quarta-feira, 20 de março de 2019

Quarta-feira da Segunda semana da Quaresma

 20/03 Quarta-feira
Festa de Terceira Classe
 
Paramentos Roxos

 
Leitura da Epístola de São Paulo a

Atos dos Apóstolos 1,15-26
15 Num daqueles dias, levantou-se Pedro no meio de seus irmãos, na assembléia reunida que constava de umas cento e vinte pessoas, e disse: 16 Irmãos, convinha que se cumprisse o que o Espírito Santo predisse na escritura pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam Jesus. 17 Ele era um dos nossos e teve parte no nosso ministério. 18 Este homem adquirira um campo com o salário de seu crime. Depois, tombando para a frente, arrebentou-se pelo meio, e todas as suas entranhas se derramaram. 19 (Tornou-se este fato conhecido dos habitantes de Jerusalém, de modo que aquele campo foi chamado na língua deles Hacéldama, isto é, Campo de Sangue.) 20 Pois está escrito no livro dos Salmos: Fique deserta a sua habitação, e não haja quem nela habite; e ainda mais: Que outro receba o seu cargo (Sl 68,26; 108,8). 21 Convém que destes homens que têm estado em nossa companhia todo o tempo em que o Senhor Jesus viveu entre nós, 22 a começar do batismo de João até o dia em que do nosso meio foi arrebatado, um deles se torne conosco testemunha de sua Ressurreição. 23 Propuseram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome Justo, e Matias. 24 E oraram nestes termos: Ó Senhor, que conheces os corações de todos, mostra-nos qual destes dois escolheste 25 para tomar neste ministério e apostolado o lugar de Judas que se transviou, para ir para o seu próprio lugar. 26 Deitaram sorte e caiu a sorte em Matias, que foi incorporado aos onze apóstolos.


Sequência do Santo Evangelho segundo 

São Mateus 11,25-30
25 Por aquele tempo, Jesus pronunciou estas palavras: Eu te bendigo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequenos. 26 Sim, Pai, eu te bendigo, porque assim foi do teu agrado. 27 Todas as coisas me foram dadas por meu Pai; ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelá-lo. 28 Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. 29 Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. 30 Porque meu jugo é suave e meu peso é leve.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário. 

20 de março dia de Santa Fotina, Samaritana Mártir


   Relato da Sagrada Tradição a mulher samaritana poço de Jacó em Siquém (João 4:5-42) se chamava Fotina ou também conhecida por Svetlana, nascida na Samaria em época desconhecida, morreu em Roma no ano 66, como mártir da Santa Igreja. Na sequência dos acontecimentos junto a Fonte de Jacó, sabemos que Fotina regressou à sua aldeia, e muitos passaram a acreditar em Jesus com o seu testemunho. A vida de Fotina após o sublime encontro com Nosso Senhor Jesus Cristo converte-se é de um grande amor por Ele, superando o medo constante, apesar da perseguição, num tempo de eventuais práticas de tortura e morte. Ela é muito venerada nas tradições orientais reconhecida pelo Martirológio Romano. Após seu encontro com o Jesus Cristo, Fotina e seu filho, provavelmente, foram morar em Cartago, onde pregou o Evangelho a todos que quisessem ouvir. Seu filho mais velho, São Vitor, um soldado, tinha demonstrado sua coragem na batalha, e, portanto, recompensados ​​com uma estação de destaque na cidade de Atália. Após uma conversa com o administrador da cidade, durante o qual Vitor foi incentivado a renunciar sua fé e avisar sua mãe e irmãs para não pregar o Evangelho, o administrador da cidade ficou mudo e cego por três dias. Ao recuperar os sentidos, e vendo Vitor ainda com ele, o administrador se converteu ao cristianismo, junto com seus servos. Notícias desta conversão milagrosa finalmente chegou o imperador Nero, um perseguidor ativo e sádico dos cristãos, que ordenou que fossem trazidos a Roma para julgamento. Marcada a audiência do julgamento, Santa Fotina e suas irmãs, e vários outros crentes, viajaram para Roma para participar com outros confessores dos exercícios de provação. O julgamento foi curto, e a tortura começou quase imediatamente após os acusados se recusarem a renunciar sua crença em Cristo. Cada um dos mártires tinha seus pulsos esmagados em uma bigorna, mas relataram sentir nenhuma dor. Mas o de Photina, porém, foi milagrosamente incapaz de ser esmagado. Os homens foram jogados na prisão, onde continuaram a pregar para todos que quisessem ouvir, a prisão logo se transformou em um lugar radiante de luz e com doce odor. As mulheres eram confinadas ao serviço da filha do imperador, que rapidamente se converteu à fé através dos seus testemunhos, assim como seus servos.
 Incomodado e com raiva, Nero ordenou que os mártires fossem executados. Os homens foram crucificados de cabeça para baixo depois serem espancados por três dias, ainda assim se recusavam a morrer. Eles, então, tiveram as pernas cortadas abaixo dos joelhos, os seus membros jogados aos cães, e foram espancados até expirar. As mulheres foram mutiladas, amarradas a duas árvores e após a libertação foram divididas ao meio. Santa Fotina foi jogada em um poço. Após 20 dias de congelamento na água, sem comida, sem dormir, ela foi chamada perante o imperador. Novamente, ela foi convidada a renunciar à sua fé, mas respondeu: "Voçê se encontra entre os ímpios, cego, perdido, homem louco! Você pode pensar, por ser tão estúpido que é; que eu concordaria em renunciar a Cristo, meu Senhor e oferecer sacrifícios aos ídolos tão cegos como você? " Sem hesitar, o Nero ordenou que fosse jogada de volta ao poço, onde adormeceu em paz com o Senhor. Fotina, tão comovida pelo Senhor, tão sedenta da água da Vida, deu tudo que tinha para espalhar o Evangelho aos outros. Tão cheia de amor e caridade que ela estava, ela escolheu dar sua vida para que outros pudessem ouvir as palavras de Cristo e passaram a acreditar. É certamente um desafio em nossas vidas para viver a nossa fé abertamente, testemunhar para aqueles que encontramos, não por causa de ameaças de morte na maioria dos casos, mas por causa do julgamento e da hostilidade exibida por muitos no mundo. A questão é, será que devemos deixar que nos impeçam? O amor de Nosso Senhor Cristo nos impele a chamar outras pessoas para Ele, para que também eles possam ser salvos. Como, através de nossas vidas, palavras e comportamentos, estamos servindo como testemunha para a glória e redenção de Jesus Cristo? Oramos para que neste tempo de crise possamos viver a nossa fé corajosamente, para que todos possam ver e crer!
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.

terça-feira, 19 de março de 2019

19 de março dia do Glorioso São José!

19/03 Terça-feira
Festa de Primeira Classe
Paramentos Brancos


São José, Esposo Castíssimo da Santíssima Virgem

e Padroeiro da Santa Igreja Universal

  Hoje a Santa Igreja espalhada pelo mundo todo, celebra solenemente a santidade de vida do seu Patrono, São José, por isso reza com ardor na Liturgia:

"Celebre a José a corte celeste, prossiga o louvor o povo cristão: só ele merece à Virgem se unir em casta união".

  São José, que venerado de modo especial neste dia, é um dos santos mais conhecidos no cristianismo, tanto assim que inspirou o nome a dezenas de santos da Igreja e também a outros cristãos, que neste dia comemoram seu onomástico (festa pelo mesmo nome do santo do dia).
  O nome José, em hebraico, significa: "Deus cumula de bens" e, sem dúvida, este conhecido carpinteiro de Nazaré, foi acumulado de bens ao não recusar sua missão de esposo da Virgem Maria e pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo:
  "Ao despertar, José fez o que o Anjo do Senhor lhe prescrevera: acolheu em sua casa a sua esposa". (Mt 1,24)
  Santo Tomás de Aquino diz que é teologicamente certo que o matrimônio entre São José e a Virgem Maria foi verdadeiro e perfeito quanto à essência ou primeira perfeição, mas não quanto ao uso do mesmo, pois não coabitaram. E que São José guardou perfeita virgindade durante toda sua vida, pois tanto ele quanto a Virgem Imaculada mantiveram o voto de virgindade, condicionado antes do matrimônio, e absoluto depois.
  O Doutor Angélico afirma assim que São José fez voto de virgindade. Acrescenta ele que a Bem-aventurada Virgem, antes de unir-se a José, deveria ter sido cientificada por divina revelação de que José tinha o mesmo propósito. E que, portanto, não se expunha a perigos, casando-se. Pelo que não só Maria, mas também José, estavam dispostos, em seu interior, a guardar virgindade. E deveriam ter feito mesmo um voto. Isso porque as obras de perfeição são mais louváveis se se cumprem sob voto.

São José, valei-nos!

São José é o padroeiro da Santa Igreja Universal, o advogado dos lares cristãos e o modelo dos operários. Assim como Abraão e os patriarcas, São José aguardava ansiosamente o cumprimento das promessas de Deus, entretanto, realiza suas promessas provando-o na fé. Com efeito, São José está comprometido com Maria, que fica grávida de um filho que não é dele. Não entende o que se passa. Vacila. Fica confuso e agoniado, mas acolhe a Palavra que lhe ordena tomar Maria como esposa e acolher o Menino que vai nascer. O próprio nascimento de Jesus não pôde ser programado. O Menino nasce em um estábulo, em meio a animais, à margem da sociedade. Os que vêm prestar-lhe culto é gente estranha, moradores fora das fronteiras de seu país. Não bastasse isso, Jesus é ameaçado de morte. José é obrigado a deixar a terra natal e fugir para o Egito. No Egito, luta arduamente para sobreviver numa terra estrangeira na clandestinidade. Aguarda o momento do regresso, quando a vida de Jesus não mais estiver ameaçada. Todavia, a vida do Messias estará sempre ameaçada durante todos os seus dias, até sua morte, e continua ameaçada ainda hoje, nas pessoas daqueles que lutam pela implantação do Reino na face da terra.
  Príncipe da Casa Real de Davi e ao mesmo tempo humilde carpinteiro, é difícil se poder avaliar a grandeza de sua missão. É considerado o Patrono da Boa Morte porque morreu assistido pela Santíssima Virgem, sua Esposa, e pelo próprio Homem-Deus, de quem era pai adotivo. Foi também declarado por Bento XV, ao cumprir-se meio século da proclamação de São José como patrono da Santa Igreja Universal, em seu motu proprio Bonum sane, record. 


Leitura da Epístola

Eclesiástico 45,1-6

1.Moisés foi amado por Deus e pelos homens: sua memória é abençoada.2.O Senhor deu-lhe uma glória semelhante à dos santos; tornou-se poderoso e temido por seus inimigos. 3.Glorificou-o na presença dos reis, prescreveu-lhe suas ordens diante do seu povo, e mostrou-lhe a sua glória. 4.Santificou-o pela sua fé e mansidão, escolheu-o entre todos os homens. 5.Pois (Deus) atendeu-o, ouviu sua voz e o introduziu na nuvem. 6.Deu-lhe seus preceitos perante (seu povo) e a lei da vida e da ciência, para ensinar a Jacó sua aliança e a Israel seus decretos.

Sequência do Santo Evangelho

São Mateus 1, 18-21

18.Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo. 19.José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeitá-la secretamente. 20.Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo. 21.Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados.
 
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.

segunda-feira, 18 de março de 2019

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCVIII (608) (9 de março de 2019):


 


UM CONVERTIDO HOJE – II
 
"Onde há uma vontade de ir para o céu, há um caminho."
E diz Bento aos cristãos: “Ora e trabalha”.
Caro jovem amigo,
Parabéns por ter recebido de Deus graças importantes de conversão que lhe dão uma oportunidade de salvar sua alma para a eternidade! Pois você pode cair na beira da estrada como qualquer um de nós (I Cor. X, 12), no caminho estreito que leva ao Céu (Mt. VII, 14); mas se você quer chegar ao Céu, então com a graça de Deus você o fará, apesar de qualquer coisa que o mundo, a carne e o diabo possam atirar em você. Pois não se engane: você e eu estamos vivos e somos católicos para salvar nossas almas amando a Deus e amando nosso próximo como a nós mesmos. Destes dois Mandamentos pendem toda a Lei e os Profetas, ontem, hoje e amanhã, até o fim do mundo. Nem mesmo o mundo moderno muda esses fundamentos.
Portanto, a situação atual da Igreja e do mundo pode parecer mais assustadora do que nunca, mas você não precisa deixar-se assustar. "Pois tenho certeza", disse São Paulo "que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas presentes, nem as coisas futuras, nem as potestades, nem as alturas, nem os abismos, nem qualquer outra criatura pode-nos separar do amor de Deus em Jesus Cristo Nosso Senhor” (Rom. VIII, conclusão). No entanto, há uma coisa que pode-nos separar de Deus, e que enche o Inferno com as almas condenadas da maioria dos seres humanos que já viveram ou viverão (Mt. VII, 13): é o pecado. Portanto, no que quer que você faça, “Trabalhe a sua salvação com temor e tremor” (Fil. II, 12), porque a perspectiva da condenação eterna é horrível demais para pensar-se, e mantenha constantemente diante de sua mente os Novíssimos: Morte, Juízo, Inferno e Céu. E fique próximo, sempre que for razoavelmente possível, aos Sacramentos, especialmente da Confissão e da Missa, para viver regularmente em estado de graça.
Nesse contexto, para salvar as nossas almas, Nossa Senhora sabe que os tempos modernos tornam a vida católica difícil, e por isso ela nos deu um remédio especial: os Cinco Primeiros Sábados. Descubra tudo sobre eles, em todos os detalhes, especialmente por meio de https://stmarcelinitiative.com/wp-content/uploads/2016/04/fatima-flyer.pdf, e em seguida faça-os o mais breve e fielmente possível, porque qualquer católico que os conheça e não aceite a oferta de Nossa Senhora desse meio de salvação tão fácil precisa que se lhe examinem a cabeça. Sua oferta é muito generosa para ser verdade? Não, ela sabe exatamente o que você aprendeu da maneira mais difícil, ou seja, que o materialismo ateu de hoje, as mentiras e a corrupção, a comodidade e a liberdade excessivas atuam como obstáculos entre seus filhos humanos e seu divino Filho, de modo que aqui está a sua resposta. Fazendo exatamente o que Ela pede, você também estará fazendo o máximo que pode para obter para o Papa a graça de consagrar a Rússia ao Seu Coração, que é a chave que Deus nos deu para desvendarmos os problemas universais de hoje.
Enquanto isso, no nível sobrenatural, use o tempo que tiver atualmente disponível para orar e estudar. Ore o máximo que puder a cada dia dos 15 Mistérios do Rosário, a maior oração depois da Missa, e estude tudo o que puder colocar em suas mãos sobre o que disse e escreveu Dom Lefebvre, o guia de Deus através desta crise sem precedentes da Igreja. Leia também quaisquer outros livros católicos (anteriores à década de 1960) que lhe interessem. Livros corretos, mas pouco interessantes, não lhe darão tanto. Da mesma forma, explore a Internet, mas tenha cuidado, pois nela os tesouros estão cercados por armadilhas. Por todos os meios, procure conhecer uma variedade de sacerdotes católicos, e aprenda com cada um deles, mas não a ponto de confundir-se. Visite as comunidades e fique o tempo que for bem-vindo em qualquer ambiente onde você encontrar Deus.
E por último, no nível natural, procure por todos os meios um trabalho honesto se você achar que, como homem, está saindo de seu equilíbrio sem ele, mas evite comprometer-se em longo prazo até estar seguro de ter encontrado a vontade de Deus para você. Da mesma forma, trate as meninas de modo cortês e evite escolher uma esposa até que você tenha encontrado o trabalho de sua vida. Uma garota sábia se afasta de um homem que ainda não encontrou seu trabalho.
E que Deus o abençoe e que Sua mãe o proteja. Vaya con Dios!
Kyrie eleison

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

Segunda-feira da 2ª Semana da Quaresma.

18/03 Segunda-feira
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos

Leitura da Epístola do livro do profeta

Daniel 9, 15-19
15 Mas agora, Senhor, nosso Deus, que tirastes vosso povo do Egito por um desígnio de vosso poder, e do qual vós fizestes uma glória que perdura ainda hoje, nós pecamos, nós prevaricamos. 16 Senhor, dignai-vos, pela vossa misericórdia, afastar de vossa cidade santa, Jerusalém, vossa cólera e vossa exasperação, porque é devido às nossas iniqüidades e aos pecados de nossos antepassados que Jerusalém e vosso povo são alvo dos insultos de todos os nossos vizinhos. 17 Ouvi, pois, Senhor, a prece suplicante de vosso servo. Por amor a vós mesmo, Senhor, fazei irradiar vossa face sobre vosso santuário deserto. 18 Ó meu Deus, ficai atento para ouvir-nos; abri os olhos para ver nossa ruína e a cidade que ostenta um nome vindo de vós. Não é em nome dos nossos atos de justiça que depositamos a vossos pés nossas súplicas, mas em nome de vossa grande misericórdia. 19 Senhor, escutai! Senhor, perdoai! Senhor, ficai atento! Agi! Por vosso próprio amor, ó meu Deus, não demoreis, pois vosso nome foi dado à vossa cidade e a vosso povo! 

Sequência do Santo Evangelho 

São João 8,21-29
 21 Jesus disse-lhes: Eu me vou, e procurar-me-eis e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir. 22 Perguntavam os judeus: Será que ele se vai matar, pois diz: Para onde eu vou, vós não podeis ir? 23 Ele lhes disse: Vós sois cá de baixo, eu sou lá de cima. Vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. 24 Por isso vos disse: morrereis no vosso pecado; porque, se não crerdes o que eu sou, morrereis no vosso pecado. 25 Quem és tu?, perguntaram-lhe eles então. Jesus respondeu: Exatamente o que eu vos declaro. 26 Tenho muitas coisas a dizer e a julgar a vosso respeito, mas o que me enviou é verdadeiro e o que dele ouvi eu o digo ao mundo. 27 Eles, porém, não compreenderam que ele lhes falava do Pai. 28 Jesus então lhes disse: Quando tiverdes levantado o Filho do Homem, então conhecereis quem sou e que nada faço de mim mesmo, mas falo do modo como o Pai me ensinou. 29 Aquele que me enviou está comigo; ele não me deixou sozinho, porque faço sempre o que é do seu agrado. 

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

18 de março dia de São Cirilo, Confessor.

 

   Desde o início dos tempos cristãos a heresia se infiltrara na Igreja, mas, foi no século IV, que ocorreram as do arianismo e do nestorianismo causando profundas divisões.
   São Cirilo viveu nesse período em Jerusalém, perto de onde nascera em 315, de pais cristãos e bem situados financeiramente. Muito preparado, desde a infância, nas Sagradas Escrituras e nas matérias humanísticas, em 345, foi ordenado sacerdote.No ano de 348, foi consagrado, bispo de Jerusalém. Ocupou o cargo durante aproximadamente trinta e cinco anos, dezesseis dos quais passou no exílio, em três ocasiões diferentes. A primeira porque o bispo Acácio, de grande influência na Igreja, cuja obra foi citada por São Jerônimo, acusou Cirilo de heresia. A segunda por ordem do imperador Constâncio que entendeu ser Cirílo realmente um simpatizante dos hereges, mas em sua defesa atuaram os bispos, Atanásio e Hilário, ambos os Padres da Igreja assim como o próprio bispo Cirilo o é. A terceira foi a mais longa, porque o imperador Valente, este herege, decidiu mandar de volta ao exílio todos os bispos anistiados, fato que fez Cirilo peregrinar durante onze anos, por várias cidades da Ásia, até a morte do soberano, em 378. 
   O seu trabalho, entretanto resistiu a tudo e chegou até nossos dias e especialmente porque ele sabia ensinar o Evangelho, como poucos. Em sua cidade, logo que se tornou sacerdote e no início do episcopado era o responsável por preparar os catecúmenos, isto é, os adultos que se convertiam e iriam ser batizados. Foi nesse período que escreveu dezoito discursos catequéticos, um sermão, a carta ao imperador Constantino e outros pequenos fragmentos. Treze escritos eram dedicados à exposição geral da doutrina e cinco dedicados ao comentário dos ritos Sacramentais da iniciação cristã. Assim, seus escritos explicam detalhadamente os "como" e os "porquês" de cada oração, do batismo, da crisma, da penitência, dos sacramentos e dos mistérios do Cristianismo, ditos dogmas da Igreja. Cirilo também soube viver a religião na prática.Numa época de grande carestia, por exemplo, não hesitou em vender valiosos vasos litúrgicos e outras preciosidades eclesiásticas, para matar a fome dos pobres da cidade. 
  Ele morreu no ano 386. Desde o início de sua vida religiosa, Cirilo cujo caráter era afável e suave, sempre preferiu a catequese aos assuntos polêmicos, chegando quase a se comprometer com os arianos e semi-arianos. Porém, de maneira contundente aderiu à doutrina ortodoxa da Igreja no III Concílio ecumênico de Constantinopla, em 382, no qual ficou clara sua sempre fiel postura à Santa Sé e à Verdade de Cristo. Nessa oportunidade teve em seu favor a eloquência das vozes dos sinceros bispos e amigos, Atanásio e Hilário, que o chamaram "valente lutador para defender a Igreja dos hereges que negam as verdades de nossa religião".
   Sua canonização demorou porque, durante muito tempo, seu pensamento teológico foi considerado vacilante, como dizem os registros. Em 1882, o Papa Leão XIII, na solenidade em que instituiu sua veneração, honrou São Cirilo de Jerusalém, com os títulos de doutor da Igreja e príncipe dos catequistas católicos.
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.

domingo, 17 de março de 2019

Segundo Domingo depois da Quaresma.

17/03 Domingo 
Festa de Primeira Classe
Paramentos Roxos
Celui-ci est mon Fils bien-aimé


Leitura da Epístola de São Paulo aos

I Tessalonicenses 4,1-7
No mais, irmãos, aprendestes de nós a maneira como deveis proceder para agradar a Deus - e já o fazeis. Rogamo-vos, pois, e vos exortamos no Senhor Jesus a que progridais sempre mais. 2 Pois conheceis que preceitos vos demos da parte do Senhor Jesus. 3 Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação; que eviteis a impureza; 4 que cada um de vós saiba possuir o seu corpo santa e honestamente, 5 sem se deixar levar pelas paixões desregradas, como os pagãos que não conhecem a Deus; 6 e que ninguém, nesta matéria, oprima nem defraude a seu irmão, porque o Senhor faz justiça de todas estas coisas, como já antes vo-lo temos dito e asseverado. 7 Pois Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.

Sequência do Santo Evangelho 


São Mateus 17,1-9
1 Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha. 2 Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura. 3 E eis que apareceram Moisés e Elias conversando com ele. 4 Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias. 5 Falava ele ainda, quando veio uma nuvem luminosa e os envolveu. E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o. 6 Ouvindo esta voz, os discípulos caíram com a face por terra e tiveram medo. 7 Mas Jesus aproximou-se deles e tocou-os, dizendo: Levantai-vos e não temais. 8 Eles levantaram os olhos e não viram mais ninguém, senão unicamente Jesus. 9 E, quando desciam, Jesus lhes fez esta proibição: Não conteis a ninguém o que vistes, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

17 de março dia de São Patrício, Bispo e confessor.

 São Patrício, do seu livro autobiográfico "Confissão". São Patrício diz ter nascido numa vila de seu pai, situada na Inglaterra ou Escócia, no ano 377.   Era filho de Calpurnius, e neto de um padre e apesar de ter nascido cristão, só na adolescência passou a se dedicar à religião, e aos estudos.

Aos dezesseis anos, foi raptado por piratas irlandeses e vendido como escravo. Levado para a Irlanda foi obrigado a executar duros trabalhos em meio a um povo rude e pagão. Por duas vezes, Patrício tentou a fuga, até que na terceira vez conseguiu se libertar. Embarcou para a Grã-Bretanha e depois para as Gálias, atual França, onde freqüentou vários mosteiros e se habilitou para a vida monástica e missionária.
A princípio, acompanhou São Germano do mosteiro de Auxerre, numa missão apostólica na Grã-Bretanha. Mas seu destino parecia mesmo ligado à Irlanda, mesmo porque sua alma piedosa desejava evangelizar aquela nação pagã, que o escravizara. Quando faleceu o Bispo Paládio, responsável pela missão no país, o Papa Celestino I o convocou para dar segmento à missão. Foi consagrado bispo e viajou para a "Ilha Verde", no ano 432.
  Sua obra naquelas terras ficará eternamente gravada na História da Igreja Católica e da própria Humanidade, pois mudou o destino de todo um povo. Em quase três décadas, o bispo Patrício converteu praticamente todo o país. Não contava com apoio político e muito menos usou de violência contra os pagãos. Com isso, não houve repressão também contra os cristãos. O próprio rei Leogário deu o exemplo maior, possibilitando a conversão de toda sua corte. O trabalho desse fantástico e singelo bispo foi tão eficiente que o catolicismo se enraizou na Irlanda, vendo nos anos seguintes florescer um grande número de Santos e evangelizadores missionários.
  O método de Patrício para conseguir tanta conversão foi a fundação de incontáveis mosteiros. Esse método foi imitado pela Igreja também na Inglaterra e na evangelização dos alemães do norte da Europa. Promovendo por toda parte a construção e povoação de mosteiros, o bispo Patrício fez da Ilha um centro de irradiação de fé e cultura. Dali, partiram centenas de monges missionários que peregrinaram por terras estrangeiras levando o Evangelho. Temos, como exemplo, a atuação dos célebres apóstolos Columbano, Galo, Willibrordo, Tarásio, Donato e tantos outros.
  A obra do bispo Patrício interferiu tanto na cultura dos irlandeses, que as lendas heróicas desse povo falam sempre de monges simples com suas aventuras, prodígios e graças, enquanto outras nações têm como protagonistas seus reis e suas façanhas bélicas.
  São Patrício morreu no dia 17 de março de 461, na cidade de Down, atualmente Downpatrick. Até hoje, no dia de sua festa os irlandeses fixam à roupa um trevo, cuja folha se divide em três, numa homenagem ao venerado São Patrício que o usava para exemplificar melhor o sentido do mistério da Santíssima Trindade: "um só Deus em três pessoas".
  A data de 17 de março há séculos marca a festa de São Patrício, a glória da Irlanda. Os irlandeses sempre sentiram um enorme orgulho de sua pátria, tanto, por ter ela nascido na chamada Ilha dos Santos, quanto, por ter sido convertida pelo venerado bispo. Só na Irlanda existem duzentos santuários erguidos em honra a São Patrício, seu padroeiro.
 
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.

Março mês de São José.

     Apostolado de São José. 

Divulgue o Folheto de São de José e o cordão  faça parte deste apostolado.

Oração de  São José ( composta por São Pio X ) 

Nome de batismo de São Pio X Giuseppe é José Melchiorre Sarto.

  Glorioso São José, modelo de todos os que se dedicam ao trabalho, obtende-me a graça de trabalhar com espírito de penitência para expiação de meus numerosos pecados;
  De trabalhar com consciência, pondo o culto do dever acima de minhas inclinações;
São José, patrono da Igreja
  De trabalhar com recolhimento e alegria, olhando como uma honra empregar e desenvolver pelo trabalho os dons recebidos de Deus;

  De trabalhar com ordem, paz, moderação e paciência, sem nunca recuar perante o cansaço e as dificuldades;
  De trabalhar, sobretudo com pureza de intenção e com desapego de mim mesmo, tendo sempre diante dos olhos a morte e a conta que deverei dar do tempo perdido, dos talentos inutilizados, do bem omitido e da vã complacência nos sucessos, tão funesta à obra de Deus!
  Tudo por Jesus, tudo por Maria, tudo à vossa imitação, oh! Patriarca São José!
  Tal será a minha divisa na vida e na morte. 

   Ave São José, Padroeiro da Santa Igreja Universal, nos de por vossa misericórdia infinita um Papa que defenda santa Doutrina Tradicional e Imaculada, por vossa paternidade nos conceda esta graça(milagre) diante da Santíssima Virgem e Deus.

Jesus, Maria, José, eu vos dou meu coração e minha alma.Amém.




 Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

sábado, 16 de março de 2019

Sábado das Quatro Têmporas.

16/03 Sábado 
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Roxos

Leitura da Epístola de São Paulo

I Tessalonicenses 5, 14-23
14 Pedimo-vos, porém, irmãos, corrigi os desordeiros, encorajai os tímidos, amparai os fracos e tende paciência para com todos. 15 Vede que ninguém pague a outro mal por mal. Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos. 16 Vivei sempre contentes. 17 Orai sem cessar. 18 Em todas as circunstâncias, dai graças, porque esta é a vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo. 19 Não extingais o Espírito. 20 Não desprezeis as profecias. 21 Examinai tudo: abraçai o que é bom. 22 Guardai-vos de toda a espécie de mal. 23 O Deus da paz vos conceda santidade perfeita. Que todo o vosso ser, espírito, alma e corpo, seja conservado irrepreensível para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo!

Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 17, 1-9
1 Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha. 2 Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura. 3 E eis que apareceram Moisés e Elias conversando com ele. 4 Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias. 5 Falava ele ainda, quando veio uma nuvem luminosa e os envolveu. E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o. 6 Ouvindo esta voz, os discípulos caíram com a face por terra e tiveram medo. 7 Mas Jesus aproximou-se deles e tocou-os, dizendo: Levantai-vos e não temais. 8 Eles levantaram os olhos e não viram mais ninguém, senão unicamente Jesus. 9 E, quando desciam, Jesus lhes fez esta proibição: Não conteis a ninguém o que vistes, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos. 


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.

16 de março dia dos Santos João de Brébeuf e São Heriberto,Confessor e Bispo


 Santo João de Brébeuf,Isaac Jogues e Companheiros

 Neste dia celebram-se oito mártires franceses, da Companhia de Jesus, que se dedicaram ao duríssimo trabalho missionário entre os Hurões; cinco sacerdotes sofreram com extraordinária fortaleza um martírio atroz no território do atual Canadá: João de Brébeuf (16 de Março de 1649), António Daniel (4 de Julho de 1648), Gabriel Lalemant (17 de Março de 1649), Carlos Garnier (7 de Dezembro de 1649) e Natal Chabanel (8 de Dezembro de 1649); os outros três - o sacerdote Isaac Jogues (18 de Outubro de 1646) e os irmãos coadjutores Renato Goupil (29 de Setembro de 1642) e João de La Lande (19 de Outubro de 1646) - ofereceram heroicamente o sacrifício supremo em território dos atuais Estados Unidos da América do Norte. Foram todos canonizados por Pio XI em 1930.
  De entre os oito mártires, salientamos as suas duas figuras principais, João de Brébeuf e Isaac Jogues.  Condições de evangelização - A missão entre os Hurões - na qual se exerceu principalmente o apostolado de Brébeuf, Jogues e seus companheiros - pode ser considerada como uma das mais difíceis de todos os tempos. Estes missionários conheceram, de fato, condições tremendas de clima, alimentação e alojamento. Através dum país de grandes dimensões (Canadá e Norte dos Estados Unidos), venceram distâncias de várias centenas de quilômetros em frágeis embarcações de troncos de árvore. Viagens que se tomavam estafantes por causa das coisas que era preciso transportar dum rio para outro rio, das caminhadas nas florestas, das nuvens de mosquitos, das dificuldades de abastecimento e da ausência de higiene dos índios. No Inverno, após grandes percursos, de patins, na neve, como único abrigo encontravam, ou uma cabana feita com abetos, dentro da qual o vento circula com tanta liberdade como fora, ou umas choças miseráveis, sem janelas, onde se amontoam pessoas e animais, enquanto o ar se vai carregando com o cheiro penetrante de peixe e o fumo ataca a garganta, o nariz e os olhos. Depois, foi, durante anos, a aprendizagem duma língua nova, sem qualquer laço de parentesco com as línguas europeias, para compor, à custa de inauditos esforços, um dicionário e uma gramática que permitissem balbuciar, em hurão, os rudimentos da doutrina cristã. A todas estas provas, veio juntar-se o espectro, mais temível ainda, do insucesso. Com efeito, depois duma fase bastante reconfortante de amizade, os missionários encontraram, por parte daqueles a quem vinham pregar o Evangelho, resistência crescente e obstinada. Esta devia atribuir-se, segundo Brébeuf, a três fatores: imoralidade dos Hurões; apego aos seus costumes; e sucessivas epidemias, a responsabilidade das quais eles atribuíam aos missionários; estas epidemias, em poucos anos, reduziram a 12.000 uma população de 30.000 habitantes. De 1636 a 1641, a missão viveu constantemente num clima de ameaças, perseguições e tentativas de morte. Como consequência, o ritmo das conversões foi desesperadamente lento. Só em 1637, após seis anos de trabalho duro, é que Brébeuf pôde por fim batizar um adulto com saúde (isto é, não em perigo de morte). Em 1641, a missão não tinha ainda mais de 60 cristãos. A partir de 1642, hordas de Iroqueses envolvem com uma imensa rede todo o país dos Hurões. Começam então grandes desastres que continuarão até 1649: ataque aos comboios de canoas ou de gente a pé, correspondência dos missionários apanhada e destruída, Hurões e Franceses capturados, torturados e chacinados, aldeias saqueadas e incendiadas. Tantas desgraças tiveram como desenlace trágico o esmagamento dos Hurões e o martírio daqueles que tinham dado a sua vida para anunciar o Evangelho.
  Princípios espirituais - Num contexto destes, a mediocridade não podia ter lugar. Era preciso optar pelo heroísmo, ou abandonar a missão. De fato, os missionários dos Hurões foram todos os homens duma vida religiosa excepcional. Vários dos que não receberam a graça do martírio, eram dignos dela: e os que foram martirizados, já eram verdadeiros Santos. Todos esses homens foram formados pelos Exercícios Espirituais de Santo Inácio, que prosseguiram sendo, para eles, a experiência determinante da sua vida. Cristo é para eles uma presença viva: companheiro de viagem, de solidão, de apostolado, de sofrimento, de martírio. Em seus escritos, a presença de Cristo aflora em todas as linhas. Como S. Paulo, foram eles atraídos por Cristo e não vivem senão para Ele. O seu amor vai principalmente para Cristo crucificado. Vários deles pediram a missão do Canadá, porque nele se sofria mais por Cristo. Para alguns, como Brébeuf e Jogues, esta preferência é acompanhada duma verdadeira vocação à cruz.
  Entre as influências que marcaram a vida espiritual destes Mártires, é também preciso mencionar a do P. Luís Lallemant, cuja forte personalidade domina toda esta geração de jesuítas.
  Figuras dominantes: Brébeuf e Jogues - As duas figuras dominantes do grupo são as de S. João Brébeuf e Santo Isaac Jogues. Três textos principais marcam a evolução espiritual do primeiro: em 1631, promessa de servir a Cristo até à morte do martírio; entre 1637 e 1639, voto de não recusar nunca a graça do martírio; em 1645, voto do mais perfeito. A vida de Brébeuf aparece-nos assim toda ela inscrita sob o signo da cruz e atravessada pela graça do martírio que desponta nos primeiros dias da sua vida religiosa e cresce até se transformar no fogo que o consome. «Jesus Cristo é a nossa verdadeira grandeza, escreve em 1635; é só a Ele e à Cruz que devemos buscar correndo atrás destes povos». No decurso dum período de perseguições, depois de ter sido insultado, escarnecido, espancado e assaltado pelos poderes infernais, Cristo confirma-o na sua vocação para a cruz: «Volta-te para Jesus Cristo crucificado; que Ele seja, de hoje em diante, a base e o fundamento das tuas contemplações» (retiro de 1640); caminha agora como uma vítima consagrada ao sacrifício. «O que aparece com mais freqüência nas suas Memórias, observa Ragueneau, são os sentimentos que tinha de morrer pela glória de Jesus Cristo... desejos que se mantinham oito ou dez dias seguidos». O martírio, no termo duma vida assim, é apenas uma recapitulação, a derradeira oferta. Em Brébeuf, encontram-se e harmonizam-se dois extremos: por um lado, o homem realista, amigo da tradição, organizador da missão, humilde religioso; e, por outro lado, o apóstolo que se oferece para todas as loucuras da cruz.
  Ao lado de Brébeuf, contrasta a personalidade de Jogues. Não foi nem fundador, nem superior da missão. Foi sempre um subalterno. Se não fosse o incidente da sua prisão, todo o seu apostolado se teria desenvolvido na obscuridade. É uma alma delicada, duma extrema sensibilidade, sempre pronto a emocionar-se; alma de humanista cuidadoso na expressão; homem que desconfia de si, do seu parecer, das suas iniciativas pessoais. E, no entanto, a graça fez deste homem um Santo. A consciência das suas fraquezas fá-lo admirador de seus companheiros e magnânimo para com eles. A sua obediência enche-o de silenciosa coragem. A sua sensibilidade inspira-lhe para com os selvagens, seus algozes, gestos de ternura maternal. O seu coração, que nasceu para as grandes amizades e sempre pronto a vibrar, a compadecer-se, fez dele um apaixonado de amor a Cristo, sobretudo a Cristo que sofre. Como Brébeuf, conheceu na ação as noites purificadoras do insucesso e sofrimento. Como ele, recebeu uma vocação especial para a cruz. E como ele também, foi favorecido de graças místicas, todas dominadas pela presença do martírio.
  Sementes de cristãos - A missão dos Hurões desapareceu com o martírio dos que a fundaram. Da própria tribo, não restavam, em 1650, mais que umas centenas de sobreviventes. A dispersão dos Hurões teve como efeito a propagação da fé entre os povos da bacia dos Grandes Lagos do Canadá e das margens do rio Hudson. Estes convertidos formaram o núcleo das cristandades que os jesuítas irão fundar entre os Iroqueses e os povos do Oeste. Por um desígnio misterioso de Deus, a salvação dada aos Hurões no sangue dos mártires, germinou e propagou-se por toda a América Setentrional. Por eles, a luz brilhou nas trevas.
  Em cada época, a Igreja descobre de novo a Cristo e esta descoberta é marcada por um novo esforço missionário. Os jesuítas missionários que largaram da França no século XVII, formados pelos Exercícios de Santo Inácio, descobriram a Cristo no sinal do seu chamamento supremo à Caridade: a Cruz. Só um amor apaixonado a Cristo, que Se deu e entregou pelos homens até à maior prova de amor, pode explicar a presença na América do Norte deste grupo de jovens missionários de zelo tão inflamado.

 16 de março dia de São Heriberto,Confessor e Bispo.
 http://4.bp.blogspot.com/-3lIiCOmVldc/T2IWjJ3OwVI/AAAAAAAAJZs/1RzU9cbxtAk/s400/urlSTTHER.jpg

O Santo Heriberto foi arcebispo de Colônia, na Alemanha, ainda muito moço, pois sua religiosidade brotara ainda na infância. Conta a tradição que, no dia em que Heriberto nasceu, em 970, filho de descendentes dos condes de Worms, notou-se uma extraordinária luz pairando sobre a casa de seus pais. O fenômeno teria durado várias horas e marcado para sempre a vida de Heriberto, que o levou para o caminho da santidade.
Como desde pequeno mostrava vocação para a religião e os estudos, seus pais o entregaram ao convento de Gorze. Ali, Santo Heriberto descobriu para si e para o mundo que era extremamente talentoso, mas decidiu-se pela ordenação sacerdotal, que ocorreu em 995. Com o decorrer do tempo cursou diversas escolas, chegando a ser considerado o homem mais sábio de seu tempo. E foi nesta condição que o imperador Oton III o nomeou chanceler, seu assessor de maior confiança. Sua fama e popularidade cresceram, não só devido à sabedoria, mas também pela humildade e a caridade que praticava com todos. Assim, foi eleito bispo de Colônia, em 999.

Quando Oton III morreu, o imperador que o sucedeu, Henrique II, também acabou tornando-se admirador de Santo Heriberto, apesar da oposição que lhe fez no início. Uma vez que o bispo Santo Heriberto o consagrou rei sem nenhuma contestação. E por fim o novo rei Henrique II o chamou para ser seu conselheiro.

Então, a obra caridosa do bispo pôde então continuar. Os registros mostraram que, depois de fundar um hospital para os pobres,Santo Heriberto visitava os doentes todos os dias, cuidando deles pessoalmente. Diz a tradição que, certa vez, houve na cidade uma grande seca, ficando sem chover por meses. O bispo comandou um jejum de três dias e, finalmente, uma procissão de penitência pedindo chuva aos céus. Como nem assim choveu,Santo Heriberto comovido começou a chorar na frente do povo, culpando-se pela seca. Dizia que seus pecados é que impediam Deus de fazer misericórdia. Mas, um fato prodigioso aconteceu nesse momento, imediatamente o céu escureceu e uma forte chuva caiu sobre a cidade, durando alguns dias e pondo fim à estiagem.

Com fama de santidade ainda em vida, o bispo Santo Heriberto morreu no dia 16 de março de 1021, numa viagem de visita pastoral à cidade de Deutz, onde contraiu uma febre maligna que assolava a população. Suas relíquias estão na catedral dessa cidade, na Colônia, Alemanha. Na igreja que ele mesmo fundou junto com o mosteiro ao lado, que foi entregue aos beneditinos.
Amado pelos fiéis a peregrinação à sua sepultura difundiu seu culto que se tornou vigoroso em toda a Europa, especialmente na Itália e na Alemanha, país de sua origem. Foi canonizado em 1227, pelo Papa Gregório IX que autorizou o culto à Santo Heriberto, já tradicionalmente festejado pelos devotos no dia 16 de março.

Oração do Santo Heriberto: Senhor, Nosso Deus, abençoai nosso povo. Regai, abundantemente, esta terra que criastes e que Vós deveis sua fecundidade. Em nosso favor, renovai a benção que outro lançastes sobre lágrimas de Santo Heriberto, protegendo assim o povo aflito. Rogamos por Nosso Senhor Jesus Cristo. Santo Heriberto, protegei-nos. Santo Heriberto, obtende do Senhor a graça das chuvas. Santo Heriberto, rogai por nós.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

sexta-feira, 15 de março de 2019

Sexta-feira das têmporas.

15/03 Sexta-feira
Festa de Segunda Classe
Paramentos Roxos


Jejum e abstinência
Façam penitência.
 
Leitura da Epístola do livro do profeta

Ezequiel 18,20-28
20 É o pecador que deve perecer. Nem o filho responderá pelas faltas do pai nem o pai pelas do filho. É ao justo que se imputará sua justiça, e ao mau a sua malícia. 21 Se, no entanto, o mau renuncia a todos os seus erros para praticar as minhas leis e seguir a justiça e a eqüidade, então ele viverá decerto, e não há de perecer. 22 Não lhe será tomada em conta qualquer das faltas cometidas: ele há de viver por causa da justiça que praticou. 23 Terei eu prazer com a morte do malvado? - oráculo do Senhor Javé. - Não desejo eu, antes, que ele mude de proceder e viva? 24 E, se um justo abandonar a sua justiça, se praticar o mal e imitar todas as abominações cometidas pelo malvado, viverá ele? Não será tido em conta qualquer dos atos bons que houver praticado. É em razão da infidelidade da qual se tornou culpado e dos pecados que tiver cometido que deverá morrer. 25 Dizeis: não é justo o modo de proceder do Senhor. Escutai-me então, israelitas: o meu modo de proceder não é justo? Não será o vosso que é injusto? 26 Quando um justo renunciar à sua justiça para cometer o mal e ele morrer, então é devido ao mal praticado que ele perece. 27 Quando um malvado renuncia ao mal para praticar a justiça e a eqüidade, ele faz reviver a sua alma. 28 Se ele se corrige e renuncia a todas as suas faltas, certamente viverá e não perecerá.

Sequência do Santo Evangelho 

São João 5,1-15
1 Depois disso, houve uma festa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. 2 Há em Jerusalém, junto à porta das Ovelhas, um tanque, chamado em hebraico Betesda, que tem cinco pórticos. 3 Nestes pórticos jazia um grande número de enfermos, de cegos, de coxos e de paralíticos, que esperavam o movimento da água. 4 [Pois de tempos em tempos um anjo do Senhor descia ao tanque e a água se punha em movimento. E o primeiro que entrasse no tanque, depois da agitação da água, ficava curado de qualquer doença que tivesse.] 5 Estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos. 6 Vendo-o deitado e sabendo que já havia muito tempo que estava enfermo, perguntou-lhe Jesus: Queres ficar curado? 7 O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; enquanto vou, já outro desceu antes de mim. 8 Ordenou-lhe Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda. 9 No mesmo instante, aquele homem ficou curado, tomou o seu leito e foi andando. Ora, aquele dia era sábado. 10 E os judeus diziam ao homem curado: E sábado, não te é permitido carregar o teu leito. 11 Respondeu-lhes ele: Aquele que me curou disse: Toma o teu leito e anda. 12 Perguntaram-lhe eles: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito e anda? 13 O que havia sido curado, porém, não sabia quem era, porque Jesus se havia retirado da multidão que estava naquele lugar. 14 Mais tarde, Jesus o achou no templo e lhe disse: Eis que ficaste são; já não peques, para não te acontecer coisa pior. 15 Aquele homem foi então contar aos judeus que fora Jesus quem o havia curado.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Jejum e abstinência
Façam penitência.

15 de março dia de Santo Longuinho.

  http://www.joyfulheart.com/easter/images-tissot/tissot-confession-of-saint-longinus-447x726.jpg
O nome Longuinho deriva de LONGINUS que vem do grego LONKHE que significa lança, sendo nome atribuído aos mártires do inicio do cristianismo.
De acordo com historiadores Longinus era o centurião (comandante de cem homens na milícia romana) Cássio, encarregado de vigiar Jesus durante a crucificação. Foi ele quem feriu o corpo de Jesus com a sua lança (Mateus 27:54; Lucas 23:47, Jo 19:34), cuja água do ferimento respingou em seu rosto e nos olhos e Longinus Cássio ficou curado de um problema de visão que possuía Foi então que ele exclamou: "De fato, este era o Filho de Deus! Marcos 15:39, Tal milagre não abriu somente os olhos físicos de Cássio, mas também sua visão espiritual convertendo-se e tornando-se monge na Cappadócia (hoje Turquia). Lá ele foi preso por sua fé, seus dentes forçados para fora e língua cortada. No entanto, Santo Longinus milagrosamente continuou a falar claramente e conseguiu destruir vários ídolos na presença do governador. O governador, que foi cego pelos demônios que vieram dos ídolos, teve sua visão restaurada quando São Longino estava sendo decapitado, porque seu sangue entrou em contato com os olhos dos governadores. As relíquias de S. Longino estão agora na igreja de Santo Agostinho, em Roma. Sua Lança está contida em um dos quatro pilares sobre o altar na Basílica de São Pedro em Roma. Durante a perseguição aos cristãos São Longuinho foi preso e martirizado, tendo os dentes arrancados, a língua cortada e finalmente decapitado. Sua lança está guardada como relíquia religiosa em Viena na Áustria.


Relíqua da Lança.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

quinta-feira, 14 de março de 2019

Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma

14/03 Quinta-feira 
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos


Leitura da Epístola extraída de

Ezequiel 18,1-9

1 A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: por que repetis continuamente esse provérbio entre os israelitas: 2 os pais comeram uvas verdes, mas são os dentes dos filhos que ficam embotados? 3 Por minha vida - oráculo do Senhor Javé -, não tereis mais ocasião de repetir esse provérbio em Israel. 4 É a mim que pertencem as vidas, a vida do pai e a vida do filho. Ora, é o culpado que morrerá. 5 O homem justo - que procede segundo o direito e a equidade, 6 que não participa dos festins das montanhas, que não volve os olhos para os ídolos da casa de Israel, que não desonra a mulher do próximo, e não tem relação com uma mulher durante o tempo de sua impureza, 7 que não oprime ninguém, que restitui o penhor ao seu devedor, que não exerce a rapina, que dá seu pão aos famintos, e cobre com vestimenta o que está nu, 8 que não empresta à taxa usurária e não recebe com juros, que afasta a sua mão da iniquidade, e julga equitativamente entre um homem e outro, 9 que segue os meus preceitos e observa as minhas leis, para proceder com retidão - esse homem é um justo: certamente viverá. Oráculo do Senhor Javé. 
Deo Gracias

Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 15,21-28

21 Jesus partiu dali e retirou-se para os arredores de Tiro e Sidônia. 22 E eis que uma cananéia, originária daquela terra, gritava: Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim! Minha filha está cruelmente atormentada por um demônio. 23 Jesus não lhe respondeu palavra alguma. Seus discípulos vieram a ele e lhe disseram com insistência: Despede-a, ela nos persegue com seus gritos. 24 Jesus respondeu-lhes: Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. 25 Mas aquela mulher veio prostrar-se diante dele, dizendo: Senhor, ajuda-me! 26 Jesus respondeu-lhe: Não convém jogar aos cachorrinhos o pão dos filhos. 27 Certamente, Senhor, replicou-lhe ela; mas os cachorrinhos ao menos comem as migalhas que caem da mesa de seus donos... 28 Disse-lhe, então, Jesus: Ó mulher, grande é tua fé! Seja-te feito como desejas. E na mesma hora sua filha ficou curada. 
Laus tibi, Christe

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.


14 de março dia de Santa Matilde (+968)


  Santa Matilde viveu de 895 a 968. Rainha, mãe de Otto “o grande” e uma beneditina, filha do Conde de Dietrich de Westphalia e Reinhild da Dinamarca. 
  Algumas vezes chamada de Mathildis ou Mechtildis.
  Ela casou-se com Henrique Fowler, filho do Duque Otto da Saxônia em 909 Em 919, Henrique sucedeu ao rei Conrad I no trono Alemão. Seus filhos foram Otto, o grande e Henrique, e ela os educou quando o seu marido morreu em 936. Ela reinou como regente de Otto até ele ser coroado imperador em 962.
 Aí entrou para um convento beneditino e fundou vários monastérios em Engerm e Wesfalia e a Abadia de Poehlde.
  Matilde é um exemplo de como se pode viver em um mundo de esplendor e alcançar a perfeição religiosa.
 Ela ficava frequentemente reclusa, lendo meditando e no meio da pompa da corte tinha tempo para suas obras de caridade nunca negligenciava seus deveres de cristã, visitando sempre que podia, os pobre e os doentes, e deu suas joias para ajudar as obras de caridade.
  Após a morte de Henrique em 995 ela se dedicou a construir muitas igrejas, casas religiosas como, por exemplo, a de Pohlde em Brunswick, onde ela mantinha 3000 monges , Quedlingurg onde ela enterrou o seu marido e Nordhausen para onde se retirou anos mais tarde. Ela governou o reino no período em que Otto foi para Roma para ser coroado pelo Papa, e que é por muitos considerado como o começo do Sagrado Império Romano.
Diz Santa Matilda com relação a Virgem Maria:

Devemos servir fielmente a essa Rainha. Nas angustias da agonia e nas tentações do desespero que o demônio nos proporcionar, Maria nos fortificará e virá em pessoa, assistir-nos os últimos momentos. E a nossa confiança não nos poderia fazer esperar que Maria nos venha, naquela hora, consolar com a sua presença, se lhe servimos com amor , todo o resto da vida?

  Em uma visão, a Virgem Maria prometeu a Santa Matilde que concederia este precioso favor aos que lhe serviam fielmente neste mundo.
  Ela morreu no Monastério de Quedlingburg em 14 março.
Suas relíquias estão enterradas em Quedlinburg ao lado do seu marido.
  Os beneditinos a veneram com um dos seus. E se ela vivesse hoje diria para nós tirarmos apenas uma hora da nossa televisão para orar e estudar, e ajudar os menos afortunados. Ela dizia que o tempo é a nosso mais precioso dos bens, se usado com sabedoria.
   Ela fundou várias Abadias Beneditinas e era muito venerada pela sua generosidade e, além disso, ela ensinava os ignorantes, confortava os doentes e visitava os prisioneiros.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.