sábado, 28 de novembro de 2015

Preconceito é igual a Pecado?

  Não é igual.
Querem sim proibir a Santa Religião Católica de pregar.
 https://lh3.googleusercontent.com/-m22vmO7vmU8/TYdvy5xAySI/AAAAAAAAAAs/Mol3Ft902hc/s320/ANTIF_%257E1.JPG
   Mais hoje os governos mundiais querem classificar pecado como preconceito e fazem leis.
   O que vimos na pratica se um católico ao afirmar os pecados dos homossexuais e lésbicas e etc.... são taxados de homofóbicos preconceituosos.
   Ao afirmarem preconceito eles querem nos calar.
   Então por detrás desta mascara preconceito querem colocar-nos no medo, pois defemos o direito das leis de Deus. 
  Eles querem uma sociedade sem Deus por isto acharam esta arma a palavra preconceito para colocar no lugar de pecado.
  Assim querem intimidar e  a calar quem defende a santa modéstia.
  Querem uma religiosidade sem preconceito ou melhor substituindo a palavra subliminar e sim uma religiosidade sem cobrar pecados.
 http://imguol.com/c/noticias/99/2015/10/30/capa-pecados-e-virtudes2-1446219302206_956x500.png

    Um homem ou uma mulher que deseja ou vive com mesmo sexo esta indo contra natureza comete um pecado mortal direto a Deus.

   Uma pessoa que comete aborto também comete pecado mortal.
  
   Um casal que moram junto também comete pecado mortal.

    Namorados que vivem como casados comete pecado mortal e etc....

   Se não podemos falar do pecado isto é "preconceito".
   Querem assim perseguir quem prega sobre o pecado.
   E perguntamos isto não é preconceito ou é perseguição religiosa?

  Sim é perseguição religiosa.

Querem impedir a pregação da Santa Religião.
A Nova ordem quer liberdade de Deus e de suas leis.
Alguém duvida desta revolução?

  Como diz no apocalipse nos finais dos tempos veríamos uma perseguição nunca vista.

   O que Preconceito é um "juízo" preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude discriminatória perante pessoas, culturas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Ao ser usado no sentido pejorativo costuma ser simplista, grosseiro e maniqueísta. As formas mais comuns de preconceito são: social, "racial", cultural e "sexual".  https://pt.wikipedia.org/wiki/Preconceito

 Santo Agostinho, define: o pecado é "«uma palavra, um ato ou um desejo contrários à Lei eterna»", causando por isso ofensa a Deus e ao seu amor. Esta Lei eterna, ou Lei de Deus, é expressa na lei natural, nos Dez Mandamentos. Logo, o pecado é um acto mal e "abuso da liberdade", ferindo assim a natureza humana.

Catecismo São Pio X
1.           Qual foi o pecado de Adão?
O pecado de Adão foi um grave pecado de soberba e desobediência.

2.           Quais danos causou o pecado de Adão?
O pecado de Adão despojou-o a ele e a todos os homens da graça e de todo outro dom sobrenatural, tornando-os sujeitos ao pecado, ao demônio, à morte, à ignorância, às más inclinações e a toda outra miséria, e excluindo-os do Paraíso.

3.           Como se chama o pecado ao qual sujeitou Adão os homens com sua culpa?
O pecado ao qual sujeitou Adão os homens com sua culpa chama-se original porque, cometido no princípio da humanidade, se transmite com a natureza aos homens todos na sua origem.

4.           Em que consiste o pecado original?
O pecado original consiste na privação da graça original que por disposição de Deus deveríamos ter, mas não temos porque a cabeça da humanidade, com sua desobediência, dela privou-se a si e a nós todos, seus descendentes.

5.           Como o pecado original é “voluntário” e, portanto, culpável para nós?
O pecado original é voluntário e, portanto, culpável para nós só porque voluntariamente cometeu-o Adão como cabeça da humanidade; e por isso Deus não o pune, mas simplesmente não premia com o Paraíso quem tenha só o pecado original.

6.           Por causa do pecado original, o homem deveria permanecer excluído para sempre do Paraíso?
Por causa do pecado original, o homem deveria permanecer excluído para sempre do Paraíso, se Deus para salvá-lo não houvesse prometido e mandado do Céu Seu próprio Filho, isto é, Jesus Cristo.


Creio... na remissão dos pecados

1.           O que significa “remissão dos pecados”?
Remissão dos pecados significa que Jesus Cristo deu aos Apóstolos e a seus sucessores o poder de remitir na Igreja todo pecado.

2.           Como se remitem os pecados na Igreja?
Remitem-se os pecados na Igreja principalmente com os sacramentos do Batismo e da Penitência, instituídos por Jesus Cristo para esse fim.

3.           O que é o pecado?
O pecado é uma ofensa feita a Deus desobedecendo a Sua Lei.

4.           Existem quantas espécies de pecado?
Existem duas espécies de pecado: original e atual.

5.           Qual é o pecado original?
O pecado original é o pecado que a humanidade cometeu em Adão, sua cabeça, e que de Adão todo homem contrai por natural descendência.

6.           Dentre os filhos de Adão nenhum jamais foi preservado do pecado original?
Dentre os filhos de Adão foi preservada do pecado original só Maria Santíssima, que, porque eleita Mãe de Deus, era “cheia de graça” * e, portanto, sem pecado desde o primeiro instante; por isso a Igreja a celebra como a Imaculada Conceição

7.           Como se apaga o pecado original?
O pecado original se apaga com o Santo Batismo.

8.           Qual é o pecado atual?
O pecado atual é o que se comete voluntariamente por quem tem o uso da razão.

9.           De quantos modos se comete o pecado atual?
O pecado atual se comete de quatro modos, isto é, por pensamentos, palavras, obras e omissões.

10.        Existem quantas espécies de pecado atual?
Existem duas espécies de pecado atual: mortal e venial.

11.       O que é o pecado mortal?
O pecado mortal é uma desobediência à lei de Deus em coisa grave, feita com plena advertência e deliberado consentimento.

12.       Por que o pecado grave se chama mortal?
O pecado grave se chama mortal porque priva a alma da graça divina que é a sua vida, retira-lhe os méritos e a capacidade de adquirir outros novos, e torna-a digna de pena ou morte eterna no Inferno.

13.       É, pois, inútil que o pecador faça boas obras, se o pecado mortal torna o homem incapaz de merecer?
Não é inútil que o pecador faça boas obras, ao invés, deve fazê-las seja para não tornar-se pior omitindo-as e caindo em novos pecados, seja para dispor-se com elas de alguma maneira à conversão e reaquisição da graça de Deus.

14.       Como se readquire a graça de Deus perdida pelo pecado mortal?
A graça de Deus, perdida pelo pecado mortal, readquire-se com uma boa confissão sacramental ou com a contrição perfeita que livra dos pecados, embora permaneça a obrigação de confessá-los.

15.       Juntamente com a graça, readquirem-se também os méritos perdidos pelo pecado mortal?
Juntamente com a graça, por suma misericórdia de Deus, readquirem-se também os méritos perdidos pelo pecado mortal.

16.       O que é o pecado venial?
O pecado venial é uma desobediência à lei de Deus em coisa leve ou mesmo em coisa de si grave, mas sem advertência ou consentimento plenos.

17.       Por que o pecado não grave se chama venial?
O pecado não grave se chama venial, isto é, perdoável, porque não retira a graça e pode se obter o perdão com o arrependimento e as boas obras, mesmo sem a confissão sacramental.

18.       O pecado venial é prejudicial à alma?
O pecado venial é prejudicial à alma porque a esfria no amor de Deus, dispõe-na ao pecado mortal e a torna digna de penas temporais nesta vida e na outra.

19.       Os pecados são todos iguais?
Os pecados não são todos iguais; e como alguns pecados veniais são menos leves que outros, assim também alguns pecados mortais são mais graves e funestos.

20.       Quais são os mais graves e funestos dentre os pecados mortais?
Os pecados contra o Espírito Santo e os que clamam vingança diante de Deus.*

21.       Por que os pecados contra o Espírito Santo são dos mais graves e funestos?
Os pecados contra o Espírito Santo são dos mais graves e funestos porque com eles o homem se opõe aos dons espirituais da verdade e da graça, e por isso, ainda que o possa, dificilmente se converte.

22.       Por que os pecados que clamam vingança diante de Deus são dos mais graves e funestos?
Os pecados que clamam vingança diante de Deus são dos mais graves e funestos porque diretamente contrários ao bem da humanidade e odiosíssimos, tanto que provocam, mais que os outros, os castigos de Deus.

23.       O que favorece particularmente a manter-nos longe do pecado?
Favorece particularmente a manter-nos longe do pecado o pensamento de que Deus está em toda parte e vê o segredo dos corações, e a consideração dos Novíssimos*, ou seja, do que nos espera no fim desta vida e do mundo.


* Luc. I, 28
* Fórmulas 24 e 25
* Fórmula 26


REZEM TODOS OS DIAS O SANTO ROSÁRIO 
pelo Triunfo da Verdade Católica sobre o erros modernistas.


 PARA O TRIUNFO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA.


Pela Consagração da Rússia Imaculado Coração de Maria.