quarta-feira, 6 de abril de 2022

Quarta-feira da Paixão

06/04 Quarta-feira da Paixão 
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos

Intróito/ Sal. 17, 48-49.
Senhor que me livra dos meus inimigos furiosos, Senhor  me elevará acima daqueles que se levantam contra mim; Senhor, tu me arrebatarás das mãos do homem iníquo.Ps. ibid.,2- 3.Eu te amarei, Senhor, tu que és minha força. O Senhor é meu forte apoio, meu refúgio e meu libertador.V/. Glória Patri.

Coleta
Deus misericordioso, santificai este jejum, iluminai os corações dos vossos fiéis e ouvi favoravelmente as súplicas daqueles em quem inspirais o sentimento de piedade. Por Nosso Senhor.

Leitura da Epístola do livro do  

Levítico 19,1-25
1 O Senhor disse a Moisés: 2 ?Dirás a toda a assembléia de Israel o seguinte: sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo. 3 Cada um de vós respeite a sua mãe e o seu pai, e guarde os meus sábados. Eu sou o Senhor, vosso Deus. 4 Não vos volteis para os ídolos, e não façais para vós deuses de metal fundido. Eu sou o Senhor, vosso Deus. 5 Quando oferecerdes ao Senhor um sacrifício pacífico, oferecê-lo-eis de maneira que seja aceito. 6 Comer-se-á a vítima no mesmo dia ou no dia seguinte; o que sobrar no terceiro dia será queimado no fogo. 7 Se se comer dela no terceiro dia, será uma abominação: o sacrifício não será aceito. 8 Quem o comer levará sua iniqüidade, porque terá profanado o que é consagrado ao Senhor: esse será cortado do seu povo. 9 Quando fizerdes a ceifa em vossa terra, não cortareis as espigas até os limites de vosso campo, e não recolhereis o que resta a respigar de vossas colheitas. 10 Não respigareis tampouco a vossa vinha, nem colhereis os grãos caídos no campo; deixá-los-eis para o pobre e o estrangeiro. Eu sou o Senhor, vosso Deus. 11 Não furtareis, não usareis de embustes nem de mentiras uns para com os outros. 12 Não jurareis falso em meu nome, porque profanaríeis o nome de vosso Deus. Eu sou o Senhor. 13 Não oprimirás o teu próximo, e não o despojarás. O salário do teu operário não ficará contigo até o dia seguinte. 14 Não amaldiçoarás um surdo; não porás algo como tropeço diante do cego; mas temerás o teu Deus. Eu sou o Senhor. 15 Não sereis injustos em vossos juízos: não favorecerás o pobre nem terás complacência com o grande; mas segundo a justiça julgarás o teu próximo. 16 Não semearás a difamação no meio de teu povo, nem te apresentarás como testemunha contra a vida do teu próximo. Eu sou o Senhor. 17 Não odiarás o teu irmão no teu coração. Repreenderás o teu próximo para que não incorras em pecado por sua causa. 18 Não te vingarás; não guardarás rancor contra os filhos de teu povo. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor. 19 Guardareis os meus mandamentos. Não juntarás animais de espécies diferentes. Não semearás no teu campo grãos de espécies diferentes. Não usarás roupas tecidas de duas espécies de fios. 20 Se um homem se deitar com uma mulher escrava desposada com outro, mas não resgatada nem posta em liberdade, serão ambos castigados, mas não morrerão, porque ela não era livre. 21 Em expiação o homem oferecerá ao Senhor à entrada da tenda de reunião, um carneiro como sacrifício de reparação. 22 O sacerdote fará por ele a expiação diante do Senhor com o carneiro do sacrifício de reparação pelo pecado cometido; e o seu pecado lhe será perdoado. 23 Quando entrardes na terra e tiverdes plantado toda sorte de árvores frutíferas considerareis os seus primeiros frutos como incircuncisos; eles o serão durante três anos, e não se comerá deles. 24 No quarto ano todos os seus frutos serão consagrados ao Senhor com ações de graças. 25 No quinto ano comereis de seus frutos para que a árvore continue a produzi-los. Eu sou o Senhor, vosso Deus.

Gradual/ Sal. 29, 2-4.
Eu te exaltarei, Senhor, porque Senhor me levantou e não alegrou meus inimigos sobre mim.
V /Senhor, meu Deus, eu clamei a Ti, e Tu me curaste. Senhor, livraste a minha alma do Hades, livraste-me dos que descem à cova.

Tratados/ Sal. 102, 10.
Senhor, não nos trates segundo os nossos pecados, e não nos castigues segundo as nossas iniqüidades.
V/. Sal. 78, 8-9.Senhor, não se lembre mais de nossas antigas iniqüidades; que suas misericórdias venham apressadamente ao nosso encontro, pois estamos reduzidos à última miséria.

(Hic genuflectitur) V/. Adiuva nos, Deus, salutáris noster: et propter glóriam nóminis tui, Dómine, libera nos: et propítius esto peccátis nostris, propter nomen tuum.Ajoelhamo-nos V/. Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador, e para a glória do teu nome, Senhor, livra-nos e perdoa-nos os nossos pecados, por amor do teu nome.

Sequência do Santo Evangelho 

São João 10, 22-38
22 Celebrava-se em Jerusalém a festa da Dedicação. Era inverno. 23 Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão. 24 Os judeus rodearam-no e perguntaram-lhe: Até quando nos deixarás na incerteza? Se tu és o Cristo, dize-nos claramente. 25 Jesus respondeu-lhes : Eu vo-lo digo, mas não credes. As obras que faço em nome de meu Pai, estas dão testemunho de mim. 26 Entretanto, não credes, porque não sois das minhas ovelhas. 27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. 28 Eu llhes dou a vida eterna; elas jamais hão de perecer, e ninguém as roubará de minha mão. 29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém as pode arrebatar da mão de meu Pai. 30 Eu e o Pai somos um. 31 Os judeus pegaram pela segunda vez em pedras para o apedejar. 32 Disse-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas da parte de meu Pai. Por qual dessas obras me apedrejais? 33 Os judeus responderam-lhe: Não é por causa de alguma boa obra que te queremos apedrejar, mas por uma blasfêmia, porque, sendo homem, te fazes Deus. 34 Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Vós sois deuses (Sl 81,6)? 35 Se a lei chama deuses àqueles a quem a palavra de Deus foi dirigida (ora, a Escritura não pode ser desprezada), 36 como acusais de blasfemo aquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo, porque eu disse: Sou o Filho de Deus? 37 Se eu não faço as obras de meu Pai, não me creiais. 38 Mas se as faço, e se não quiserdes crer em mim, crede nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai. 

Ofertório/  Sal. 58, 2.
Salva-me das mãos dos meus inimigos, ó meu Deus, e livra-me dos que se levantam contra mim, Senhor.

Secreta
Ouve nossas orações, ó Deus de misericórdia, para que possamos oferecer-te com sincera dependência estas hostes de propiciação e louvor. Por Nosso Senhor.

Prefácio de Cruce; quæ dicitur usque ad Feriam V in Cena Domini inclusive, iuxta Rubricas. Prefácio à Santa Cruz .
 
Comunhão/Sal. 25, 6-7.
Lavarei as mãos entre os inocentes e me colocarei ao redor do teu altar, ó Senhor, para ouvir a voz dos teus louvores e contar todas as tuas maravilhas.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Tendo recebido as espécies abençoadas do dom celestial, pedimos-te, ó Deus Todo-Poderoso, que a tua bênção nos dê tanto este sacramento como o penhor da nossa salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo.Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oratio.Adésto supplicatiónibus nostris, omnipotens Deus: et, quibus fidúciam sperándæ pietátis indúlges; consuétae misericórdiæ tríbue benígnus efféctum. Por Dominum. 
Rezar Humilhem suas cabeças diante de Deus. – Ouça nossas súplicas, Deus Todo-Poderoso, e em sua bondade conceda o efeito de sua misericórdia habitual àqueles em quem Senhor confia que esperam sua clemência. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.