segunda-feira, 31 de maio de 2021

Festa de Nossa Senhora Maria Rainha Paz

31/05 Segunda-feira
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Brancos

Primeira padroeira  da Nossa Sociedade Religiosa Regina Pacis ou Escravas de Maria Rainha da Paz
e do Nosso Blog.

 A encíclica Ad Caeli Reginam (Rainha do Céu), do Papa Pio XII, de 11 de outubro de 1954 trata sobre a Realeza de Maria e a instituição Festa de Nossa Senhora Rainha, celebrada a cada dia 31 de maio com o costume de coroar-se a imagem da Virgem e da recitação pública da Consagração do Gênero Humano ao Imaculado Coração de Maria.Na mesma encíclica o Papa Pio XII escreveu: “Maria é Rainha não só por ser a Mãe de Deus, mas também por ter sido associada, pela vontade de Deus, a Jesus Cristo na obra da salvação. Isenta de qualquer culpa pessoal ou hereditária, e sempre estreitissimamente unida ao Filho, ela o ofereceu no Calvário ao Eterno Pai, sacrificando seu amor de mãe em benefício de toda a humanidade manchada pelo pecado. Por isso, assim como Jesus é Rei não só por ser o Filho de Deus, mas também por ser o nosso Redentor, assim pode-se afirmar que Maria é Rainha não só por ser a Mãe de Deus, mas também porque se associou a Cristo na redenção do gênero humano. "Maria participa da dignidade real - ensina Pio XII - porque desta união com Cristo Rei deriva para ela tão esplendente sublimidade, que supera a excelência de todas as coisas criadas. Desta mesma união com Cristo nasce aquele poder real, pelo qual ela pode dispor dos tesouros do Reino do Redentor divino". O Reino de Maria é vasto como o de seu Filho, porque nada se exclui de seu domínio.”

Leitura da Epístola de


Eclesiástico 24, 5-31

5 Ela diz: Saí da boca do Altíssimo; nasci antes de toda criatura. 6 Eu fiz levantar no céu uma luz indefectível, e cobri toda a terra como que de uma nuvem. 7 Habitei nos lugares mais altos: meu trono está numa coluna de nuvens. 8 Sozinha percorri a abóbada celeste, e penetrei nas profundezas dos abismos. Andei sobre as ondas do mar, 9 e percorri toda a terra. Imperei sobre todos os povos 10 e sobre todas as nações. 11 Tive sob os meus pés, com meu poder, os corações de todos os homens, grandes e pequenos. Entre todas as coisas procurei um lugar de repouso, e habitarei na moradia do Senhor. 12 Então a voz do Criador do universo deu-me suas ordens, e aquele que me criou repousou sob minha tenda. 13 E disse-me: Habita em Jacó, possui tua herança em Israel, estende tuas raízes entre os eleitos. 14 Desde o início, antes de todos os séculos, ele me criou, e não deixarei de existir até o fim dos séculos; e exerci as minhas funções diante dele na casa santa. 15 Assim fui firmada em Sião; repousei na cidade santa, e em Jerusalém está a sede do meu poder. 16 Lancei raízes no meio de um povo glorioso, cuja herança está na partilha de meu Deus; e fixei minha morada na assembléia dos santos. 17 Elevei-me como o cedro do Líbano, como o cipreste do monte Sião; 18 cresci como a palmeira de Cades, como as roseiras de Jericó. 19 Elevei-me como uma formosa oliveira nos campos, como um plátano no caminho à beira das águas. 20 Exalo um perfume de canela e de bálsamo odorífero, um perfume como de mirra escolhida; 21 como o estoraque, o gálbano, o ônix e a mirra, como a gota de incenso que cai por si própria, perfumei minha morada. Meu perfume é como o de um bálsamo sem mistura. 22 Estendi meus galhos como um terebinto, meus ramos são de honra e de graça. 23 Cresci como a vinha de frutos de agradável odor, e minhas flores são frutos de glória e abundância. 24 Sou a mãe do puro amor, do temor (de Deus), da ciência e da santa esperança, 25 em mim se acha toda a graça do caminho e da verdade, em mim toda a esperança da vida e da virtude. 26 Vinde a mim todos os que me desejais com ardor, e enchei-vos de meus frutos; 27 pois meu espírito é mais doce do que o mel, e minha posse mais suave que o favo de mel. 28 A memória de meu nome durará por toda a série dos séculos. 29 Aqueles que me comem terão ainda fome, e aqueles que me bebem terão ainda sede. 30 Aquele que me ouve não será humilhado, e os que agem por mim não pecarão. 31 Aqueles que me tornam conhecida terão a vida eterna. 

Sequência do Santo Evangelho

São Lucas 1, 26-33

26 No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. 28 Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. 29 Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. 30 O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus.32 Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, 33 e o seu reino não terá fim. 

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

domingo, 30 de maio de 2021

Festa da Santíssima Trindade

30/05 1º Domingo depois da Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Brancos

Leitura da Epístola dos

Romanos 11, 33-36

33.Ó abismo de riqueza, de sabedoria e de ciência em Deus! Quão impenetráveis são os seus juízos e inexploráveis os seus caminhos!34.Quem pode compreender o pensamento do Senhor? Quem jamais foi o seu conselheiro?35.Quem lhe deu primeiro, para que lhe seja retribuído?36.Dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele a glória por toda a eternidade! Amém

Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 28, 18-20
18.Mas Jesus, aproximando-se, lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra.19.Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.20.Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo.
 
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

30 de maio dia de Santa Jeanne d'Arc,Virgem.





Gálatas, 1,6-12 - Se eu ainda estivesse preocupado em agradar aos homens, não seria servo de Cristo.
   Filha de Jaques d'Arc e Isabel, camponeses muito pobres, Joana nasceu em Domrémy, na região francesa de Lorena, em 6 de janeiro de 1412. Cresceu no meio rural, piedosa, devota e analfabeta, assinava seu nome utilizando uma simples, mas significativa, cruz. Significativa porque já aos treze anos começou a viver experiências místicas.
  Ouvia as "vozes" do arcanjo Miguel, das santas Catarina de Alexandria e Margarida de Antioquia, avisando que ela teria uma importante missão pela frente e deveria preparar-se para ela. Os pais, no início, não deram importância , depois acharam que estava louca e por fim acreditaram, mas temeram por Joana.
  A França vivia a Guerra dos Cem Anos com a Inglaterra, governada por Henrique VI. Os franceses estavam enfraquecidos com o rei deposto e os ingleses tentando firmar seus exércitos para tomar de vez o trono. As mensagens que Joana recebia exigiam que ela expulsasse os invasores, reconquistasse a cidade de Orleans e reconduzisse ao trono o rei Carlos VII, para ser coroado na catedral de Reims, novamente como legítimo rei da França. A ordem para ela não parecia impossível, bastava cumpri-la, pois tinha certeza de que Deus estava a seu lado. O problema maior era conseguir falar pessoalmente com o rei deposto.
  Conseguiu aos dezoito anos de idade. Carlos VII só concordou em seguir seus conselhos quando percebeu que ela realmente tinha por trás de si o sinal de Deus. Isso porque Joana falou com o rei sobre assuntos que na verdade eram segredos militares e de Estado, que ninguém conhecia, a não ser ele. Deu-lhe, então, a chefia de seus exércitos. Joana vestiu armadura de aço, empunhou como única arma uma bandeira com a cruz e os nomes de Jesus e Maria nela bordados, chamando os comandantes à luta pela pátria e por Deus.
  E o que aconteceu na batalha que teve aquela figura feminina, jovem e mística, que nada entendia de táticas ou estratégias militares, à frente dos soldados, foi inenarrável. Os franceses sitiados reagiram e venceram os invasores ingleses, livrando o país da submissão.
  Carlos VII foi, então, coroado na catedral de Reims, como era tradição na realeza francesa.
  A luta pela reconquista demorara cerca de um ano e ela desejava voltar para sua vida simples no campo. Mas o rei exigiu que ela continuasse comandando os exércitos na reconquista de Paris. Ela obedeceu, mas foi ferida e também traída, sendo vendida para os ingleses, que decidiram julgá-la por heresia. Num processo religioso grotesco, completamente ilegal, foi condenada à fogueira como "feiticeira, blasfema e herética". Tinha dezenove anos e morreu murmurando os nomes de Jesus e Maria, em 30 de maio de 1431, diante da comoção popular na praça do Mercado Vermelho, em Rouen.
  Não fossem os fatos devidamente conhecidos e comprovados, seria difícil crer na existência dessa jovem mártir, que sacrificou sua vida pela libertação de sua pátria e de seu povo. Vinte anos depois, o processo foi revisto pelo papa Calisto III, que constatou a injustiça e a reabilitou. Joana d'Arc foi canonizada em 1920 pelo papa Bento XV, sendo proclamada padroeira da França. O dia de hoje é comemorado na França como data nacional, em memória de santa Joana d'Arc, mártir da pátria e da fé. porque, com a mesma medida com que medirdes, sereis medidos vós também. 39. Propôs-lhes também esta comparação: Pode acaso um cego guiar outro cego? Não cairão ambos na cova? 40. O discípulo não é superior ao mestre; mas todo discípulo perfeito será como o seu mestre. 41. Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão e não reparas na trave que está no teu olho? 42. Ou como podes dizer a teu irmão: Deixa-me, irmão, tirar de teu olho o argueiro, quando tu não vês a trave no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e depois enxergarás para tirar o argueiro do olho de teu irmão."


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

sábado, 29 de maio de 2021

Sábado das Têmporas de Pentecostes

29/05 Sábado das Quatro-Têmporas de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos
Leitura da Epístola do

Romanos 5,1-5

1Justificados, pois, pela fé temos a paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.2Por ele é que tivemos acesso a essa graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança de possuir um dia a glória de Deus.3Não só isso, mas nos gloriamos até das tribulações. Pois sabemos que a tribulação produz a paciência,4a paciência prova a fidelidade e a fidelidade, comprovada, produz a esperança.5E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 4, 38-44

38Saindo Jesus da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta; e pediram-lhe por ela.39Inclinando-se sobre ela, ordenou ele à febre, e a febre deixou-a. Ela levantou-se imediatamente e pôs-se a servi-los.40Depois do pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diversas moléstias lhos traziam. Impondo-lhes a mão, os sarava.41De muitos saíam os demônios, aos gritos, dizendo: Tu és o Filho de Deus. Mas ele repreendia-os severamente, não lhes permitindo falar, porque sabiam que ele era o Cristo.42Ao amanhecer, ele saiu e retirou-se para um lugar afastado. As multidões o procuravam e foram até onde ele estava e queriam detê-lo, para que não as deixasse.43Mas ele disse-lhes: É necessário que eu anuncie a boa nova do Reino de Deus também às outras cidades, pois essa é a minha missão.44E andava pregando nas sinagogas da Galiléia.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

29 de maio dia Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem.

 

  Batizada com o nome de Catarina, ela nasceu no dia 2 de abril de 1566, crescendo bela e inteligente em sua cidade natal, Florença, no norte da Itália. Tinha a origem nobre da família Pazzi, com acesso tanto à luxúria quanto às bibliotecas e benfeitorias da corte dos Médici, que governavam o ducado de Toscana. Sua sensibilidade foi atraída pelo aprendizado intelectual e espiritual, abrindo mão dos prazeres terrenos, o luxo e as vaidades que a nobreza proporcionava.
 Recebeu a primeira comunhão aos dez anos e, contrariando o desejo dos pais, aos dezesseis anos entregou-se à vida religiosa, ingressando no convento das carmelitas descalças. Ali, por causa de uma grave doença, teve de fazer os votos antes das outras noviças, vestiu o hábito e tomou o nome de Maria Madalena.
 A partir daí, foi favorecida por dons especiais do Espírito Santo, vivendo sucessivas experiências místicas impressionantes, onde eram comuns os êxtases durante a penitência, oração e contemplação, originando extraordinárias visões proféticas. Para que essas revelações não se perdessem, seu superior ordenou que três irmãs anotassem fielmente as palavras que dizia nessas ocasiões.
 Um volumoso livro foi escrito com essas mensagens, que depois foi publicado com o nome de "Contemplações", um verdadeiro tratado de teologia mística. Também ela, de próprio punho, escreveu muitas cartas dirigidas a papas e príncipes contendo ensinamentos e orientações para a inteira renovação da comunidade eclesiástica.
 Durante cinco anos foi provada na fé, experimentando a escuridão e a aridez espiritual. Até que, no dia de Pentecostes do ano 1690, a luz do êxtase voltou para a provação final: a da dor física. Seu corpo ficou coberto de úlceras que provocavam dores terríveis. A tudo suportou sem uma queixa sequer, entregando-se exclusivamente ao amor à Paixão de Jesus.
 Morreu com apenas quarenta e um anos, em 25 de maio de 1607, no convento Santa Maria dos Anjos, que hoje leva o seu nome, em Florença. Apenas dois anos mais tarde foi canonizada pelo papa Clemente IX. O corpo incorrupto de santa Maria Madalena de Pazzi repousa na igreja do convento onde faleceu.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Sexta das Quatro-Têmporas de Pentecostes

28/05 Sexta das Quatro-Têmporas de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos

Leitura da Epístola do

Profeta Joel 2,23-27
23.Alegrai-vos, filhos de Sião, e rejubilai no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dá as chuvas do outono no tempo oportuno, e faz cair chuvas copiosas sobre vós, as chuvas do outono e da primavera, como dantes.24.As eiras se encherão de trigo, os lagares transbordarão de vinho e de óleo novo.25.Restituir-vos-ei as colheitas devoradas pelo gafanhoto, pelo roedor, pelo devastador e pela lagarta, (esse) meu poderoso exército que mandei contra vós.26.Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que fez maravilhas em vosso favor; e jamais meu povo será confundido.27.Sabereis então que estou no meio de Israel, que sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro. E jamais meu povo será confundido. 

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 5, 17-26
17.Um dia estava ele ensinando. Ao seu derredor estavam sentados fariseus e doutores da lei, vindos de todas as localidades da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor fazia-o realizar várias curas.18.Apareceram algumas pessoas trazendo num leito um homem paralítico; e procuravam introduzi-lo na casa e pô-lo diante dele.19.Mas não achando por onde o introduzir, por causa da multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o arriaram com o leito ao meio da assembléia, diante de Jesus.20.Vendo a fé que tinham, disse Jesus: Meu amigo, os teus pecados te são perdoados.21.Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmos: Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus?22.Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: Que pensais nos vossos corações?23.Que é mais fácil dizer: Perdoados te são os pecados; ou dizer: Levanta-te e anda?24.Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ele ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.25.No mesmo instante, levantou-se ele à vista deles, tomou o leito e partiu para casa, glorificando a Deus.26.Todos ficaram transportados de entusiasmo e glorificavam a Deus; e tomados de temor, diziam: Hoje vimos coisas maravilhosas.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

Dia 28 de maio dia de São Agostinho. Bispo de Cantuária OSB

 

 Um século após são Patrício ter convertido os irlandeses ao catolicismo, a atuação de Agostinho foi tão importante para a Inglaterra que modificou as estruturas da região da mesma forma que seu antecessor o fizera. No final do século VI, o cristianismo já tinha chegado à poderosa ilha havia dois séculos, mas a invasão dos bárbaros saxões da Alemanha atrasou sua propagação e quase destruiu totalmente o que fora implantado.
 Pouco se sabe a respeito da vida de Agostinho antes de ser enviado à Grã-Bretanha. Ele nasceu em Roma, Itália. Era um monge beneditino do mosteiro de Santo André, fundado pelo papa Gregório Magno naquela cidade. E foi justamente esse célebre papa que ordenou o envio de missionários às ilhas britânicas.
 Em 597, para lá partiram quarenta monges, todos beneditinos, sob a direção do monge Agostinho. Mas antes ele quis viajar à França, onde se inteirou das dificuldades que a missão poderia encontrar, pedindo informações aos vários bispos que evangelizaram nas ilhas e agora se encontravam naquela região da Europa. Todos desaconselharam a continuidade da missão. Mas, tendo recebido do papa Gregório Magno a informação de que a época era propícia apesar dos perigos, pois o rei de Kent, Etelberto, havia desposado a princesa católica Berta, filha do rei de Paris, ele resolveu, corajosamente, enfrentar os riscos.
 A chegada foi triunfante. Assim que desembarcaram, os monges seguiram em procissão ao castelo do rei, tendo a cruz à sua frente e entoando pausadamente cânticos sagrados. Agostinho, com a ajuda de um intérprete, colocou ao rei as verdades cristãs e pediu permissão para pregá-las em seus domínios. Impressionado com a coragem e a sinceridade do religioso, o rei, apesar de todas as expectativas em contrário, deu a permissão imediatamente.
 No Natal de 597, mais de dez mil pessoas já tinham recebido o batismo. Entre elas, toda a nobreza da corte, precedida pelo próprio rei Etelberto. Com esse resultado surpreendente, Agostinho foi nomeado arcebispo da Cantuária primeira diocese fundada por ele.
 A notícia chegou ao papa Gregório Magno, que, com alegria, enviou mais missionários à Inglaterra. Assim, Agostinho prosseguiu e ampliou o trabalho de evangelização, fundando as dioceses de Londres e de Rochester. Não conseguiu a conversão de toda a ilha porque a Inglaterra era dividida entre vários reinos rivais, mas as sementes que plantou se desenvolveram no decorrer dos séculos.
 Agostinho morreu no dia 25 de maio de 604, sendo sepultado na igreja da Cantuária, que hoje recebe o seu nome e ainda guarda suas relíquias. O Martirológio Romano indica a festa litúrgica de santo Agostinho da Cantuária no dia 27 de maio.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Quinto dia da Oitava de Pentecoste.

27/05 Quinta-feira de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos


Leitura da Epístola dos

Atos dos Apóstolos 8, 5-8
5 Assim Filipe desceu à cidade de Samaria, pregando-lhes Cristo. 6 A multidão estava atenta ao que Filipe lhe dizia, escutando-o unanimemente e presenciando os prodígios que fazia. 7 Pois os espíritos imundos de muitos possessos saíam, levantando grandes brados. Igualmente foram curados muitos paralíticos e coxos. 8 Por esse motivo, naquela cidade reinava grande alegria. 

Sequência do Santo Evangelho 

São João 14, 23-31
1 Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curar enfermidades. 2 Enviou-os a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos. 3 Disse-lhes: Não leveis coisa alguma para o caminho, nem bordão, nem mochila, nem pão, nem dinheiro, nem tenhais duas túnicas. 4 Em qualquer casa em que entrardes, ficai ali até que deixeis aquela localidade. 5 Onde ninguém vos receber, deixai aquela cidade e em testemunho contra eles sacudi a poeira dos vossos pés. 6 Partiram, pois, e percorriam as aldeias, pregando o Evangelho e fazendo curas por toda parte. 

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

Dia 27 dia de São Beda, Confessor e Doutor.

 

  O extraordinário  São Beda foram escritas por ele mesmo no livro "História da Inglaterra", um dos mais raros e completos registros da formação do povo inglês antes do século VIII, narradas assim: "Eu, Beda, servo de Cristo e sacerdote, e monge do mosteiro de São Pedro e São Paulo, da Inglaterra, nasci neste país. Aos sete anos, fui levado ao mosteiro para ser educado pelos monges. Beda nasceu no ano 672, tendo sido educado e orientado espiritualmente pelo próprio são Bento Biscop, abade do mosteiro, que, impressionado com seus dons e inteligência, o tratava como próprio filho, na cidade de Wearmouth.
Cedo, Beda percebeu que um sermão podia ser ouvido por apenas algumas pessoas, mas podia ser lido por milhares delas e por muitos séculos.
  Por isso ele desejou escrever, e escreveu muito, sem se cansar, com cuidado e esmero no conteúdo e estilo, resultando em livros agradáveis de ler, verdadeiras obras literárias, sobre os mais variados temas, indo do teológico ao intelectual.
 Ao todo, foram sessenta obras sobre teologia, filosofia, cronologia, aritmética, gramática, astronomia, música e até medicina. Beda gostava de aprender, por isso pesquisava e estudava; e também de ensinar, por isso escrevia e dava aulas. Ajudou a formar várias gerações de monges, que, atraídos pela linguagem simples, encantadora e acessível, eram dirigidos, por meio dessas matérias, para os ensinamentos de Deus.
  O papa Gregório II chamou-o a Roma, para tê-lo como seu auxiliar, mas Beda implorou para permanecer na solidão do mosteiro, onde ficou até seus últimos momentos de vida. Só saiu por poucos dias para estabelecer as bases da Escola de York, na qual, depois, estudou e se formou o famoso mestre Alcuíno, fundador da primeira universidade de Paris.
  Ainda em vida, era chamado de "venerável Beda", ou "Beda, o Venerável". Morreu com sessenta e três anos, na paz do seu mosteiro, em Jarrow, Inglaterra, no dia 25 de maio de 735. Muitos séculos depois, pelo imensurável serviço prestado à Igreja, o papa Leão XIII, em 1899, proclamou-o santo e doutor da Igreja. São Beda, único santo inglês que possui o título de doutor da Igreja, é celebrado no dia 25 de maio.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário. 

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Quarta das Quatro-Têmporas de Pentecoste.

26/05 Quarta-feira das Têmporas de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos

Leitura da Epístola dos

Atos doa Apóstolos 5,12-16
12 Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão. 13 Dos outros ninguém ousava juntar-se a eles, mas o povo lhes tributava grandes louvores. 14 Cada vez mais aumentava a multidão dos homens e mulheres que acreditavam no Senhor. 15 De maneira que traziam os doentes para as ruas e punham-nos em leitos e macas, a fim de que, quando Pedro passasse, ao menos a sua sombra cobrisse alguns deles. 16 Também das cidades vizinhas de Jerusalém afluía muita gente, trazendo os enfermos e os atormentados por espíritos imundos, e todos eles eram curados.

Sequência do Santo Evangelho 

São João 6,44-52
44 Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu hei de ressuscitá-lo no último dia. 45 Está escrito nos profetas: Todos serão ensinados por Deus (Is 54,13). Assim, todo aquele que ouviu o Pai e foi por ele instruído vem a mim. 46 Não que alguém tenha visto o Pai, pois só aquele que vem de Deus, esse é que viu o Pai. 47 Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. 48 Eu sou o pão da vida. 49 Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. 50 Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. 51 Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo. 52 A essas palavras, os judeus começaram a discutir, dizendo: Como pode este homem dar-nos de comer a sua carne?



Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

terça-feira, 25 de maio de 2021

Terceiro dia da Oitava de Pentecoste.

25/05 Terça-feira de Pentecostes
Festa de Primeira Classe
Paramentos Vermelhos 

Leitura da Epístola dos


Atos dos Apóstolos 8, 14-17
14.Os apóstolos que se achavam em Jerusalém, tendo ouvido que a Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João.15.Estes, assim que chegaram, fizeram oração pelos novos fiéis, a fim de receberem o Espírito Santo,16.visto que não havia descido ainda sobre nenhum deles, mas tinham sido somente batizados em nome do Senhor Jesus.17.Então os dois apóstolos lhes impuseram as mãos e receberam o Espírito Santo.


Sequência do Santo Evangelho

São João 10, 1-10
1.Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador.2.Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.3.A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem.4.Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.5.Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.6.Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar.7.Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas.8.Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram.9.Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem.10.O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

segunda-feira, 24 de maio de 2021

Segundo dia da Oitava de Pentecoste.

24/05 Segunda-feira de Pentecostes
Festa de Primeira Classe
Paramentos Vermelhos 


Leitura da Epístola dos

Atos dos Apóstolos 10, 34,42-48

34 Então Pedro tomou a palavra e disse: Em verdade, reconheço que Deus não faz distinção de pessoas,42 Ele nos mandou pregar ao povo e testemunhar que é ele quem foi constituído por Deus juiz dos vivos e dos mortos. 43 Dele todos os profetas dão testemunho, anunciando que todos os que nele crêem recebem o perdão dos pecados por meio de seu nome. 44 Estando Pedro ainda a falar, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a (santa) palavra. 45 Os fiéis da circuncisão, que tinham vindo com Pedro, profundamente se admiraram, vendo que o dom do Espírito Santo era derramado também sobre os pagãos; 46 pois eles os ouviam falar em outras línguas e glorificar a Deus. 47 Então Pedro tomou a palavra: Porventura pode-se negar a água do batismo a estes que receberam o Espírito Santo como nós? 48 E mandou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Rogaram-lhe então que ficasse com eles por alguns dias. 

Sequência do Santo Evangelho

São João 3, 16-21

 16 Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele. 18 Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; por que não crê no nome do Filho único de Deus. 19 Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más. 20 Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. 21 Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus. 

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

domingo, 23 de maio de 2021

Domingo de Pentecoste

23/05 Domingo de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos
 
Leitura da Epístola dos

Atos dos Apóstolos 2, 1-11
1.Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.2.De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.3.Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. 4.Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.5.Achavam-se então em Jerusalém judeus piedosos de todas as nações que há debaixo do céu.6.Ouvindo aquele ruído, reuniu-se muita gente e maravilhava-se de que cada um os ouvia falar na sua própria língua.7.Profundamente impressionados, manifestavam a sua admiração: Não são, porventura, galileus todos estes que falam?8.Como então todos nós os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?9.Partos, medos, elamitas; os que habitam a Macedônia, a Judéia, a Capadócia, o Ponto, a Ásia,10.a Frígia, a Panfília, o Egito e as províncias da Líbia próximas a Cirene; peregrinos romanos,11.judeus ou prosélitos, cretenses e árabes; ouvimo-los publicar em nossas línguas as maravilhas de Deus!

Sequência do Santo Evangelho 

São João 14, 23-31
23.Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada.24.Aquele que não me ama não guarda as minhas palavras. A palavra que tendes ouvido não é minha, mas sim do Pai que me enviou.25.Disse-vos estas coisas enquanto estou convosco.26.Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito.27.Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize!28.Ouvistes que eu vos disse: Vou e volto a vós. Se me amardes, certamente haveis de alegrar-vos, que vou para junto do Pai, porque o Pai é maior do que eu.29.E disse-vos agora estas coisas, antes que aconteçam, para que creiais quando acontecerem.30.Já não falarei muito convosco, porque vem o príncipe deste mundo; mas ele não tem nada em mim.31.O mundo, porém, deve saber que amo o Pai e procedo como o Pai me ordenou. Levantai-vos, vamo-nos daqui. 

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

sábado, 22 de maio de 2021

Vigília de Pentecoste.

22/05 Sábado 
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos

Leitura da Epístola dos

Atos dos Apóstolos 19, 1-8
1.Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as províncias superiores e chegou a Éfeso, onde achou alguns discípulos e indagou deles:2.Recebestes o Espírito Santo, quando abraçastes a fé? Responderam-lhe: Não, nem sequer ouvimos dizer que há um Espírito Santo!3.Então em que batismo fostes batizados?, perguntou Paulo. Disseram: No batismo de João.4.Paulo então replicou: João só dava um batismo de penitência, dizendo ao povo que cresse naquele que havia de vir depois dele, isto é, em Jesus.5.Ouvindo isso, foram batizados em nome do Senhor Jesus.6.E quando Paulo lhes impôs as mãos, o Espírito Santo desceu sobre eles, e falavam em línguas estranhas e profetizavam.7.Eram ao todo uns doze homens.8.Paulo entrou na sinagoga e falou com desassombro por três meses, disputando e persuadindo-os acerca do Reino de Deus.

Sequência do Santo Evangelho

São João 14, 15-21

15.Se me amais, guardareis os meus mandamentos.16.E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco.17.É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós.18.Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós.19.Ainda um pouco de tempo e o mundo já não me verá. Vós, porém, me tornareis a ver, porque eu vivo e vós vivereis.20.Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim e eu em vós.21.Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é que me ama. E aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e manifestar-me-ei a ele.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

domingo, 16 de maio de 2021

A Cruzada Eucarística


 Através do decreto Quam singulari, sobre a Comunhão das crianças (8 de julho de 1910) e Sacra Tridentina synodus (16 de julho de 1905) sobre a Comunhão Diária, São Pio X , Surgi a Cruzada Eucarística.

Chama-se Cruzada, porque à semelhança dos guerreiros antigos, que foram ao Oriente combater os infiéis e libertar os Lugares Santos, a Cruzada Eucarística das Crianças procura libertar as almas e as nações do jugo do demónio, para que nelas só reine Jesus Cristo. Eucarística – porque a sua grande arma de combate é a Comunhão frequente.Propunha  converter todas as crianças católicas em apóstolos do Reino de Deus, e as armas utilizadas eram: a oração, pequenos sacrifícios e a comunhão frequente.

A Igreja Conciliar destruiu a Cruzada Eucarística. pelo Papa João XXIII. Em 1960, por ocasião da peregrinação da Cruzada a Roma, ainda mudou o nome da Cruzada para Movimento Eucarístico Juvenil. ”

Revista Deus Vult

A Cruzada Eucarística começou sob o Papa São Pio X para alistar crianças pequenas na batalha pela Fé e para santificá-las. A Igreja Conciliar destruiu a Cruzada Eucarística. A FSSPX a reviveu. A Resistência reviveu a Cruzada novamente para promover a santificação das crianças e alistá-las na luta contra os inimigos de Nosso Senhor Jesus Cristo e da Igreja. Uma explicação da CE pode ser vista abaixo.

A Cruzada Eucarística da Resistência tem sua sede na França que fornece as intenções e oferece a Missa mensal pela intenção da Cruzada. As Irmãs Corredentoras são a ligação conosco, anglófonos, mantendo a Cruzada unida. Irmã M. Liesse dá uma explicação mensal sobre a regra e as intenções que traduzimos para o inglês. Uma revista da Cruzada em inglês, intitulada Deus Vult, é produzida na Nova Zelândia. Deus Vult foi o grito de guerra da Primeira Cruzada. Os Kiwis* mandaram fazer distintivos para os diferentes títulos, que os Cruzados usam.

Deus Vult é enviado por e-mail para cada família e eles o imprimem para seus cruzados. Os totais do tesouro de cada família também são enviados principalmente por e-mail. Estes são totalizados e enviados às Irmãs que se certificam de que estão no altar quando a Missa é oferecida com a intenção mensal.

   
 Jovem Cruzado Marcel Lefebve                                                                                       

As crianças podem preencher a tabela do tesouro todos os meses e enviar seus totais sem entrar na Cruzada, mas é melhor se elas forem recebidas pois assim se beneficiam das orações e Missas oferecidas pelos Cruzados.

Para entrar como Pagem, a criança deve escrever uma carta ao capelão, Pe. MacDonald, dizendo que deseja entrar. Se necessário, alguém pode ajudar com isso.

Para entrar como Cruzado, a criança deve escrever uma carta ao capelão dizendo que entende as obrigações de um Cruzado e pretende ser fiel a elas.

Ninguém pode entrar como Cavaleiro ou Serva, mas após um período probatório, os Cruzados mais velhos podem pedir para serem promovidos a Cavaleiro ou Serva com uma carta explicando que eles têm sido fiéis aos deveres de um Cruzado e compreendem os deveres de um Cavaleiro / Serva e pretendem ser fiéis a eles.

As cerimônias de recepção e promoção normalmente seriam feitas por um Padre da Resistência, que confere ao Cruzado o distintivo apropriado. Existem livretos e certificados para isso.

As cartas e o total do tesouro da família podem ser enviados ao capelão, Pe. Edward F. MacDonald, por correio para:           OU         por e-mail para: deusvult1096@zoho.com                                 

PO Box 1019                                                                                                                       Oxley QLD 4075                                                                                                             Austrália

O que é a Cruzada Eucarística?

A CE é um movimento religioso criado por São Pio X, o Papa que permitiu a comunhão das crianças mais novas.

Qual é o lema da CE?Oração, comunhão, sacrifício, apostolado!

Qual é a regra da Cruzada?

1. O Cruzado é o soldado de elite de Nosso Senhor Jesus Cristo, e ele defende a bandeira de Nossa Senhora.

2. O Cruzado foi feito para louvar, honrar e servir a Deus, e assim salvar sua alma.

3. Acima de tudo, o Cruzado deve converter seu coração a Deus.

4. O Cruzado, por suas orações, por seus sacrifícios e seu apostolado, empreende com a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, salvar sua alma e as almas de seus irmãos.

5. O Cruzado deve ter um grande amor pela Igreja, pela Verdade, pela Santa virtude da Pureza e pelos seus deveres diários de estado.

6. O Cruzado mantém em seu coração um genuíno espírito de oração, de pobreza e de penitência.

7. O Cruzado recusa o caminho amplo e segue a Via Real da Cruz.

8. O Cruzado foge do espírito do mundo e da ocasião de pecado.

9. O Cruzado não permite em sua presença blasfêmia ou impureza, crueldade ou vandalismo; ele respeita e não faz mau uso da criação de Deus.

10. O Cruzado é manso, a fim de levar as almas a Deus, forte para se superar, humilde, generoso e leal. Ele é educado em todos os lugares, agradável, fervoroso e fiel.


Quais são os objetivos da CE?

Existem dois conjuntos de objetivos: interno e externo.

Seu objetivo interno é promover o fervor religioso das crianças, dando-lhes metas estabelecidas, promessas a cumprir e o exame diário de consciência sob a forma de 'tabela do tesouro'.

O objetivo externo é o apostolado e a salvação dos amigos e familiares dos Cruzados. Os cruzados têm a obrigação de fazer tudo o que puderem para encorajar seus amigos e convencê-los a seguir uma vida cristã piedosa. Eles oferecem seus tesouros espirituais por eles, assim como para as intenções da Igreja e da sociedade, que variam mensalmente conforme indicado na tabela do tesouro. Essas diferentes intenções são aquelas nas quais o Cruzado deve se concentrar durante o mês.

O que é a tabela do tesouro?

A tabela do Tesouro é uma tabela que calcula o total das vitórias do Cruzado naquele dia: sacrifícios, bons exemplos, comunhões, décadas, etc. Esta folha é enviada a cada membro da Cruzada para uma intenção particular.

Quais são as promessas dos diferentes membros da Cruzada?

O Pagem promete:

• fazer o oferecimento de si mesmo, assim como o oferecimento diário da manhã.

• fazer as orações da noite e preencher a Tabela do Tesouro todas as noites.


O Cruzado promete:

• recitar diariamente duas dezenas do Rosário.

• receber a Santa Comunhão todos os domingos, se possível.

• fazer um sacrifício diário.

• lutar contra sua falta dominante.

• ir à confissão uma vez por mês, se possível.


O Cavaleiro ou a Serva promete:

• rezar um terço do Rosário diariamente.

• fazer uma comunhão espiritual diária ou visitar o Santíssimo Sacramento, se possível.

• praticar uma meditação de 15 minutos diariamente.

• ir à confissão a cada quinze dias.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

Domingo depois da Ascensão.

16/05 Domingo 
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Brancos

Leitura da Epístola dos

I São Pedro 4,7-11.
7 O fim de todas as coisas está próximo. Sede, portanto, prudentes e vigiai na oração. 8 Antes de tudo, mantende entre vós uma ardente caridade, porque a caridade cobre a multidão dos pecados (Pr 10,12). 9 Exercei a hospitalidade uns para com os outros, sem murmuração. 10 Como bons dispensadores das diversas graças de Deus, cada um de vós ponha à disposição dos outros o dom que recebeu: 11 a palavra, para anunciar as mensagens de Deus; um ministério, para exercê-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo. A ele seja dada a glória e o poder por toda a eternidade! Amém.


Sequência do Santo Evangelho

São João 15,26-27 ; 16, 1-4
26 Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. 27 Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio1 Disse-vos essas coisas para vos preservar de alguma queda. 2 Expulsar-vos-ão das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos tirar a vida julgará prestar culto a Deus. 3 Procederão deste modo porque não conheceram o Pai, nem a mim. 4 Disse-vos, porém, essas palavras para que, quando chegar a hora, vos lembreis de que vo-lo anunciei. E não vo-las disse desde o princípio, porque estava convosco.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

16 de maio dia de São Ubaldo,Bispo e Confessor.

  

   São Ubaldo nasceu de nobre família alemã em 1085, na cidade de Gúbio, Itália. Entretanto foi criado por um tio, porque ficou órfão ainda muito criança. Aos quinze anos de idade, resolveu que seria monge ermitão, para estar longe do burburinho e das ilusões da cidade. Seu tio não permitiu, preferindo que ele fosse conviver com os cônegos de São Segundo, para completar os estudos.Com eles Ubaldo ficou até ser chamado pelo bispo João, que o ordenou sacerdote em 1114 e o manteve como auxiliar incansável na reforma eclesiástica que promovia naquela diocese.
  Neste mesmo ano foi eleito prior da comunidade religiosa de São Mariano, nos arredores de Gúbio, e titular da catedral. À pequena comunidade ele deu um novo desenvolvimento ascético, nos moldes de são Pedro Damião, que tinha transformado o mosteiro de Fonte Avelana em um centro exemplar de vida religiosa. E para lá se dirigiu também Ubaldo, depois do incêndio de 1126, que destruiu a catedral e a comunidade, com os religiosos tendo de se dispersarem. Acontece que Ubaldo teve atuação tão exemplar nesse período, que em 1129 foi nomeado bispo de Gúbio pelo papa Honório II, que o consagrou pessoalmente. Assim ele voltou para sua cidade, agora também sua sede episcopal.
  Além de ganhar a confiança do povo quase de imediato, por causa da defesa intransigente dos fracos e oprimidos pelos senhores feudais, Ubaldo passou a ser considerado herói por ter evitado a invasão da cidade pelo terrível Frederico Barba-Roxa, em 1155. Para isso usou suas armas mais eficazes: persuasão, caridade e doçura. Ubaldo era um pacificador. Diz a tradição que, certa vez, ele se colocou literalmente entre dois grupos adversários que brigavam no centro de Gúbio. Somente ao ver seu amado bispo no chão, ferido pelos participantes de ambos os lados, é que o povo percebeu a violência descabida praticada, a luta cessou e a paz passou a reinar na cidade. Morreu no dia 16 de maio de 1160, tendo sido proclamado padroeiro de Gúbio imediatamente após o falecimento. Com isso a sua canonização foi rápida, ocorrida pouco mais de trinta anos depois. Em 1192, foi proclamado santo Ubaldo, sendo celebrado no dia de sua morte.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

sábado, 15 de maio de 2021

15 de maio dia de São Bastiste de lá Salle.Confesor.

15/05 Sábado 
Festa de Terceira Classe 
Paramentos Brancos

  São João Baptista de La Salle (30 de abril de 1651, Reims, França - 7 de abril de 1719, Saint-Yon, França) foi um sacerdote e pedagogo francês inovador, que consagrou sua vida a formar professores destinados a formação de crianças pobres. Foi fundador de uma congregação religiosa, os Irmãos das Escolas Cristãs, ou Irmãos Lassalistas, dedicada à educação, especialmente dos mais pobres. Em 15 de Maio de 1950 foi declarado patrono de todos educadores, pelo Papa Pio XII.
 Nascido de uma família de juristas, era o filho primogênito de Luis de La Salle e Nicolasa Moët. Seu pai lhe havia preparado uma carreira jurídica, porém João Batista escolheu a vocação religiosa. Durante a infância se comprazia em sérios exercícios espirituais, oração e leitura de livros. Desde muito cedo sentiu-se impulsionado a consagrar-se a Deus e assumir o estado eclesial. Sua firmeza e determinação convenceu seus pais a darem permissão.
  Em 17 de Março de 1668 recebeu as ordens menores em Reims. Sua vocação foi posta a prova devido a morte de seus pais. Sua mãe faleceu em 19 de Julho de 1671, seu pai em 9 de Abril de 1672. Assumiu a tutela de seus irmãos e irmãs, encontrando um novo pai em seu primo Nicolás Roland, apenas 9 anos mais velho que ele, auxiliar na Catedral de Reims.
 Retomou seus estudos de Teologia, tendo recebido o subdiaconato em 11 de Julho de 1672, em Cambray. Durante 4 anos, de 1672 a 1676 conciliou suas atividades canônicas, estudos e obrigações familiares. Foi ordenado sacerdote em 9 de Abril de 1678 e recebeu o título de doutor em teologia em 1680.

Vida Sacerdotal


  A senhora Mallefer, prima de São João Batista, neste tempo patrocinava um projeto de abrir escolas para pobres, em colaboração com o primo Nicolás Roland. Porém a morte de Nicolas em 1678 interrompeu este projeto. Mas Mallefer não renuncia ao projeto e o coloca a cargo de Adrian Mayel, pessoa conhecida por seu zelo na educação cristã de crianças pobres, que se dirige a Reims com uma carta a João Batista.
  Em princípios de 1679, João Batista alugou uma casa e fundou uma escola gratuita. Em 1681 começa a receber professores pobres, definindo um regulamento, por primeiro sobre o modo de comportar-se, depois sobre a oração, Santas Missas e refeições.
  Em 1683 renunciou aos seus bens e em 25 de Maio de 1684 fundou a Congregação dos Irmãos das Escolas Cristãs, com o objetivo de abrir escolas profissionais e lugares de educação para jovens que viviam nas ruas. Também 1684 fundou em Reims a primeira escola para professores. Em 1688 abriu as primeiras escolas em Paris. Em 1692 criou o primeiro noviciado para os irmãos e em 1698 terminou de redigir as regras da Congregação.
  Nas suas escolas introduziu diversas inovações: as lições eram dadas para um grupo, não mais tinham caráter particular; as aulas eram em francês, não mais em latim; aulas específicas de línguas modernas, matemática e ciências; os alunos eram divididos em classes por idade e conhecimento; horário definido para as aulas; escolas correcionais para jovens que haviam cometido crimes; os professores deveriam ter cursado as escolas normais. Todas modificações eram absolutas novidades na França.
  Desenvolveu uma Teologia da Educação ao escrever várias obras sobre a educação escolar e espiritual, entre elas destaca-se Guia para Escolas Cristãs, um dos melhores livros de pedagogia do século XVII, que foi dominante nas escolas francesas por mais de um século. Trata-se de um livro em João Batista resumiu a experiência pedagógica sua e dos primeiros irmãos. Escreveu também vários catecismos para uso escolar. Entre os livros espirituais, deve-se destacar as meditações, onde traça um itinerários espirutal completo para professores cristãos.

Morreu em 7 de Abril de 1719, em Saint-Yon, Ruán. Foi beatificado em 1888 e canonizado em 24 de maio de 1900, pelo papa Leão XIII.

Leitura da Epístola dos


Eclesiástico 31, 8-11
8.Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros!9.Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida.10.Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez.11.Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Sequência do Santo Evangelho

São Mateus 18,1-5

1.Neste momento os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: Quem é o maior no Reino dos céus?2.Jesus chamou uma criancinha, colocou-a no meio deles e disse:3.Em verdade vos declaro: se não vos transformardes e vos tornardes como criancinhas, não entrareis no Reino dos céus.4.Aquele que se fizer humilde como esta criança será maior no Reino dos céus.5.E o que recebe em meu nome a um menino como este, é a mim que recebe.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

domingo, 9 de maio de 2021

09 de maio dia de Santo Gregório de Nazianzo

   

São Gregório de Nazianzo, ou Gregório Nazianzeno (perto de Nazianzo,[a] na Capadócia, Ásia Menor, 329 – †389), foi um Patriarca de Constantinopla, teólogo e escritor cristão. Padre santificado nascido em Arianzo, vila próxima a Nazianzo, Capadócia, no leste da Anatólia, atual Turquia, que junto com Atanásio, Basílio e João Crisóstomo formou o grupo dos quatro Doutores da Igreja oriental, e que em cuja pregação destacou-se especialmente pela defesa da doutrina da Santíssima Trindade, definida pelo Concílio de Nicéia (325). A sua formação iniciou-se na escola de Cesaréia da Capadócia e prosseguiu em Atenas e Alexandria. Nesses anos iniciou sua amizade com São Basílio, padre e depois bispo metropolitano de Cesaréia e, de regresso à Capadócia (357), foi batizado pelo pai (360) e ingressou na comunidade monástica fundada por Basílio. Essa comunidade monástica, os Padres Capadócios, eram defensores da Santíssima Trindade, a doutrina da Divindade única que existe simultaneamente em três modos de ser, ou Hipóstases Divinas, cuja maior pregação era a luta contra o arianismo, heresia que negava a divindade de Cristo. Foi viver com o amigo uma vida de trabalho e oração no deserto do Ponto, Turquia, onde fizeram uma compilação dos escritos de Orígenes, famoso escritor cristão. Ordenado (362) dedicou os anos seguintes a apoiar São Basílio na luta contra o arianismo, heresia que negava a divindade de Cristo. Sagrado bispo de Sasima, conseguiu sua substituição po um novo bispo, retirou-se para uma vida de meditação (375) e foi viver em um mosteiro. Com a morte do imperador ariano Valente (378), e de são Basílio (379), foi chamado pelo Imperador Teodósio o Grande, para Constantinopla (379), para ajudar a reconstruir a igreja abalada por décadas de lutas contra o arianismo. Mudou-se para Constantinopla para afirmar o dogma da Santíssima Trindade. Proferiu então cinco discursos sobre a Trindade que lhe deram grande fama como teólogo. O Concílio de Constantinopla (381) desautorizou o arianismo e nomeou-o bispo da cidade. Ele, no entanto, renunciou para evitar disputas e voltou para sua vila natal de Nazianzo, onde morreu. Dedicou seus últimos anos à meditação e à redação de seus escritos doutrinais. Na história do catolicismo também ficou conhecido como um dos três padres capadócios, juntamente com os irmãos são Basílio o Grande e são Gregóriode Nissa, que reafirmaram no século IV a ortodoxia cristã frente às manifestações hereges. Portanto não confundir com são Gregório de Nissa. Na Igreja romana é comemorado no dia dois de janeiro, mesmo dia de São Basílio.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.