sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

23 de dezembro dia de São Sérvulo

23/12 Sexta-feira
Festa de Quarta Classe
Paramentos Roxos

Nos tempos do Papa São Gregório I, em Roma vivia um  mendigo de cujas virtudes e santidade aquele Papa e Doutor da o seguinte testemunho: Sérvulo era um mendigo do século VIalt, como Lázaro da parábola de Cristo, era um homem pobre coberto de feridas e mentir contra a porta da casa de um homem rico. Na verdade, nosso santo estava paralisado desde a infância, para que ele não podia levantar-se, sentar-se, colocou a mão em sua boca, ou mude de posição. Sua mãe e seu irmão utilizado para levá-lo ao adro da igreja de São Clemente de Roma. Sérvulo vivia de esmolas que eles deram ao povo. Se nada sobrou, ele distribuiu entre os necessitados outro.Apesar da pobreza, conseguiu economizar o suficiente para comprar alguns livros da Sagrada Escritura. Desde que ele não sabia ler, fez os outros se ler, e ouviu tão intensamente, que veio para memorizar. Ele passou a maior parte de seu tempo cantando salmos de louvor e ação de graças a Deus, apesar de quanto sofria. Depois de vários anos, sentindo que seu fim estava próximo, pediu os pobres e peregrinos, que tantas vezes aliviado que entoassen hinos e salmos com seu leito de morte. Ele cantou com eles. Mas a mente de repente, parou e gritou: "Você ouve a música bonita no céu?" Ele morreu no final das palavras, e sua alma foi levado pelos anjos ao paraíso. Seu corpo foi sepultado na igreja de São Clemente, que costumava ser sempre sua casa. Sua festa é celebrada todos os anos na igreja do Coeli Hill.
  São Gregorio Magno conclui um sermão sobre São Sérvulo, dizendo que o comportamento do pobre mendigo doente é uma acusação daqueles que, desfrutando de saúde e fortuna, sem boas obras não suportar a menor cruz pacientemente.
 O santo fala em tom de Sérvulo revelando que era bem conhecido para ele e seus ouvintes, e que um de seus monges, que participou da morte do mendigo, ele remete para o seu corpo exalava um perfume doce.São Sérvulo foi um verdadeiro servo de Deus, não se esquecia mesmo de cuidar de dar glória do Senhor, de modo que um prêmio considerado a sofrer por ele com sua constância e fidelidade venceu o mundo e ultrapassou corporal doenças.
 Na igreja de São Clemente em Roma há uma pintura do século XVIII, na qual vê-se o mendigo Sérvulo na cadeira de rodas, enquanto devotos dão-lhe esmola e lêem os salmos para ele.

Leitura da Epístola

I Coríntios 4, 1-5

1Que os homens nos considerem, pois, como simples operários de Cristo e administradores dos mistérios de Deus.2Ora, o que se exige dos administradores é que sejam fiéis.3A mim pouco se me dá ser julgado por vós ou por tribunal humano, pois nem eu me julgo a mim mesmo.4De nada me acusa a consciência; contudo, nem por isso sou justificado. Meu juiz é o Senhor.5Por isso, não julgueis antes do tempo; esperai que venha o Senhor. Ele porá às claras o que se acha escondido nas trevas. Ele manifestará as intenções dos corações. Então cada um receberá de Deus o louvor que merece.

Sequência do Santo Evangelho

São Lucas 3,1-16
 1No ano décimo quinto do reinado do imperador Tibério, sendo Pôncio Pilatos governador da Judéia, Herodes tetrarca da Galiléia, seu irmão Filipe tetrarca da Ituréia e da província de Traconites, e Lisânias tetrarca da Abilina,2sendo sumos sacerdotes Anás e Caifás, veio a palavra do Senhor no deserto a João, filho de Zacarias.3Ele percorria toda a região do Jordão, pregando o batismo de arrependimento para remissão dos pecados,4como está escrito no livro das palavras do profeta Isaías (40,3ss.): Uma voz clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.5Todo vale será aterrado, e todo monte e outeiro serão arrasados; tornar-se-á direito o que estiver torto, e os caminhos escabrosos serão aplainados.6Todo homem verá a salvação de Deus.7Dizia, pois, ao povo que vinha para ser batizado por ele: Raça de víboras! Quem vos ensinou a fugir da ira iminente?8Fazei, pois, uma conversão realmente frutuosa e não comeceis a dizer: Temos Abraão por pai. Pois vos digo: Deus tem poder para destas pedras suscitar filhos a Abraão.9O machado já está posto à raiz das árvores. E toda árvore que não der fruto bom será cortada e lançada ao fogo.10Perguntava-lhe a multidão: Que devemos fazer?11Ele respondia: Quem tem duas túnicas dê uma ao que não tem; e quem tem o que comer, faça o mesmo.12Também publicanos vieram para ser batizados, e perguntaram-lhe: Mestre, que devemos fazer?13Ele lhes respondeu: Não exijais mais do que vos foi ordenado.14Do mesmo modo, os soldados lhe perguntavam: E nós, que devemos fazer? Respondeu-lhes: Não pratiqueis violência nem defraudeis a ninguém, e contentai-vos com o vosso soldo.15Ora, como o povo estivesse na expectativa, e como todos perguntassem em seus corações se talvez João fosse o Cristo,16ele tomou a palavra, dizendo a todos: Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não sou digno de lhe desatar a correia das sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo.
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário