quinta-feira, 15 de setembro de 2022

15 de setembro dia As Sete Dores de Nossa Senhora.

15/09 Quinta-feira
Festa de Terceira Classe 
Paramentos Brancos 
 
Nossa Senhora das Dores (também chamada Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário ou ainda Nossa Senhora do Pranto, e invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens, ou Mater Dolorosa), sendo sob essa designação particularmente cultuada em Portugal.                                                              

O culto à Mater Dolorosa iniciou-se em 1221, no Mosteiro de Schönau, na Germânia. Em 1239, a sua veneração no dia 15 de Setembro teve início em Florença, na Itália, pela Ordem dos Servos de Maria (Ordem Servita). Deve o seu nome às Sete Dores da Virgem Maria:
1- A profecia de Simeão sobre Jesus (Lucas, 2, 34-35)
2- A fuga da Sagrada Família para o Egito (Mateus, 2, 13-21);
3- O desaparecimento do Menino Jesus durante três dias (Lucas, 2, 41-51);
4- O encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário (Lucas, 23, 27-31);
5- Maria observando o sofrimento e morte de Jesus na Cruz - Stabat Mater  (João, 19, 25-27);
6-  Maria recebe o corpo do filho tirado da Cruz (Mateus, 27, 55-61);
 7-  Maria observa o corpo do filho a ser depositado no Santo Sepulcro (Lucas, 23, 55-56).

Intróito/São João. 19, 25
Perto da cruz de Jesus estavam sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria, esposa de Cléofas, Salomé e Maria Madalena.
Ibid., 26-27.Mulher, eis o teu filho: diz Jesus. Depois para o discípulo: Aí está sua mãe.
V/. Glória Patri.

Coleta
Ó Deus, em cuja paixão, segundo a profecia de Simeão, uma espada de dor trespassou o dulcíssimo coração da gloriosa Virgem Maria, vossa Mãe, concedei, em vossa misericórdia, que, celebrando com respeito a memória de suas dores, nós recolhe os frutos felizes da tua paixão: Tu que, sendo Deus, vives e reinas.

E comemorou S. Nicomedis Mart. : E recordamos São Nicomedes, Mártir:
Oratio.Adésto, Dómine, pópulo tuo: ut, beáti Nicomédis Mártyris tui mérita præclára suscípiens, ad impetrándam misericórdiam tuam sempre eius patrocíniis adiuvetur. Per Dominum nostrum. Mostra-te favorável ao teu povo, Senhor, para que, celebrando os gloriosos méritos de teu bem-aventurado Mártir Nicomedes, sejam sempre ajudados por suas orações para obter tuas misericórdias.

Leitura da Epístola de
                                                             
Judite 13,22-25  
22 Então todos, adorando o Senhor, disseram a Judite: O Senhor te abençoou com o seu poder, porque ele por ti aniquilou os nossos inimigos. 23 Ozias, príncipe do povo de Israel, acrescentou: Minha filha, tu és bendita do Senhor Deus altíssimo, mais que todas as mulheres da terra. 24 Bendito seja o Senhor, criador do céu e da terra, que te guiou para cortar a cabeça de nosso maior inimigo! 25 Ele deu neste dia tanta glória ao teu nome, que nunca o teu louvor cessará de ser celebrado pelos homens, que se lembrarão eternamente do poder do Senhor. Ante os sofrimentos e a angústia de teu povo, não poupaste a tua vida, mas salvaste-nos da ruína, em presença de nosso Deus.

Gradual.Dolorosa et lacrimábilis es, Virgo María, stans iuxta Crucem Dómini Iesu, Fílii tui, Redemptóris. Dolorosa e em prantos, Virgem Maria, estais aos pés da Cruz do Senhor Jesus, vosso Filho, o Redentor.
V/. Virgo Dei Genetrix, quem totus non capit orbis, hoc crucis fert supplícium, auctor vitæ factus homo.V/. Virgem Mãe de Deus, aquele que o mundo não pode conter, o autor da vida feita homem, sofre este suplício da Cruz.
Aleluia, aleluia. V/. Stabat sancta María, cæli Regína et mundi Dómina, iuxta Crucem Dómini nostri Iesu Christi dolorosa. Aleluia. Aleluia, aleluia. V/. Santa Maria, Rainha do Céu e Senhora do Mundo, estava cheia de dores aos pés da Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho

São João 19,25-27                                                        
25 Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. 26 Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu filho. 27 Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.

Ofertório/ S. 18, 20.
Lembre-se, ó Virgem Mãe, de interceder por nós junto a Deus e fazê-lo desviar sua indignação de nós.

Secreta
Senhor Jesus Cristo, oferecemos-te estas orações e estas hóstias, suplicando humildemente que, nós que nos lembramos nas nossas orações que a alma mui gentil de Maria, vossa Mãe, seja trespassada: nós merecemos, graças à sua misericordiosa intervenção unida à de os Santos que o acompanharam aos pés da Cruz, para partilhar com os bem-aventurados os méritos da vossa morte.

Pro S. Nicomedes
secretaSúscipe, Dómine, múnera propítius obláta: quæ maiestáti tuæ beáti Nicomédis Mártyris comméndet orátio. Por Dominum. Aceite com bondade, Senhor, os presentes oferecidos, e que a oração do bem-aventurado Mártir Nicomedes os encomende a Vossa Majestade.

Prefatio de B. Maria Virg. E você em Transfixione. Prefácio à Bem-Aventurada Virgem Maria E na Transfixação.

Comunhão
Bem-aventurado o coração da Bem-Aventurada Virgem Maria, que sem morrer obteve a palma do martírio aos pés da Cruz do Senhor.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Que o sacrifício que compartilhamos, Senhor Jesus Cristo, ao celebrar com devoção a transfixação da Virgem, vossa Mãe, nos obtenha de vossa clemência o pleno efeito de vossa obra de salvação.

Pro S. Nicomedes
Pós-comunhão Pós-comunhão
Puríficent nos, Dómine, sacramenta quæ súmpsimus: et, intercedente beáto Nicoméde Mártyre tuo, a cunctis efficiant vitiis absolutos. Por Dominum.Que os sacramentos recebidos nos purifiquem, Senhor, e por intercessão do Beato Nicomedes, vosso Mártir, nos libertem de todos os vícios.

   
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário