segunda-feira, 7 de novembro de 2016

07 de novembro dia de São Vilibrordo, Confessor Bispo de Utrecht na Frísia

 07/11 Segunda-feira
Festa de Quarta Classe
Paramentos Verdes
  Dentre os grandes missionários da Igreja hoje destacamos São Vilibrordo, que foi um grande apóstolo do norte da Europa que, no Século VIII, evangelizou tribos bárbaras. São Vilibrordo, chamado o “Apóstolo dos frisões”, foi o primeiro bispo de Utrecht, sede primaz da Holanda. Ele nasceu na Inglaterra de uma família cristã. São Vilibrordo nasceu na Inglaterra numa família cristã, na qual os pais fizeram o suficiente para que o filho encontrasse seu lugar na Igreja, sendo assim, Vilibrordo desde os 5 anos foi entregue num mosteiro de York, onde foi educado e aí decidiu seguir a vida monástica. Depois foi para a Irlanda onde ficou por nove anos se ordenando sacerdote. No ano de 690 foi enviado como missionário junto com outros colegas para evangelização dos frisões que eram bárbaros que viviam na Holanda e Dinamarca. Aí viviam populações muito hostis ao Evangelho pois eram todas de origem pagã. Vilibrordo, após essa experiência, foi para Roma para receber apoio do Papa Sérgio I, que muito o animou. Voltou mais tarde a Roma para relatar seus sucessos, suas dificuldades e seus planos futuros e daí o Papa o sagrou bispo. Continuando seu árduo trabalho, Vilibrordo construiu uma catedral dedicando-a ao Santíssimo Redentor e seguiu com seu apostolado nas regiões da Frísia, Dinamarca e Turíngia.Com a morte do rei Franco Pepino, seu protetor, o duque de Ratbodo conquistou parte da Frísia obrigando Vilibrordo a se afastar daquela região, onde voltou só após a morte do referido duque. Aí completou a evangelização dos povos do norte da Europa, ajudado pelo futuro apóstolo da Alemanha, São Bonifácio.Alquebrado pelas fadigas apostólicas e vendo aproximar-se o fim de sua longa existência, Vilibrordo retirou-se ao mosteiro de Echternach sobre o rio Reno, onde veio a falecer em 7 de Novembro de 739, com oitenta anos de idade, cinqüenta dos quais consagrados à evangelização.

 Leitura da Epístola da
                                                                                                                      Colossenses 3,12-17
12 Portanto, como eleitos de Deus, santos e queridos, revesti-vos de entranhada misericórdia, de bondade, humildade, doçura, paciência. 13 Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós. 14 Mas, acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição. 15 Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos. 16 A palavra de Cristo permaneça entre vós em toda a sua riqueza, de sorte que com toda a sabedoria vos possais instruir e exortar mutuamente. Sob a inspiração da graça cantai a Deus de todo o coração salmos, hinos e cânticos espirituais. 17 Tudo quanto fizerdes, por palavra ou por obra, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

Sequência do Santo Evangelho
São Mateus 13, 24-30
24 Jesus propôs-lhes outra parábola: O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo. 25 Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu. 26 O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio. 27 Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: - Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio? 28 Disse-lhes ele: - Foi um inimigo que fez isto! Replicaram-lhe: - Queres que vamos e o arranquemos? 29 - Não, disse ele; arrancando o joio, arriscais a tirar também o trigo. 30 Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da colheita, direi aos ceifadores: arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário