segunda-feira, 21 de março de 2022

Segunda-feira da Terceira Semana da Quaresma.

21/03 Segunda-feira  
Festa de Segunda Classe
Paramentos Roxos


Intróito/Sal. 55, 5.
Eu louvarei em Deus a palavra que ele me deu; Eu louvarei no Senhor a sua promessa. Eu esperarei em Deus; Não temerei o que o homem pode fazer comigo Ps. ibid., 2. Tem piedade de mim, ó Deus, porque o homem me pisou; o dia todo me guerreando, ele me atormentava.V/. Glória Patri.

Coleta
Suplicamos-te, Senhor, que conceda tua bondade aos nossos corações, para que, ao nos abstermos de comer carnes, possamos também retirar nossos sentidos de todos os excessos nocivos. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Leitura da Epístola do livro do

II Reis 5,1-15
1 Naamã, general do exército do rei da Síria, gozava de grande prestígio diante de seu amo, e era muito considerado, porque, por meio dele, o Senhor salvou a Síria; era um homem valente, mas leproso. 2 Ora, tendo os sírios feito uma incursão no território de Israel, levaram consigo uma jovem, a qual ficou a serviço da mulher de Naamã. 3 Ela disse à sua senhora: Ah, se meu amo fosse ter com o profeta que reside em Samaria, ele o curaria da lepra! 4 Ouvindo isso, Naamã foi e contou ao seu soberano o que dissera a jovem israelita. 5 O rei da Síria respondeu-lhe: Vai, que eu enviarei uma carta ao rei de Israel. Naamã partiu com dez talentos de prata, seis mil siclos de ouro e dez vestes de festa. 6 Levou ao rei de Israel uma carta concebida nestes termos: Ao receberes esta carta, saberás que te mando Naamã, meu servo, para que o cures da lepra. 7 Tendo lido a missiva, o rei de Israel rasgou as vestes e exclamou: Sou eu porventura um deus, que possa dar a morte ou a vida, para que esse me mande dizer que cure um homem da lepra? Vede bem que ele anda buscando pretextos contra mim. 8 Quando Eliseu, o homem de Deus, soube que o rei tinha rasgado as vestes, mandou-lhe dizer: Por que rasgaste as tuas vestes? Que ele venha a mim, e saberá que há um profeta em Israel. 9 Naamã veio com seu carro e seus cavalos e parou à porta de Eliseu. 10 Este mandou-lhe dizer por um mensageiro: Vai, lava-te sete vezes no Jordão e tua carne ficará limpa. 11 Naamã se foi, despeitado, dizendo: Eu pensava que ele viria em pessoa, e, diante de mim, invocaria o Senhor, seu Deus, poria a mão no lugar infetado e me curaria da lepra. 12 Porventura os rios de Damasco, o Abana e o Farfar, não são melhores que todas as águas de Israel? Não me poderia eu lavar neles e ficar limpo? E, voltando-se, retirou-se encolerizado. 13 Mas seus servos, aproximando-se dele, disseram-lhe: Meu pai, mesmo que o profeta te tivesse ordenado algo difícil, não o deverias fazer? Quanto mais agora que ele te disse: Lava-te e serás curado. 14 Naamã desceu ao Jordão e banhou-se ali sete vezes, como lhe ordenara o homem de Deus, e sua carne tornou-se tenra como a de uma criança. 15 Voltando então para o homem de Deus, com toda a sua comitiva, entrou, apresentou-se diante dele e disse: Reconheço que não há outro Deus em toda a terra, senão o de Israel. Aceita este presente do teu servo.

Gradual/Sal. 55, 9 e 2.
Ó Deus, expus toda a minha vida a ti; Senhor colocou minhas lágrimas diante de Dele.
V / Tem piedade de mim, ó Deus, porque o homem me pisou; o dia todo me guerreando, ele me atormentava.

Trato/ Sal. 102, 10.
Senhor, não nos trates segundo os nossos pecados, e não nos castigues segundo as nossas iniqüidades.
V/Sal. 78, 8-9.Senhor, não se lembre mais de nossas antigas iniqüidades; que suas misericórdias venham apressadamente ao nosso encontro, pois estamos reduzidos à última miséria.
(Hic genuflectitur) V/. Adiuva nos, Deus, salutáris noster: et propter glóriam nóminis tui, Dómine, libera nos: et propítius esto peccátis nostris, propter nomen tuum.Ajoelhamo-nos V/. Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador, e para a glória do teu nome, Senhor, livra-nos e perdoa-nos os nossos pecados, por amor do Teu Nome.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 4,23-30
23 Então lhes disse: Sem dúvida me citareis este provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo; todas as maravilhas que fizeste em Cafarnaum, segundo ouvimos dizer, faze-o também aqui na tua pátria. 24 E acrescentou: Em verdade vos digo: nenhum profeta é bem aceito na sua pátria. 25 Em verdade vos digo: muitas viúvas havia em Israel, no tempo de Elias, quando se fechou o céu por três anos e meio e houve grande fome por toda a terra; 26 mas a nenhuma delas foi mandado Elias, senão a uma viúva em Sarepta, na Sidônia. 27 Igualmente havia muitos leprosos em Israel, no tempo do profeta Eliseu; mas nenhum deles foi limpo, senão o sírio Naamã. 28 A estas palavras, encheram-se todos de cólera na sinagoga. 29 Levantaram-se e lançaram-no fora da cidade; e conduziram-no até o alto do monte sobre o qual estava construída a sua cidade, e queriam precipitá-lo dali abaixo. 30 Ele, porém, passou por entre eles e retirou-se. 31 Desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e ali ensinava-os aos sábados.

Ofertório/  Sal. 54.2-3.
Ouve, ó Deus, a minha oração, e não desprezes a minha súplica. Ouça-me e responda-me.

Secreta
Os dons que vos oferecemos, Senhor, como tributo da nossa servidão, transformam-nos para nós neste sacramento que dá a salvação. Por Nosso Senhor.

Prefácio da Quadragésima.Prefácio à Quaresma .

Comunhão/ Ps 13, 7.
Quem obterá a salvação de Israel de Sião? Quando o Senhor acabar com o cativeiro de seu povo, Jacó se alegrará e Israel se alegrará.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Faça, nós te imploramos, ó Deus Todo-Poderoso e Misericordioso, que preservemos em um coração puro o que nossa boca tocou. Por Nosso Senhor.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo.Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oração.Subvéniat nobis, Dómine, tua misericórdia: ut ab imminentibus peccatórum nostrorum perículis, te mereámur protegénte éripi, te liberánte salvári. Per Dominum nostrum. Que tua misericórdia venha em nosso auxílio, Senhor, para que tua proteção nos salve dos perigos iminentes em que nossos pecados nos envolvem; e que a tua intervenção libertadora nos leve à salvação. Por N.-S.
RezarViva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.