segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Nossa Senhora da Oliveira

 http://fotos.subefotos.com/2f4861d0982f3626b67e0bf25452a756o.jpg
Origem do nome de Nossa Senhora da Oliveira, ou simplesmente Senhora da Oliveira, é uma das invocações marianas ligadas à veneração pela Paixão de Cristo., é a de que se baseia na Sagrada Escritura.
O cristianismo tem como símbolo a oliveira, que significa misericórdia, e o óleo, a graça de Deus. A oliveira é comumente representada como uma linda e frondosa árvore, e lembrada com frequência na Bíblia. O salmo 51, versículo 10, diz: “Eu sou, porém, como verdejante oliveira na casa de Deus”. Já o salmo 127, versículo 3, fala: “Teus filhos em torno à tua mesa serão como brotos de oliveira”.
Várias passagens da vida terrena de Cristo se deram no monte das Oliveiras, como mostra os evangelhos de Mateus 21,1 e 24,3, Marcos, 11,1; 13,3 e 14,26. Também o profeta Jeremias, no capítulo 11,16, cita a árvore: “Verdejante oliveira de belos frutos”.
O seu fruto, a oliva – também chamada azeitona por fornecer abundante azeite -, é apresentado como benquisto e fonte de riqueza, além de suas árvores serem enfeite às matas. É apresentado como símbolo de glória. Por isso, no universo dos esportes, os atletas vitoriosos costumavam ser coroados com ramos de louro ou oliveira.
Muitos lugares e pessoas serviram como inspiração para nomear títulos de honra, como Nossa Senhora de Fátima, Lourdes, Aparecida. No caso de Nossa Senhora da Oliveira, porém, deu-se o contrário.
Há uma piedosa tradição que nos fala sobre São Tiago, que criou uma comunidade cristã ao chegar à Espanha. Os fieis convertidos transformaram o templo dedicado a Ceres, deusa da agricultura, em igreja cristã, para praticar o culto religioso. O local situava-se onde se formou a cidade dos Guimarães, em Portugal.
http://www.fotothing.com/photos/cad/cadb3a63cab7a1c826835bb5b006261e.jpgMais tarde, confirmou-se essa versão, quando encontraram um letreiro escrito em latim, que traduzido dizia: “Neste templo, Tiago, filho de Zebedeu, colocou uma imagem da Virgem Maria”.
Quase em frente da igreja dedicada a Nossa Senhora havia uma oliveira, antiga, muito seca, que começou a reverdecer. Desde então, a imagem foi conhecida como “da Oliveira”.
Para evitar profanações por parte dos bárbaros, o arcebispo de Braga, dom Pancrácio, mandou esconder, em 417, a imagem de Maria numa gruta de um monte próximo a Guimarães. 


http://www.artesacro.org/imagenes/besamanos%20oliva%20salteras03.jpg
Somente depois da expulsão dos mouros, levaram a imagem da Mãe de Deus de seu esconderijo no tronco de uma oliveira da vila, sob os cuidados do monges beneditinos.
Em Murat, na França, uma igreja foi reconstruída em 1494, após um incêndio que destruiu totalmente o antigo patrimônio. Tudo se reduziu a cinzas, com exceção de uma imagem de Nossa Senhora da Oliveira, feita de cedro ou de oliveira, que permaneceu intacta sob os escombros. Diz a historia que a imagem foi levada à França por São Luís, que a trouxe da Palestina, no tempo das Cruzadas.








Nossa Senhora da Oliveira invocada e protetora da família Oliveira.
Brasão de Santa Maria de Oliveira
 O sobrenome Oliveira tem sua origem em Portugal e foi um dos primeiros sobrenomes a começar a se popularizar por aqui, por uma razão simples de que o Brasil foi descoberto e colonizado por portugueses.Ele é classificado como sendo um toponímico, ou seja, de origem geográfica uma vez que Oliveira seria a árvore que produz a azeitona (oliva). Em Portugual, o nome foi originado em Paço de Oliveira, na freguesia de Santa Maria de Oliveira, Arcos de Valdevez. 
 


 Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário