quinta-feira, 31 de março de 2022

Quinta-feira Quarta Semana da Quaresma.

31/03 Quinta-feira 4ª Semana da Quaresma 
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos

Intróito/Sal. 104, 3-4.
Alegrem-se os corações daqueles que buscam ao Senhor! Busque o Senhor, e encha-se de força, busque sua face sem cessar.Ps. ibid., 1. Louvai ao Senhor e invocai o seu nome; anunciar suas obras entre as nações. V/. Glória Patri.

Coleta
Fazei, nós vos suplicamos, ó Deus Todo-Poderoso, que, mortificando-nos com estes jejuns solenes, possamos sentir a alegria de uma santa devoção, para que, diminuindo o ardor de nossas afeições terrenas, possamos saborear mais facilmente as coisas do céu. Por Dominum.

Leitura da Epístola do livro do  

Quarto livro dos Reis 4,25-38
25 Ela partiu e chegou aonde estava o homem de Deus, no monte Carmelo. O homem de Deus, vendo-a de longe, disse ao seu servo Giezi: Aí vem a sunamita; 26 corre-lhe ao encontro e pergunta-lhe se ela vai bem, como vai o seu marido e o seu filho. Ela respondeu: Tudo vai bem. 27 Mas chegando junto do homem de Deus na montanha, pegou-lhe os pés. Giezi aproximou-se para afastá-la, mas o homem de Deus disse-lhe: Deixa-a; sua alma está cheia de amargura e o Senhor me oculta o motivo, nada me revelou. 28 A mulher disse: Pedi eu porventura um filho ao meu senhor? Não te disse que não zombasses de mim? 29 Eliseu disse a Giezi: Põe o teu cinto, toma na mão o meu bastão e parte. Se encontrares alguém, não o saúdes; e se alguém te saudar, não lhe respondas. Porás o meu bastão no rosto do menino. 30 A mãe do menino exclamou: Por Deus e pela tua vida, não te deixarei! Então Eliseu seguiu-a. 31 Entretanto, Giezi, que os tinha precedido, pôs o bastão no rosto do menino; mas não houve voz, nem sinal de vida. Ele voltou a Eliseu e disse-lhe: O menino não despertou. 32 Eliseu entrou na casa, onde estava o menino morto em cima da cama. 33 Entrou, fechou a porta atrás de si e do morto, e orou ao Senhor. 34 Depois, subiu à cama, deitou-se em cima do menino, colocou seus olhos sobre os olhos dele, suas mãos sobre as mãos dele, e enquanto estava assim estendido, o corpo do menino aqueceu-se. 35 Eliseu levantou-se, deu algumas voltas pelo quarto, tornou a subir e estendeu-se sobre o menino; este espirrou sete vezes e abriu os olhos. 36 Eliseu chamou Giezi e disse-lhe: Chama a sunamita; o que ele fez. Ela entrou e Eliseu disse-lhe: Toma o teu filho. 37 Então ela veio e lançou-se aos pés de Eliseu, prostrando-se por terra. Em seguida tomou o filho e saiu. 38 Quando Eliseu voltou a Gálgala, a fome devastava a terra. Estando os filhos dos profetas sentados diante dele, disse ao seu servo: Toma uma panela grande e prepara uma sopa para os filhos dos profetas. 

Gradual/Sal. 73, 20, 19 e 22.
Respeita, Senhor, a tua aliança e não te esqueças para sempre das almas dos teus pobres.
V /Levanta-te, Senhor, julga o teu caso, lembra-te da indignação que os teus servos suportam.

Sequência do Santo Evangelho

São Lucas 7,11-16
11 No dia seguinte dirigiu-se Jesus a uma cidade chamada Naim. Iam com ele diversos discípulos e muito povo. 12 Ao chegar perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto a ser sepultado, filho único de uma viúva; acompanhava-a muita gente da cidade. 13 Vendo-a o Senhor, movido de compaixão para com ela, disse-lhe: Não chores! 14 E aproximando-se, tocou no esquife, e os que o levavam pararam. Disse Jesus: Moço, eu te ordeno, levanta-te. 15 Sentou-se o que estivera morto e começou a falar, e Jesus entregou-o à sua mãe. 16 Apoderou-se de todos o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta surgiu entre nós: Deus voltou os olhos para o seu povo. 

Ofertório/ Ps. 69, 2,3 e 4.
Senhor, apresse-se em me ajudar: Confunda todos aqueles que me desejam mal.

Secreta
Purifica-nos, Deus de misericórdia, para que as orações da tua Igreja, que sempre te agradam, se tornem ainda mais agradáveis ​​a ti, trazendo-te as nossas ofertas piedosas com almas livres de qualquer culpa. Por Nosso Senhor.

Prefácio da Quadragésima.Prefácio à Quaresma .
 
Comunhão/ Sal. 70, 16-17 e 18.
Senhor, lembrarei da tua justiça, só tua; Ó Deus, tu me ensinaste desde a minha juventude, e até a velhice e cabelos grisalhos, ó Deus, não me abandones.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Imploramos-te, Senhor, que não permitas que esses dons celestiais se transformem em condenação para quem os recebe, pois providencialmente os deste aos teus fiéis como remédio. Por Nosso Senhor.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo.Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oratio.Pópuli tui, Deus, institútor et rector, peccáta, quibus impugnátur, expélle: ut sempre tibi plácitus, et tuo munimine sit secúrus. Por Dominum. Ó Deus, fundador e guia do teu povo, remove dele as faltas que o sobrecarregam, para que, sempre agradando a ti, também eles estejam seguros sob a tua proteção. Por Nosso Senhor.Rezar


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.