sexta-feira, 8 de abril de 2022

Sexta-feira da Paixão

08/04 Sexta-feira da Paixão
Festa de Terceira Classe
Paramentos Roxos


Intróito/ Pr. 30, 10, 16 e 18.
Tem piedade de mim, Senhor, porque estou muito triste, livra-me e arrebata-me das mãos dos meus inimigos e dos meus perseguidores. Senhor, não me deixes confundir, porque te invoquei.Ps. ibid., 2. Eu esperava em ti, Senhor, que eu nunca fosse confundido; na tua justiça livra-me.V/. Glória Patri.

Coleta
Digna-te, Senhor, em tua bondade, espalhar tua graça em nossos corações; para que, reprimindo nossos pecados com castigos voluntários, possamos sofrer castigos temporais, em vez de ser condenados aos tormentos eternos. Por Nosso Senhor.

Leitura da Epístola do livro do  

São Jeremias 17,13-18
13 Senhor, que sois a esperança de Israel, confundidos serão todos os que vos abandonam, e de vergonha serão cobertos os que de vós se afastam, por haverem deixado o Senhor, fonte das águas vivas. 14 Curai-me, Senhor, e ficarei curado; salvai-me, e serei salvo, porque sois a minha glória. 15 Ei-los que clamam: Que é feito dos oráculos do Senhor? Que eles se cumpram! 16 Eu, porém, nunca vos incitei a enviar a desgraça, nem desejei o dia da catástrofe. Bem conheceis as palavras que me saíram da boca: elas estão em vossa presença. 17 Não me sejais objeto de espanto, vós que, no dia da desgraça, sois meu refúgio. 18 Sejam envergonhados meus perseguidores, e não eu! Sejam consternados, não eu! Fazei recair sobre eles o dia da aflição, esmagai-os com dupla desgraça.

Gradual/ Pr. 34, 20 e 22.
Enquanto me falavam palavras de paz, meus inimigos em sua ira meditavam desígnios traiçoeiros.
V /Deus viu, Senhor; não fique calado; não se afaste de mim.

Tratados/  Sal. 78, 8-9. 
Senhor, não nos trates segundo os nossos pecados, e não nos castigues segundo as nossas iniqüidades.
V/. Sal. 78, 8-9.Senhor, não se lembre mais de nossas antigas iniqüidades; que suas misericórdias venham apressadamente ao nosso encontro, pois estamos reduzidos à última miséria.

(Hic genuflectitur) V/. Adiuva nos, Deus, salutáris noster: et propter glóriam nóminis tui, Dómine, libera nos: et propítius esto peccátis nostris, propter nomen tuum.Ajoelhamo-nos V/. Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador, e para a glória do teu nome, Senhor, livra-nos e perdoa-nos os nossos pecados, por amor do teu nome.

Sequência do Santo Evangelho 

São João 11,47-54
47 Os pontífices e os fariseus convocaram o conselho e disseram: Que faremos? Esse homem multiplica os milagres. 48 Se o deixarmos proceder assim, todos crerão nele, e os romanos virão e arruinarão a nossa cidade e toda a nação. 49 Um deles, chamado Caifás, que era o sumo sacerdote daquele ano, disse-lhes: Vós não entendeis nada! 50 Nem considerais que vos convém que morra um só homem pelo povo, e que não pereça toda a nação. 51 E ele não disse isso por si mesmo, mas, como era o sumo sacerdote daquele ano, profetizava que Jesus havia de morrer pela nação, 52 e não somente pela nação, mas também para que fossem reconduzidos à unidade os filhos de Deus dispersos. 53 E desde aquele momento resolveram tirar-lhe a vida. 54 Em consequência disso, Jesus já não andava em público entre os judeus. Retirou-se para uma região vizinha do deserto, a uma cidade chamada Efraim, e ali se detinha com seus discípulos.


Ofertório/ Sal. 118, 12, 121 e 42.
Bendito és, Senhor: ensina-me os teus mandamentos; não me entregue aos soberbos que me caluniam: e poderei responder aos que me insultam.

Secreta
Concede-nos, ó Deus de misericórdia, que mereçamos servir sempre dignamente em teus altares e que sejamos salvos pela participação contínua nesses mesmos sacrifícios.  Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Prefácio de Cruce; quæ dicitur usque ad Feriam V in Cena Domini inclusive, iuxta Rubricas. Prefácio à Santa Cruz .
 
Comunhão/ Sal 26, 12.
Não me entregue; Senhor, à mercê dos que me perseguem: testemunhas iníquas se levantaram contra mim, e a iniqüidade mentiu contra si mesma.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Que a proteção constante deste sacrifício de que fomos vítimas não nos falte, ó Senhor, e afaste de nós tudo o que possa nos prejudicar.Por Dominum.

Super populum: Oremus. Humiliate capita vestra Deo.Sobre o povo: Oremos. Humilhem suas cabeças diante de Deus.
Oratio.Concéde, quǽsumus, omnipotens Deus: ut, qui protectiónis tuæ grátiam quǽrimus, liberáti a malis ómnibus, secúra tibi mente serviámus. Por Dominum.Rezar Concede, nós te suplicamos, Deus Todo-Poderoso, que nós que buscamos o favor de tua proteção, te sirvamos com almas confiantes, sendo libertos de todos os males. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.



Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
Façam penitência.