converteu para o catolicismo e fez vários atos de caridade, construiu várias templos e igrejas em Roma e na Terra Santa. Numa das suas viagens a terra santa, teria tido visões, que a ajudaram a descobrir a cruz na qual foi crucificado Jesus. Ela parece ter morrido na Nicomédia. O seus restos estão em um sarcófago no Museu do Vaticano. Na liturgia da igreja, Santa Helena é mostrada como uma imperadora , segurando uma cruz. A cruz foi encontrada numa cisterna no dia 3 de maio a leste do Monte Calvário.

   Santa Helena encontrando a cruz é objeto de um poema muito celebrado chamado Elene de Cynelwulf. Em 395, 65 anos após a morte de Helena, São Ambrósio de Milão fez um sermão no qual ele disse que Helena havia encontrado a cruz onde Jesus tinha sido crucificado, mas também tinha encontrado aquele que alí tinha sido morto, ou seja, Jesus. Ela, disse São Ambrósio,  tinha adorado não só o madeiro da cruz e também o Rei que ali tinha sido pregado e que assim ela havia encontrado a imortalidade. A descoberta de Santa Helena é também atestada por Rufinus e Sulpicius Severus no 4° seculo. Parte da Santa Cruz ficou em Jerusalém e parte foi levada para Roma e alguns fragmentos foram distribuídos para um grande número de Igrejas. Isto indica que Santa Helena queria que a Cruz Santa fosse de toda a Igreja Universal.   
              
  Santa Helena não é uma santa somente porque ela encontrou a cruz de Cristo. Ela amava os pobres e vestia com modéstia e humildade. Euzébio escreveu que Helena passou seus últimos anos na Palestina, continuamente amada e venerada.
 Sempre ao lado de todos na Igreja, humildemente vestida, igual as outras mulheres que estavam ali orando. Em adição a isto, ela enfeitou as Igrejas com ornamentos e decorações não esquecendo das mais simples capelas e dos pequenos vilarejos. Construiu basílicas no Monte das Oliveiras (A Eleona) e em Belém, viajando através de toda a Palestina, e era conhecida pela sua bondade com todos, pobre, soldados, e prisioneiros e muitos milagres foram a ela atribuídos. Quando ela morreu seu corpo foi solenemente levado de volta a Roma. Mãe do primeiro imperador cristão, Constantino, o Grande.
 Foi Constantino que promulgou o Édito de Milão. Graças a este decreto o cristianismo foi liberado e assim as pessoas tiveram mais acesso a verdadeira religião que tinha direito por execelência mais que as seitas. Foi o primeiro passo para que, anos mais tarde, outro imperador, Teodósio, convertido ao cristianismo, tornasse o cristianismo a religião oficial do Império Romano.

Leitura da Epístola dos                                                        
Gálatas 3,16-22    
16.Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: aos seus descendentes, como se fossem muitos, mas fala de um só: e a tua descendência (Gn 12,7), isto é, a Cristo.17.Afirmo, portanto: a lei, que veio quatrocentos e trinta anos mais tarde, não pode anular o testamento feito por Deus em boa e devida forma e não pode tornar sem efeito a promessa.18.Porque, se a herança se obtivesse pela lei, já não proviria da promessa. Ora, pela promessa é que Deus deu o seu favor a Abraão.19.Então que é a lei? É um complemento ajuntado em vista das transgressões, até que viesse a descendência a quem fora feita a promessa; foi promulgada por anjos, passando por um intermediário.20.Mas não há intermediário, tratando-se de uma só pessoa, e Deus é um só.21.Portanto, é a lei contrária às promessas de Deus? De nenhum modo. Se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, em verdade a justiça viria pela lei;22.mas a Escritura encerrou tudo sob o império do pecado, para que a promessa mediante a fé em Jesus Cristo fosse dada aos que crêem.

Sequência do Santo Evangelho

São Lucas 17,11-19                                                                         
11.Sempre em caminho para Jerusalém, Jesus passava pelos confins da Samaria e da Galiléia.12.Ao entrar numa aldeia, vieram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e elevaram a voz, clamando:13.Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!14.Jesus viu-os e disse-lhes: Ide, mostrai-vos ao sacerdote. E quando eles iam andando, ficaram curados.15.Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em alta voz.16.Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano.17.Jesus lhe disse: Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove?18.Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?!19.E acrescentou: Levanta-te e vai, tua fé te salvou.
 Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário