segunda-feira, 25 de abril de 2022

25 de abril dia de São Marcos, Evangelista.

25/04 Segunda-feira
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Vermelhos

      Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, autor do segundo dos evangelhos sinóticos, os outros são os Mateus e Lucas, e considerado fundador da igreja do Egito e, também, fundador da cidade italiana de Veneza. Seu nome aparece nas epístolas de São Paulo, que se refere a ele como um de seus colaboradores que enviavam saudações de Roma. A principal fonte de informações sobre sua vida está no livro Atos dos Apóstolos. Filho de Maria de Jerusalém e primo de Barnabé, já se havia convertido ao cristianismo quando Paulo e Barnabé chegaram a Jerusalém (44) trazendo os auxílios da Igreja de Antioquia (At 11,30). Acompanhou Barnabé e Paulo a Antióquia (12,25), na hoje Turquia, onde atuou como auxiliar de Paulo, mas voltou à Jerusalém quando chegaram a Perge, na Panfília. Depois ele e Barnabé teriam embarcado para à ilha de Chipre (13,4-5), na sua primeira viagem apostólica, porém o apóstolo não voltou a ser mencionado nos Atos. De Chipre passou a evangelizar a Ásia Menor e, em decorrência de alguns conflitos, separou-se de Paulo e Barnabé em Perge (Panfília) e voltou para Jerusalém (13,13). Voltou a Chipre (50) acompanhado apenas de Barnabé (15,39) e depois foi para Roma como colaborador de Paulo, prisioneiro naquela cidade (Cl 4,10; Fm 24). É possível que tenha deixado Roma antes da perseguição de Nero (64), pois depois (67) o apóstolo de Tarso, prisioneiro pela segunda vez, escrevia a Timóteo pedindo-lhe que levasse consigo, de Éfeso para Roma, o seu discípulo e colaborador, já que este lhe era muito útil em seu ministério (2Tm 4,11). Em Roma, também entrou em contato com Pedro, pois este, dirigindo-se aos fiéis do Ponto, da Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, saúda-as em nome do evangelista, a quem afetuosamente chama de filho (1Pd 5,13). Provavelmente escreveu em Roma o Evangelho (50-70) que traz o seu nome e que compila e reproduz a catequese de Pedro. Seu Evangelho destinou-se aos cristãos provenientes do paganismo e tem um estilo simples e vigoroso e com seus 661 versículos, é o Evangelho menos extenso. No século II, o bispo Pápias de Hierápolis, Anatólia, afirmou que ele teria sido intérprete de São Pedro. Embora sejam parcas as informações sobre o evangélico, é indiscutível sua importante participação nos primeiros tempos da igreja cristã. Na Itália seu nome está ligado à cidade de Veneza, para onde mercadores venezianos provenientes de Alexandria, transportaram o que diziam ser as suas relíquias (828). Seu símbolo como evangelista é o leão e a Igreja Católica festeja seu dia em 25 de abril, data em que o evangelista teria sido martirizado.

Intróito/ Sal. 63, 3.
Tu me protegeste, ó Deus, da assembléia dos ímpios, da multidão dos que praticam a iniqüidade, aleluia, aleluia.
Ps. ibid., 2. Ouve, ó Deus, minha oração quando te imploro; livra a minha alma do medo do inimigo.
V/. Glória Patri.

Coleta
Ó Deus, que glorificastes o Beato Marcos, vosso evangelista, chamando-o à dignidade de pregador do Evangelho, concedei-vos, rogamos-vos, que tiremos sempre proveito dos seus ensinamentos e que, em consideração às suas orações, sejamos defendidos.

E comemorou Rogationum:E lembramos da Rogação:
Oratio.Coleção.Præsta, quǽsumus, omnipotens Deus: ut, qui in afflictióne nostra de tua pietáte confídimus; contra adversa ómnia, tua sempre protectionióne muniámur. Per Dominum nostrum. Faça, nós te imploramos, ó Deus Todo-Poderoso: que, cheio de confiança em sua bondade em nossa aflição; estamos constantemente fortalecidos contra todas as adversidades.

Leitura da Epístola de

Ezequiel 1, 10-14
10 Quanto ao aspecto de seus rostos tinham todos eles figura humana, todos os quatro uma face de leão pela direita, todos os quatro uma face de touro pela esquerda, e todos os quatro uma face de águia. 11 Eis o que havia no tocante as suas faces. Suas asas estendiam-se para o alto; cada qual tinha duas asas que tocavam às dos outros, e duas que lhe cobriam o corpo. 12 Cada qual caminhava para a frente: iam para o lado aonde os impelia o espírito; não se voltavam quando iam andando. 13 No meio desses seres, divisava-se algo parecido com brasas incandescentes, como tochas que circulavam entre eles; e desse fogo que projetava uma luz deslumbrante, saíam relâmpagos. 14 Os seres ziguezagueavam como o raio. 

Aleluia, aleluia. V/. Sal. 88, 6. Confitebúntur cæli mirabília tua, Dómine: etenim veritátem tuam in ecclésia sanctórum. Aleluia, aleluia. V/. Os céus anunciarão as tuas maravilhas, Senhor, e a tua verdade na assembléia dos santos.
Aleluia. V/. Sal. 20, 4. Posuísti, Dómine, super caput eius corónam de lápide pretióso. Aleluia. Aleluia. V/. Tu pões na cabeça dele, Senhor, uma coroa de pedras preciosas. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 10, 1-9 
1Depois disso, designou o Senhor ainda setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. 2 Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. 3 Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. 4 Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. 5 Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! 6 Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. 7 Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa. 8 Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. 9 Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo.

Ofertório/ Sal. 88, 6.
Os céus publicarão tuas maravilhas, Senhor, e tua verdade na assembléia dos santos, aleluia, aleluia.

Secreta/Para rogações.
Que estas oferendas, nós te pedimos, Senhor, abandone as amarras de nossa maldade, e obtenha para nós os dons de sua misericórdia.

Prefatio de Apostolis. Prefácio aos Apóstolos .

 
Comunhão/Sal. 63, 11.
Os justos se regozijarão no Senhor, e nele esperarão; e todos os retos de coração se alegrarão, aleluia, aleluia.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Que os vossos santos mistérios, Senhor, vos pedimos, sejam uma ajuda contínua para nós: para que possamos, através das orações do Beato Marcos, vosso Evangelista, obter sempre deles proteção contra todas as forças adversas.

Pro RogationibusPara Rogação
Pós-comunhão Pós-comunhão
Vota nostra, quǽsumus, Dómine, pio favore proséquere: ut, dum dona tua in tribulatióne percípimus, de consolatióne nostra in tuo amóre crescámus. Per Dominum nostrum. Recebe os nossos pedidos, Senhor, com terna benevolência: para que os teus dons, recebidos na provação, nos confortem e nos façam crescer no teu amor.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.