segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

A missa do Papa Paulo VI obra de Deus? (VII)

 http://4.bp.blogspot.com/-UNI1S4QlvQg/UV1oTy-z79I/AAAAAAAAN2U/ncziOjGVHUA/s1600/Culto+Ecum%25C3%25AAnico+na+Pra%25C3%25A7a+de+Victor+Graeff.JPG
  O profeta Isaías já havia denunciado essa atitude: “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!” (Is 5.20).

 Disse: Lutero que o erro cardeal da Missa, era que esta foi uma “obra” humana baseada numa falsa com­pre­en­são do sacri­fí­cio de Cristo. Então, em 1523, Lutero enunciou sua própria revisão da Missa Católica, revisão essa que é o fun­da­mento de toda adoração pro­tes­tante. O núcleo dela é: em vez da Euca­ris­tia, Lutero colocou a pregação no centro da reunião.
Por con­se­guinte, no anti-culto de adoração dos pro­tes­tan­tes e dos modernos é o púlpito é o elemento central e não a o altar (onde se faz Sacrificio). Para Lutero, “uma con­gre­ga­ção cristã nunca deve reunir-se sem a pregação da Palavra de Deus e a oração, não importa quão exíguo seja o tempo da reunião. A pregação e o ensino da Palavra de Deus é a parte mais impor­tante do culto divino” como os modernistas. 

 Ramos do Protestantismo no grafico acima.

A noção de Lutero da pregação como ponto cul­mi­nante do anti-culto de adoração permanece até nossos dias e influenciaram a nova missa dita de Papa Paulo VI. Todavia tal loucura não tem nenhuma pro­ce­dên­cia. “O púlpito é o trono do pastor pro­tes­tante” e dos Modernistas por isto tiram do centro das maiorias das Igrejas o sacrario e a cruz colocaram no centro homem como nas reunião maçonicas. 

 Zwinglio também é nominado como o paladino da abordagem da Santa Ceia enquanto “memorial”. Este ponto de vista é apoiado pela corrente principal do pro­tes­tan­tismo esta­du­ni­dense. O pão e o vinho são meramente símbolos do corpo e do sangue de Cristo. Como Lutero, Zwinglio enfatizou a cen­tra­li­dade do sermão. Tanto que ele e seus colegas pregavam com a frequên­cia de um canal de notícias tele­vi­sivo: catorze vezes por semana. 
 Como Lutero, Calvino enfatizou a cen­tra­li­dade da pregação durante o culto de adoração. Ele acre­di­tava que cada crente tinha acesso a Deus através da Palavra pregada e não através da Euca­ris­tia.
Inau­gu­rado por volta de 1906, o movimento Pen­te­cos­tal trouxe uma expressão mais emotiva através dos cânticos entoados pela con­gre­ga­ção. Estes incluíam mãos levan­ta­das, danças entre os bancos, bater palmas, falar em línguas e o uso de pandeiros.
Porém, suprimidas as carac­te­rís­ti­cas emotivas do culto pen­te­cos­tal, sua liturgia é idêntica à batista. Um pen­te­cos­tal tem apenas mais espaço para mover-se ao redor do seu assento.
 http://www.imaculadamaria.com.br/z1img/08_02_2014__19_47_4481373184a9628ed61c92c44ad68fe1b0c2a37_640x480.jpg
E 1962 os reformistas ja infiltrados em cargos clerical fazem o Concilio Vaticano II a revolução dentro do interior da Santa Igreja  o grande beijo de Judas aqueles que se dizem amigo de Cristo o
 traem com tiara e capa.

“Nenhum, por mais esmolas que tenha dado, e mesmo que tenha derramado o sangue pelo nome de Cristo, poderá ser salvo se não permanecer no seio e na unidade da Igreja Católica”.(“Cantate Domino”, Concílio de Florença, ex cathedra)



"Mesmo que os católicos fiéis à Tradição estejam reduzidos a um punhado, são eles que são a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.”  

 Santo Atanasio.



REZEM TODOS OS DIAS O SANTO ROSÁRIO,façam penitência.

Em reparação pelos  que não Consagraram a Rússia ao Imaculado Coração de Maria e pela Conversão dos pobres pecadores.