sábado, 23 de abril de 2022

Sabado in Albis.

23/04 Sábado in Albis 
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Brancos


Intróito/ Sal. 104, 43.
Eu ressuscitei, e ainda estou com você, Aleluia: Você colocou sua mão sobre mim, Aleluia; Sua sabedoria tem feito maravilhas, aleluia, aleluia.
Ps. ibid., 1. Louve o Senhor e invoque seu nome; anunciar suas obras entre as nações.
V/. Glória Patri.

Coleta
Nós Vos suplicamos, Deus Todo-Poderoso, concedei-nos que, depois de celebrar religiosamente as Festas da Páscoa, mereçamos chegar, graças a elas, às alegrias da eternidade.

Leitura da Epístola dos

I São Pedro 2, 1-10
1.Deponde, pois, toda malícia, toda astúcia, fingimentos, invejas e toda espécie de maledicência. 2.Como crianças recém-nascidas desejai com ardor o leite espiritual que vos fará crescer para a salvação, 3.se é que tendes saboreado quão suave é o Senhor (Sl 33,9). 4.Achegai-vos a ele, pedra viva que os homens rejeitaram, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus; 5.e quais outras pedras vivas, vós também vos tornais os materiais deste edifício espiritual, um sacerdócio santo, para oferecer vítimas espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo. 6.Por isso lê-se na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, escolhida, preciosa: quem nela puser sua confiança não será confundido (Is 28,16). 7.Para vós, portanto, que tendes crido, cabe a honra. Mas, para os incrédulos, a pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se a pedra angular, uma pedra de tropeço, uma pedra de escândalo (Sl 117,22; Is 8,14). 8.Nela tropeçam porque não obedecem à palavra; e realmente era tal o seu destino. 9.Vós, porém, sois uma raça escolhida, um sacerdócio régio, uma nação santa, um povo adquirido para Deus, a fim de que publiqueis as virtudes daquele que das trevas vos chamou à sua luz maravilhosa. 10.Vós que outrora não éreis seu povo, mas agora sois povo de Deus; vós que outrora não tínheis alcançado misericórdia (Os 2,25), mas agora alcançastes misericórdia.

Aleluia, aleluia. V/. Ps. 117, 24. Hæc dies, quam fecit Dóminus: exsultémus et lætémur in ea. Aleluia, aleluia. V/. Este é o dia que o Senhor fez; passemos com alegria e alegria.
Aleluia. V/. Ps. 112. 1. Laudate, pueri, Dóminum, laudáte nomen Dómini. Aleluia. V/. Louvai ao Senhor, servos seus; louvar o nome do Senhor.
Sequência. Seqüência.
V íctimæ pascháli laudes imola Christiáni. À vítima da Páscoa, que os cristãos imolem louvores.
A gnus redemit oves: Christus ínnocens Patri reconciliavit peccatóres. O Cordeiro redimiu as ovelhas: o inocente Cristo reconciliou os pecadores com seu Pai.
Mors et vita duelo conflixére mirando: dux vitae mórtuus regnat vivus. Vida e morte se enfrentaram em um duelo prodigioso: o Autor da vida estava morto, ele reina vivo.
D ic nobis, María, quid vidísti in via? Conte-nos, Mary, o que você viu no caminho?
S epúlcrum Christi vivéntis et glóriam vidi resurgéntis. Vi o túmulo do Cristo vivo e a glória do ressuscitado.
Testes ngélicos , sudárium e jaquetas. Eu vi as testemunhas angelicais, a mortalha e as mortalhas.
S urréxit Christus, spes mea: præcédet vos in Galilǽam. Ele ressuscitou, Cristo, minha esperança: ele irá adiante de você para a Galiléia.
S cimus Christum surrexísse a mórtuis vere: tu nobis, victor Rex, miserére. Um homem. Aleluia. Sabemos disso: Cristo ressuscitou dos mortos: Ó Tu, Rei vitorioso, tem piedade de nós. Um homem. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho

São João 20, 1-9
1.No primeiro dia que se seguia ao sábado, Maria Madalena foi ao sepulcro, de manhã cedo, quando ainda estava escuro. Viu a pedra removida do sepulcro. 2.Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram! 3.Saiu então Pedro com aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro. 4.Corriam juntos, mas aquele outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro. 5.Inclinou-se e viu ali os panos no chão, mas não entrou. 6.Chegou Simão Pedro que o seguia, entrou no sepulcro e viu os panos postos no chão. 7.Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém, com os panos, mas enrolado num lugar à parte. 8.Então entrou também o discípulo que havia chegado primeiro ao sepulcro. Viu e creu. 9.Em verdade, ainda não haviam entendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dentre os mortos.

Ofertório/  Sal. 117, 26-27.
Bem-aventurado aquele que vem em nome do Senhor. Nós os abençoamos da casa do Senhor. O Senhor é Deus, e ele brilhou sua luz sobre nós, aleluia, aleluia.

Secreta
Concedei-nos, Senhor, vos suplicamos, que sejais sempre cheios de bênçãos por estes mistérios da Páscoa, para que a obra contínua da nossa reparação seja para nós motivo de alegria sem fim.Por Nosso Senhor.

Prefácio de Páscoa
Infra Actionem Communicantes e Hanc ígitur oblatiónem propria.No Cânon são próprios os Communicantes e os Hanc ígitur oblatiónem.
Et sic dicitur usque ad Sábbatum in Albis inclusive.E o mesmo até sábado em Albis incluído.
 
Comunhão/Galatas 3, 27.
Todos vocês que foram batizados em Cristo se revestiram do Cristo, aleluia.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Animados de vida nova, graças à bênção da nossa redenção, pedimos-te, Senhor, que por causa dos meios de salvação que nos são oferecidos perpetuamente, a verdadeira fé se desenvolva cada vez mais.

¶ Post Dóminus vobíscum dicitur: Ite, Missa est, allelúia, allelúia. ¶ Depois do Dóminus vobíscum dizemos: Ite, Missa est, allelúia, allelúia.
R/. Deo grátias, alelúia, alelúia. R/. Deo grátias, alelúia, alelúia.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.