quinta-feira, 10 de março de 2022

Quinta-feira da Primeira Semana da Quaresma

10/03 Quinta-feira 
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos


Intróito/ Sal. 95, 6.
Louvor e esplendor estão diante dele; santidade e magnificência no seu santuário.Ps. ibid., 1.Cante um novo cântico ao Senhor; cantai ao Senhor, toda a terra.V/. Glória Patri.

Coleta
lha, em tua benevolência, te imploramos, Senhor, a devoção de teu povo, para que o fruto das boas obras fortaleça e renove segundo o espírito aqueles que mortificam seu corpo pela abstinência.

Leitura da Epístola extraída de

Ezequiel 18,1-9

1 A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: por que repetis continuamente esse provérbio entre os israelitas: 2 os pais comeram uvas verdes, mas são os dentes dos filhos que ficam embotados? 3 Por minha vida - oráculo do Senhor Javé -, não tereis mais ocasião de repetir esse provérbio em Israel. 4 É a mim que pertencem as vidas, a vida do pai e a vida do filho. Ora, é o culpado que morrerá. 5 O homem justo - que procede segundo o direito e a equidade, 6 que não participa dos festins das montanhas, que não volve os olhos para os ídolos da casa de Israel, que não desonra a mulher do próximo, e não tem relação com uma mulher durante o tempo de sua impureza, 7 que não oprime ninguém, que restitui o penhor ao seu devedor, que não exerce a rapina, que dá seu pão aos famintos, e cobre com vestimenta o que está nu, 8 que não empresta à taxa usurária e não recebe com juros, que afasta a sua mão da iniquidade, e julga equitativamente entre um homem e outro, 9 que segue os meus preceitos e observa as minhas leis, para proceder com retidão - esse homem é um justo: certamente viverá. Oráculo do Senhor Javé. 
Deo Gracias

Gradual/ Pr. 16, 8 e 2.
Defenda-me, Senhor, como a menina dos seus olhos. Proteja-me à sombra de suas asas.
V / Deixe meu julgamento proceder de seu semblante; deixe seus olhos olharem para a equidade.

Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 15,21-28

21 Jesus partiu dali e retirou-se para os arredores de Tiro e Sidônia. 22 E eis que uma cananéia, originária daquela terra, gritava: Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim! Minha filha está cruelmente atormentada por um demônio. 23 Jesus não lhe respondeu palavra alguma. Seus discípulos vieram a ele e lhe disseram com insistência: Despede-a, ela nos persegue com seus gritos. 24 Jesus respondeu-lhes: Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. 25 Mas aquela mulher veio prostrar-se diante dele, dizendo: Senhor, ajuda-me! 26 Jesus respondeu-lhe: Não convém jogar aos cachorrinhos o pão dos filhos. 27 Certamente, Senhor, replicou-lhe ela; mas os cachorrinhos ao menos comem as migalhas que caem da mesa de seus donos... 28 Disse-lhe, então, Jesus: Ó mulher, grande é tua fé! Seja-te feito como desejas. E na mesma hora sua filha ficou curada. 
Laus tibi, Christe

Ofertório/Sal. 33, 8-9.
O Anjo do Senhor cercará os que o temem e os livrará. Prove e veja quão doce é o Senhor.

Secreta
Suplicamos-te, Senhor, que por tua misericórdia estes sacrifícios nos salvem, já que foram estabelecidos nestes termos de jejuns de purificação.
Prefácio da Quadragésima.Prefácio à Quaresma
 
Comunhão/Ioann. 6, 52.
O pão que eu darei é a minha carne para a vida do mundo.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Pela abundância de teus dons, eleva-nos, Senhor, acima dos bens temporais e renova-nos para aqueles que são eternos.
Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oração.Concede, Senhor, aos povos cristãos que conheçam bem as verdades em que professam crer e que amem o dom celestial do qual participam com frequência.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.