sexta-feira, 5 de agosto de 2022

05 de agosto dia da Dedicação da Igreja de Nossa Senhora das Neves.

05/08 Sexta-feira
Festa de Terceira Classe
Paramentos Brancos
Segundo a tradição a Virgem Maria teria aparecido ao Papa Libério e pedido que lhe dedicasse uma Igreja e o sinal seria a nevasca em pleno verão escaldante de Roma. Ao mesmo tempo a Santíssima Virgem apareceu a um nobre romano fazendo-lhe o mesmo pedido e dando-lhe o mesmo sinal Era noite de 4 para 5 de agosto, quando o senhor João teve este sonho revelador em que Nossa Senhora lhe aparecia e indicava o topo de um monte que no dia seguinte estaria coberto de neve: seria o local da construção de uma igreja a Ela dedicada. Narra a tradição que este casal de certa idade, porém de muitas posses e sem ter herdeiros, vivia em oração, pedindo a Nossa Senhora uma orientação quanto ao destino de seus bens.                                
Na manhã de 5 de agosto, a notícia de um estranho fenômeno abala toda a cidade de Roma: o Monte Esquilino , um dos sete montes de Roma, estava coberto de neve em pleno cinco de agosto, onde o calor atinge o máximo, registrando até 40ºC. Ao chegar ao local, o Papa Libério  com todo o clero de Roma vai ao local após ser informado, encontrou o nobre que ajudou a construir a Basílica. O feliz casal assim  iniciou a construção e a basílica passou a ser chamada “Santa Maria Maior” por ser a mais importante Basílica Mariana. Todos os anos 5 de agosto, durante a missa e às Vésperas Pontificais, na patriarcal Basílica se faz chover uma chuva de pétalas de rosas brancas, sobre o altar recordando o milagre das neves.
Na capela lateral, à esquerda, encontra-se o belíssimo ícone de Santa Maria “Salus Populi Romani” – Salvação do povo de Roma ou Senhora das neves. Trata-se do ícone escrito por São Lucas em Éfeso representando a Virgem Maria, toda Santa, que traz nos braços o Salvador e nas mãos o avental, símbolo do serviço, e o anel, símbolo da escrava. Por sua vez o menino Jesus é revestido das vestes sacerdotais e traz em sua mão esquerda o Evangelho e com a direita abençoa, seus pés estão em movimento como quem parte para anunciar o Reino. Este ícone é amado e venerado pelos Romanos, que diante do mesmo param e elevam súplicas à Mãe de Deus.
Na mesma Patriarcal Basílica se encontra as relíquias do Papa São Pio V, na capela lateral à direita. Descendo do altar se encontra o altar-relicário da manjedoura de Belém.
Nela está contido a santa “Culla” (Manjedoura) onde, segundo a tradição, foi reclinado o menino Jesus pela Virgem Maria na noite santa de Natal. Diante da qual vela a pia imagem do Beato Papa Pio IX que de joelhos intercede pela Igreja de Cristo. Muitos são os peregrinos que acorrem aos pés da Senhora das Neves, no coração agitado de Roma, perto da maior estação de trem, metro e ônibus da cidade, é ali que quis a mãe de Deus a sua igreja e ali faz deste templo um oásis de salvação e de graças a todos que a procuram. o longo da história, o olhar terno de Maria esteve sobre seus filhos, sem distinção. Um fato curioso que a tradição da igreja nos lembra é o da neve de um verão do século IV.
 Depois da proclamação do dogma da Maternidade divina de Maria no Concílio de Éfeso (ano 431), o Papa Sixto III consagrou em Roma uma Basílica em honra da Virgem, chamada posteriormente Santa Maria Maior. É a mais antiga igreja dedicada a Nossa Senhora.

Intróito/ Sedulius.

Salve, ó Santa Mãe; mãe que deu à luz o Rei que governa o céu e a terra para todo o sempre. Aleluia, aleluia.
Sal. 44, 2.Do meu coração brotou uma palavra excelente, que consagro minhas obras ao meu Rei.
V/. Glória Patri.

Et in Sabbato dicitur Glória, in excélsis. No sábado, dizemos a Glória, em excélsis.

Coleta
Senhor nosso Deus, por favor, conceda-nos seus servos para desfrutar de saúde perpétua da alma e do corpo; e graças à gloriosa intercessão da Bem-Aventurada sempre Virgem Maria, para ser liberta da tristeza do tempo presente, para depois saborear as alegrias eternas.

Leitura da Epístola dos 

Eclesiástico 24,14-16
14 Desde o início, antes de todos os séculos, ele me criou, e não deixarei de existir até o fim dos séculos; e exerci as minhas funções diante dele na casa santa. 15 Assim fui firmada em Sião; repousei na cidade santa, e em Jerusalém está a sede do meu poder. 16 Lancei raízes no meio de um povo glorioso, cuja herança está na partilha de meu Deus; e fixei minha morada na assembléia dos santos.

Virga Gradual.GradualBenedícta et venerábilis es, Virgo María: qua sine tactu pudóris invénia es Mater Salvatóris. Senhora é abençoada e digna de veneração, Virgem Maria, que foi mãe do Salvador, sem que sua pureza tenha sofrido nenhum ataque.V/. Virgo, Dei Genetrix, quem totus non capit orbis, in tua se clausit víscera factus homo.V/. Virgem, Mãe de Deus, Aquele que o universo inteiro não pode conter, encerre-se em seu seio fazendo-se homem.
Aleluia, aleluia. V/. Pós-parto, Virgem, invioláta permansisti: Dei Genetrix, intercede pro nobis. Aleluia. Aleluia, aleluia. V/. Depois de dar à luz, você permaneceu uma Virgem inviolável: Mãe de Deus, intercede por nós. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 11,27-28
27 Enquanto ele assim falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram! 28 Mas Jesus replicou: Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam! 

Ofertório/São Lucas. 1, 28 e 42.
Ave Maria, cheia de graça: o Senhor é convosco: bendita sois entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre.

Secreta
Por ser favorável a nós, Senhor, e graças à intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria, que esta oblação nos traga felicidade e paz para a eternidade e para a nossa vida presente.

Prefatio de B. Maria Virg. E você em Veneração. Prefácio da Bem-Aventurada Virgem Maria E nesta Veneração.

Comunhão/
Bem-aventurado o ventre da Virgem Maria, que deu à luz o Filho do Pai Eterno.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Acabamos de receber, Senhor, auxílio poderoso para nossa salvação; dignai-nos fazer, nós vos suplicamos, que estejamos em todos os lugares cobertos com a proteção da bem-aventurada sempre Virgem Maria, em cuja honra oferecemos este sacrifício a Vossa Majestade.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário