segunda-feira, 14 de março de 2022

Segunda-feira da 2ª Semana da Quaresma.

14/03 Segunda-feira
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos

Intróito/Sal. 25, 11-12.
Livra-me, Senhor, e tem piedade de mim, porque o meu pé está no caminho reto; eu bendirei o Senhor nas assembleias.Ps. ibid., 1.Julga-me, Senhor, porque andei na minha inocência; e como espero no Senhor, não serei enfraquecido.V/. Glória Patri.

Coleta
Digna-te fazer, ó Deus Todo-Poderoso, que teus fiéis, que, para mortificar sua carne, observam a abstinência, também jejuem do pecado, praticando a justiça.


Leitura da Epístola do livro do profeta

Daniel 9, 15-19
15 Mas agora, Senhor, nosso Deus, que tirastes vosso povo do Egito por um desígnio de vosso poder, e do qual vós fizestes uma glória que perdura ainda hoje, nós pecamos, nós prevaricamos. 16 Senhor, dignai-vos, pela vossa misericórdia, afastar de vossa cidade santa, Jerusalém, vossa cólera e vossa exasperação, porque é devido às nossas iniqüidades e aos pecados de nossos antepassados que Jerusalém e vosso povo são alvo dos insultos de todos os nossos vizinhos. 17 Ouvi, pois, Senhor, a prece suplicante de vosso servo. Por amor a vós mesmo, Senhor, fazei irradiar vossa face sobre vosso santuário deserto. 18 Ó meu Deus, ficai atento para ouvir-nos; abri os olhos para ver nossa ruína e a cidade que ostenta um nome vindo de vós. Não é em nome dos nossos atos de justiça que depositamos a vossos pés nossas súplicas, mas em nome de vossa grande misericórdia. 19 Senhor, escutai! Senhor, perdoai! Senhor, ficai atento! Agi! Por vosso próprio amor, ó meu Deus, não demoreis, pois vosso nome foi dado à vossa cidade e a vosso povo! 

Gradual/Sal. 69.6 e 3.
Senhor é meu ajudador e meu libertador, Senhor, não demore.
V /Confundam-se e envergonhem-se os que procuram tirar-me a vida

Trato/ Sal. 102, 10.
Senhor, não nos trates segundo os nossos pecados, e não nos castigues segundo as nossas iniqüidades.
V/.Sal. 78, 8-9. Senhor, não se lembre mais de nossas antigas iniqüidades; que suas misericórdias venham apressadamente ao nosso encontro, pois estamos reduzidos à última miséria.
Ajoelhamo-nos V/.Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador, e para a glória do teu nome, Senhor, livra-nos e perdoa-nos os nossos pecados, por amor do teu nome.

Sequência do Santo Evangelho 

São João 8,21-29
 21 Jesus disse-lhes: Eu me vou, e procurar-me-eis e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir. 22 Perguntavam os judeus: Será que ele se vai matar, pois diz: Para onde eu vou, vós não podeis ir? 23 Ele lhes disse: Vós sois cá de baixo, eu sou lá de cima. Vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. 24 Por isso vos disse: morrereis no vosso pecado; porque, se não crerdes o que eu sou, morrereis no vosso pecado. 25 Quem és tu?, perguntaram-lhe eles então. Jesus respondeu: Exatamente o que eu vos declaro. 26 Tenho muitas coisas a dizer e a julgar a vosso respeito, mas o que me enviou é verdadeiro e o que dele ouvi eu o digo ao mundo. 27 Eles, porém, não compreenderam que ele lhes falava do Pai. 28 Jesus então lhes disse: Quando tiverdes levantado o Filho do Homem, então conhecereis quem sou e que nada faço de mim mesmo, mas falo do modo como o Pai me ensinou. 29 Aquele que me enviou está comigo; ele não me deixou sozinho, porque faço sempre o que é do seu agrado.

Ofertório/Pr. 15, 7 e 8.
Bendirei o Senhor que me deu entendimento. Cuidei de ter sempre o Senhor diante dos olhos; pois ele está à minha direita para que eu não seja abalado.

Secreta
Que esta hoste de propiciação e louvor nos faça dignos, Senhor, de sua proteção.

Prefácio da Quadragésima.Prefácio à Quaresma .
 
Comunhão/ Sal. 8, 2.
Senhor nosso mestre, quão admirável é o teu nome em toda a terra!(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Que esta comunhão, Senhor, nos purifique de nossas faltas e nos una inseparavelmente Àquele que se fez o remédio celestial para nossas almas.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo. Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oratio. Rezar
Adésto supplicatiónibus nostris, omnipotens Deus: et, quibus fidúciam sperándæ pietátis indúlges; consuétae misericórdiæ tríbue benígnus efféctum. Por Dominum.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.