quarta-feira, 16 de março de 2022

Quarta-feira 2ª Semana da Quaresma

28/02 Quarta-feira 2ª Semana da Quaresma 
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos



Intróito/Sal. 37, 22-23.
Não me abandones, Senhor meu Deus; não se afaste de mim. Apresse-se em me ajudar, Senhor, Deus da minha salvação.Ps. ibid. 2.Senhor, não me repreendas na tua ira, e não me castigues na tua ira. V/. Glória Patri.

Coleta
Nós vos suplicamos, Senhor, olhai favoravelmente para o vosso povo, e concedei àqueles a quem ordenais que se abstenham da carne, que renunciem também aos vícios que prejudicam as suas almas. Por N.-S.

Epístola extraída do livro de

Ester 13, 8-11 e 15-17
8 Então Mardoqueu orou ao Senhor, recordando tudo o que havia feito: 9 Senhor, disse, Senhor, rei todo-poderoso, tudo está realmente no vosso poder, e ninguém pode resistir à vossa vontade, se tendes resolvido salvar Israel. 10 Fizestes o céu e a terra e todas as maravilhas que se acham sob a abóbada celeste. 11 Sois o Senhor universal e ninguém poderia opor-se a vós, o Senhor. 15 E agora, Senhor, que sois meu Deus e meu rei, Deus de Abraão, poupai vosso povo, pois nossos inimigos nos querem arruinar e destruir vossa antiga herança. 16 Não desprezeis a vossa porção, que vós resgatastes do Egito. 17 Ouvi minha oração! Sede propício para com a partilha de vossa herança, e mudai em gozo nossa dor, a fim de vivermos para celebrar vosso nome, Senhor, e não fecheis a boca daqueles que vos louvam, ó Senhor!

Gradual/Sal. 27.9 e 1.
Salve seu povo, Senhor, e abençoe sua herança.
V / Eu clamarei a ti, Senhor; não te cales a meu respeito, para que eu não seja como os que descem à cova.

Trato/  Sal. 102, 10.
Senhor, não nos trates segundo os nossos pecados, e não nos castigues segundo as nossas iniqüidades.
V/.Sal. 78, 8-9.Senhor, não se lembre mais de nossas antigas iniqüidades; que suas misericórdias venham apressadamente ao nosso encontro, pois estamos reduzidos à última miséria.

Ajoelhamo-nos V/. Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador, e para a glória do teu nome, Senhor, livra-nos e perdoa-nos os nossos pecados, por amor do teu nome.

Sequência do Santo Evangelho 
 

São Mateus, 20,17-28
17 Subindo para Jerusalém, durante o caminho, Jesus tomou à parte os Doze e disse-lhes: 18 Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos príncipes dos sacerdotes e aos escribas. Eles o condenarão à morte. 19 E o entregarão aos pagãos para ser exposto às suas zombarias, açoitado e crucificado; mas ao terceiro dia ressuscitará. 20 Nisso aproximou-se a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos e prostrou-se diante de Jesus para lhe fazer uma súplica. 21 Perguntou-lhe ele: Que queres? Ela respondeu: Ordena que estes meus dois filhos se sentem no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda. 22 Jesus disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu devo beber? Sim, disseram-lhe. 23 De fato, bebereis meu cálice. Quanto, porém, ao sentar-vos à minha direita ou à minha esquerda, isto não depende de mim vo-lo conceder. Esses lugares cabem àqueles aos quais meu Pai os reservou. 24 Os dez outros, que haviam ouvido tudo, indignaram-se contra os dois irmãos. 25 Jesus, porém, os chamou e lhes disse: Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade. 26 Não seja assim entre vós. Todo aquele que quiser tornar-se grande entre vós, se faça vosso servo. 27 E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo. 28 Assim como o Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate por uma multidão.

Ofertório/ Sal. 24, 1-3.
A ti, Senhor, elevo a minha alma; meu Deus, confio em ti; para que eu não tenha que corar. E que meus inimigos não riam de mim; pois nem todos os que esperam em ti serão confundidos.

Secreta
Olha com bondade, Senhor, para as hostes que te oferecemos e, por meio dessa santa troca, rompe os laços com os quais nossos pecados nos sobrecarregam. Por Nosso Senhor.

Prefácio da Quadragésima.Prefácio à Quaresma .
 
Comunhão/ Sal. 10, 8.
O Senhor é justo e ama a justiça; seu rosto contempla a justiça.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Concede-nos, por favor, Senhor, que, tendo recebido os teus sacramentos, possamos aumentar em nós mesmos os frutos da eterna redenção. Por Nosso Senhor.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo. Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oratio. Rezar
Deus, innocéntiæ restitútor et amátor, dírige ad te tuórum corda servórum: ut, spíritus tui fervóre concépto, et in fide inveniántur stábiles, et in ópere efficaces. Por Dominum. Ó Deus, que amas e restauras a inocência, converte para ti o coração dos teus servos, para que, tendo começado a ser fervorosos pelo teu Espírito, se encontrem firmes na fé e ativos nas obras. Por Nosso Senhor.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.