sábado, 29 de maio de 2021

Sábado das Têmporas de Pentecostes

29/05 Sábado das Quatro-Têmporas de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos
Leitura da Epístola do

Romanos 5,1-5

1Justificados, pois, pela fé temos a paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.2Por ele é que tivemos acesso a essa graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança de possuir um dia a glória de Deus.3Não só isso, mas nos gloriamos até das tribulações. Pois sabemos que a tribulação produz a paciência,4a paciência prova a fidelidade e a fidelidade, comprovada, produz a esperança.5E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 4, 38-44

38Saindo Jesus da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta; e pediram-lhe por ela.39Inclinando-se sobre ela, ordenou ele à febre, e a febre deixou-a. Ela levantou-se imediatamente e pôs-se a servi-los.40Depois do pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diversas moléstias lhos traziam. Impondo-lhes a mão, os sarava.41De muitos saíam os demônios, aos gritos, dizendo: Tu és o Filho de Deus. Mas ele repreendia-os severamente, não lhes permitindo falar, porque sabiam que ele era o Cristo.42Ao amanhecer, ele saiu e retirou-se para um lugar afastado. As multidões o procuravam e foram até onde ele estava e queriam detê-lo, para que não as deixasse.43Mas ele disse-lhes: É necessário que eu anuncie a boa nova do Reino de Deus também às outras cidades, pois essa é a minha missão.44E andava pregando nas sinagogas da Galiléia.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

29 de maio dia Santa Maria Madalena de Pazzi, Virgem.

 

  Batizada com o nome de Catarina, ela nasceu no dia 2 de abril de 1566, crescendo bela e inteligente em sua cidade natal, Florença, no norte da Itália. Tinha a origem nobre da família Pazzi, com acesso tanto à luxúria quanto às bibliotecas e benfeitorias da corte dos Médici, que governavam o ducado de Toscana. Sua sensibilidade foi atraída pelo aprendizado intelectual e espiritual, abrindo mão dos prazeres terrenos, o luxo e as vaidades que a nobreza proporcionava.
 Recebeu a primeira comunhão aos dez anos e, contrariando o desejo dos pais, aos dezesseis anos entregou-se à vida religiosa, ingressando no convento das carmelitas descalças. Ali, por causa de uma grave doença, teve de fazer os votos antes das outras noviças, vestiu o hábito e tomou o nome de Maria Madalena.
 A partir daí, foi favorecida por dons especiais do Espírito Santo, vivendo sucessivas experiências místicas impressionantes, onde eram comuns os êxtases durante a penitência, oração e contemplação, originando extraordinárias visões proféticas. Para que essas revelações não se perdessem, seu superior ordenou que três irmãs anotassem fielmente as palavras que dizia nessas ocasiões.
 Um volumoso livro foi escrito com essas mensagens, que depois foi publicado com o nome de "Contemplações", um verdadeiro tratado de teologia mística. Também ela, de próprio punho, escreveu muitas cartas dirigidas a papas e príncipes contendo ensinamentos e orientações para a inteira renovação da comunidade eclesiástica.
 Durante cinco anos foi provada na fé, experimentando a escuridão e a aridez espiritual. Até que, no dia de Pentecostes do ano 1690, a luz do êxtase voltou para a provação final: a da dor física. Seu corpo ficou coberto de úlceras que provocavam dores terríveis. A tudo suportou sem uma queixa sequer, entregando-se exclusivamente ao amor à Paixão de Jesus.
 Morreu com apenas quarenta e um anos, em 25 de maio de 1607, no convento Santa Maria dos Anjos, que hoje leva o seu nome, em Florença. Apenas dois anos mais tarde foi canonizada pelo papa Clemente IX. O corpo incorrupto de santa Maria Madalena de Pazzi repousa na igreja do convento onde faleceu.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Dia 27 dia de São Beda, Confessor e Doutor.

 

  O extraordinário  São Beda foram escritas por ele mesmo no livro "História da Inglaterra", um dos mais raros e completos registros da formação do povo inglês antes do século VIII, narradas assim: "Eu, Beda, servo de Cristo e sacerdote, e monge do mosteiro de São Pedro e São Paulo, da Inglaterra, nasci neste país. Aos sete anos, fui levado ao mosteiro para ser educado pelos monges. Beda nasceu no ano 672, tendo sido educado e orientado espiritualmente pelo próprio são Bento Biscop, abade do mosteiro, que, impressionado com seus dons e inteligência, o tratava como próprio filho, na cidade de Wearmouth.
Cedo, Beda percebeu que um sermão podia ser ouvido por apenas algumas pessoas, mas podia ser lido por milhares delas e por muitos séculos.
  Por isso ele desejou escrever, e escreveu muito, sem se cansar, com cuidado e esmero no conteúdo e estilo, resultando em livros agradáveis de ler, verdadeiras obras literárias, sobre os mais variados temas, indo do teológico ao intelectual.
 Ao todo, foram sessenta obras sobre teologia, filosofia, cronologia, aritmética, gramática, astronomia, música e até medicina. Beda gostava de aprender, por isso pesquisava e estudava; e também de ensinar, por isso escrevia e dava aulas. Ajudou a formar várias gerações de monges, que, atraídos pela linguagem simples, encantadora e acessível, eram dirigidos, por meio dessas matérias, para os ensinamentos de Deus.
  O papa Gregório II chamou-o a Roma, para tê-lo como seu auxiliar, mas Beda implorou para permanecer na solidão do mosteiro, onde ficou até seus últimos momentos de vida. Só saiu por poucos dias para estabelecer as bases da Escola de York, na qual, depois, estudou e se formou o famoso mestre Alcuíno, fundador da primeira universidade de Paris.
  Ainda em vida, era chamado de "venerável Beda", ou "Beda, o Venerável". Morreu com sessenta e três anos, na paz do seu mosteiro, em Jarrow, Inglaterra, no dia 25 de maio de 735. Muitos séculos depois, pelo imensurável serviço prestado à Igreja, o papa Leão XIII, em 1899, proclamou-o santo e doutor da Igreja. São Beda, único santo inglês que possui o título de doutor da Igreja, é celebrado no dia 25 de maio.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dia Santo Rosário. 

domingo, 16 de maio de 2021

A Cruzada Eucarística


 Através do decreto Quam singulari, sobre a Comunhão das crianças (8 de julho de 1910) e Sacra Tridentina synodus (16 de julho de 1905) sobre a Comunhão Diária, São Pio X , Surgi a Cruzada Eucarística.

Chama-se Cruzada, porque à semelhança dos guerreiros antigos, que foram ao Oriente combater os infiéis e libertar os Lugares Santos, a Cruzada Eucarística das Crianças procura libertar as almas e as nações do jugo do demónio, para que nelas só reine Jesus Cristo. Eucarística – porque a sua grande arma de combate é a Comunhão frequente.Propunha  converter todas as crianças católicas em apóstolos do Reino de Deus, e as armas utilizadas eram: a oração, pequenos sacrifícios e a comunhão frequente.

A Igreja Conciliar destruiu a Cruzada Eucarística. pelo Papa João XXIII. Em 1960, por ocasião da peregrinação da Cruzada a Roma, ainda mudou o nome da Cruzada para Movimento Eucarístico Juvenil. ”

Revista Deus Vult

A Cruzada Eucarística começou sob o Papa São Pio X para alistar crianças pequenas na batalha pela Fé e para santificá-las. A Igreja Conciliar destruiu a Cruzada Eucarística. A FSSPX a reviveu. A Resistência reviveu a Cruzada novamente para promover a santificação das crianças e alistá-las na luta contra os inimigos de Nosso Senhor Jesus Cristo e da Igreja. Uma explicação da CE pode ser vista abaixo.

A Cruzada Eucarística da Resistência tem sua sede na França que fornece as intenções e oferece a Missa mensal pela intenção da Cruzada. As Irmãs Corredentoras são a ligação conosco, anglófonos, mantendo a Cruzada unida. Irmã M. Liesse dá uma explicação mensal sobre a regra e as intenções que traduzimos para o inglês. Uma revista da Cruzada em inglês, intitulada Deus Vult, é produzida na Nova Zelândia. Deus Vult foi o grito de guerra da Primeira Cruzada. Os Kiwis* mandaram fazer distintivos para os diferentes títulos, que os Cruzados usam.

Deus Vult é enviado por e-mail para cada família e eles o imprimem para seus cruzados. Os totais do tesouro de cada família também são enviados principalmente por e-mail. Estes são totalizados e enviados às Irmãs que se certificam de que estão no altar quando a Missa é oferecida com a intenção mensal.

   
 Jovem Cruzado Marcel Lefebve                                                                                       

As crianças podem preencher a tabela do tesouro todos os meses e enviar seus totais sem entrar na Cruzada, mas é melhor se elas forem recebidas pois assim se beneficiam das orações e Missas oferecidas pelos Cruzados.

Para entrar como Pagem, a criança deve escrever uma carta ao capelão, Pe. MacDonald, dizendo que deseja entrar. Se necessário, alguém pode ajudar com isso.

Para entrar como Cruzado, a criança deve escrever uma carta ao capelão dizendo que entende as obrigações de um Cruzado e pretende ser fiel a elas.

Ninguém pode entrar como Cavaleiro ou Serva, mas após um período probatório, os Cruzados mais velhos podem pedir para serem promovidos a Cavaleiro ou Serva com uma carta explicando que eles têm sido fiéis aos deveres de um Cruzado e compreendem os deveres de um Cavaleiro / Serva e pretendem ser fiéis a eles.

As cerimônias de recepção e promoção normalmente seriam feitas por um Padre da Resistência, que confere ao Cruzado o distintivo apropriado. Existem livretos e certificados para isso.

As cartas e o total do tesouro da família podem ser enviados ao capelão, Pe. Edward F. MacDonald, por correio para:           OU         por e-mail para: deusvult1096@zoho.com                                 

PO Box 1019                                                                                                                       Oxley QLD 4075                                                                                                             Austrália

O que é a Cruzada Eucarística?

A CE é um movimento religioso criado por São Pio X, o Papa que permitiu a comunhão das crianças mais novas.

Qual é o lema da CE?Oração, comunhão, sacrifício, apostolado!

Qual é a regra da Cruzada?

1. O Cruzado é o soldado de elite de Nosso Senhor Jesus Cristo, e ele defende a bandeira de Nossa Senhora.

2. O Cruzado foi feito para louvar, honrar e servir a Deus, e assim salvar sua alma.

3. Acima de tudo, o Cruzado deve converter seu coração a Deus.

4. O Cruzado, por suas orações, por seus sacrifícios e seu apostolado, empreende com a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, salvar sua alma e as almas de seus irmãos.

5. O Cruzado deve ter um grande amor pela Igreja, pela Verdade, pela Santa virtude da Pureza e pelos seus deveres diários de estado.

6. O Cruzado mantém em seu coração um genuíno espírito de oração, de pobreza e de penitência.

7. O Cruzado recusa o caminho amplo e segue a Via Real da Cruz.

8. O Cruzado foge do espírito do mundo e da ocasião de pecado.

9. O Cruzado não permite em sua presença blasfêmia ou impureza, crueldade ou vandalismo; ele respeita e não faz mau uso da criação de Deus.

10. O Cruzado é manso, a fim de levar as almas a Deus, forte para se superar, humilde, generoso e leal. Ele é educado em todos os lugares, agradável, fervoroso e fiel.


Quais são os objetivos da CE?

Existem dois conjuntos de objetivos: interno e externo.

Seu objetivo interno é promover o fervor religioso das crianças, dando-lhes metas estabelecidas, promessas a cumprir e o exame diário de consciência sob a forma de 'tabela do tesouro'.

O objetivo externo é o apostolado e a salvação dos amigos e familiares dos Cruzados. Os cruzados têm a obrigação de fazer tudo o que puderem para encorajar seus amigos e convencê-los a seguir uma vida cristã piedosa. Eles oferecem seus tesouros espirituais por eles, assim como para as intenções da Igreja e da sociedade, que variam mensalmente conforme indicado na tabela do tesouro. Essas diferentes intenções são aquelas nas quais o Cruzado deve se concentrar durante o mês.

O que é a tabela do tesouro?

A tabela do Tesouro é uma tabela que calcula o total das vitórias do Cruzado naquele dia: sacrifícios, bons exemplos, comunhões, décadas, etc. Esta folha é enviada a cada membro da Cruzada para uma intenção particular.

Quais são as promessas dos diferentes membros da Cruzada?

O Pagem promete:

• fazer o oferecimento de si mesmo, assim como o oferecimento diário da manhã.

• fazer as orações da noite e preencher a Tabela do Tesouro todas as noites.


O Cruzado promete:

• recitar diariamente duas dezenas do Rosário.

• receber a Santa Comunhão todos os domingos, se possível.

• fazer um sacrifício diário.

• lutar contra sua falta dominante.

• ir à confissão uma vez por mês, se possível.


O Cavaleiro ou a Serva promete:

• rezar um terço do Rosário diariamente.

• fazer uma comunhão espiritual diária ou visitar o Santíssimo Sacramento, se possível.

• praticar uma meditação de 15 minutos diariamente.

• ir à confissão a cada quinze dias.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

16 de maio dia de São Ubaldo,Bispo e Confessor.

  

   São Ubaldo nasceu de nobre família alemã em 1085, na cidade de Gúbio, Itália. Entretanto foi criado por um tio, porque ficou órfão ainda muito criança. Aos quinze anos de idade, resolveu que seria monge ermitão, para estar longe do burburinho e das ilusões da cidade. Seu tio não permitiu, preferindo que ele fosse conviver com os cônegos de São Segundo, para completar os estudos.Com eles Ubaldo ficou até ser chamado pelo bispo João, que o ordenou sacerdote em 1114 e o manteve como auxiliar incansável na reforma eclesiástica que promovia naquela diocese.
  Neste mesmo ano foi eleito prior da comunidade religiosa de São Mariano, nos arredores de Gúbio, e titular da catedral. À pequena comunidade ele deu um novo desenvolvimento ascético, nos moldes de são Pedro Damião, que tinha transformado o mosteiro de Fonte Avelana em um centro exemplar de vida religiosa. E para lá se dirigiu também Ubaldo, depois do incêndio de 1126, que destruiu a catedral e a comunidade, com os religiosos tendo de se dispersarem. Acontece que Ubaldo teve atuação tão exemplar nesse período, que em 1129 foi nomeado bispo de Gúbio pelo papa Honório II, que o consagrou pessoalmente. Assim ele voltou para sua cidade, agora também sua sede episcopal.
  Além de ganhar a confiança do povo quase de imediato, por causa da defesa intransigente dos fracos e oprimidos pelos senhores feudais, Ubaldo passou a ser considerado herói por ter evitado a invasão da cidade pelo terrível Frederico Barba-Roxa, em 1155. Para isso usou suas armas mais eficazes: persuasão, caridade e doçura. Ubaldo era um pacificador. Diz a tradição que, certa vez, ele se colocou literalmente entre dois grupos adversários que brigavam no centro de Gúbio. Somente ao ver seu amado bispo no chão, ferido pelos participantes de ambos os lados, é que o povo percebeu a violência descabida praticada, a luta cessou e a paz passou a reinar na cidade. Morreu no dia 16 de maio de 1160, tendo sido proclamado padroeiro de Gúbio imediatamente após o falecimento. Com isso a sua canonização foi rápida, ocorrida pouco mais de trinta anos depois. Em 1192, foi proclamado santo Ubaldo, sendo celebrado no dia de sua morte.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

sábado, 15 de maio de 2021

15 de maio dia de São Bastiste de lá Salle.Confesor.

15/05 Sábado 
Festa de Terceira Classe 
Paramentos Brancos

  São João Baptista de La Salle (30 de abril de 1651, Reims, França - 7 de abril de 1719, Saint-Yon, França) foi um sacerdote e pedagogo francês inovador, que consagrou sua vida a formar professores destinados a formação de crianças pobres. Foi fundador de uma congregação religiosa, os Irmãos das Escolas Cristãs, ou Irmãos Lassalistas, dedicada à educação, especialmente dos mais pobres. Em 15 de Maio de 1950 foi declarado patrono de todos educadores, pelo Papa Pio XII.
 Nascido de uma família de juristas, era o filho primogênito de Luis de La Salle e Nicolasa Moët. Seu pai lhe havia preparado uma carreira jurídica, porém João Batista escolheu a vocação religiosa. Durante a infância se comprazia em sérios exercícios espirituais, oração e leitura de livros. Desde muito cedo sentiu-se impulsionado a consagrar-se a Deus e assumir o estado eclesial. Sua firmeza e determinação convenceu seus pais a darem permissão.
  Em 17 de Março de 1668 recebeu as ordens menores em Reims. Sua vocação foi posta a prova devido a morte de seus pais. Sua mãe faleceu em 19 de Julho de 1671, seu pai em 9 de Abril de 1672. Assumiu a tutela de seus irmãos e irmãs, encontrando um novo pai em seu primo Nicolás Roland, apenas 9 anos mais velho que ele, auxiliar na Catedral de Reims.
 Retomou seus estudos de Teologia, tendo recebido o subdiaconato em 11 de Julho de 1672, em Cambray. Durante 4 anos, de 1672 a 1676 conciliou suas atividades canônicas, estudos e obrigações familiares. Foi ordenado sacerdote em 9 de Abril de 1678 e recebeu o título de doutor em teologia em 1680.

Vida Sacerdotal


  A senhora Mallefer, prima de São João Batista, neste tempo patrocinava um projeto de abrir escolas para pobres, em colaboração com o primo Nicolás Roland. Porém a morte de Nicolas em 1678 interrompeu este projeto. Mas Mallefer não renuncia ao projeto e o coloca a cargo de Adrian Mayel, pessoa conhecida por seu zelo na educação cristã de crianças pobres, que se dirige a Reims com uma carta a João Batista.
  Em princípios de 1679, João Batista alugou uma casa e fundou uma escola gratuita. Em 1681 começa a receber professores pobres, definindo um regulamento, por primeiro sobre o modo de comportar-se, depois sobre a oração, Santas Missas e refeições.
  Em 1683 renunciou aos seus bens e em 25 de Maio de 1684 fundou a Congregação dos Irmãos das Escolas Cristãs, com o objetivo de abrir escolas profissionais e lugares de educação para jovens que viviam nas ruas. Também 1684 fundou em Reims a primeira escola para professores. Em 1688 abriu as primeiras escolas em Paris. Em 1692 criou o primeiro noviciado para os irmãos e em 1698 terminou de redigir as regras da Congregação.
  Nas suas escolas introduziu diversas inovações: as lições eram dadas para um grupo, não mais tinham caráter particular; as aulas eram em francês, não mais em latim; aulas específicas de línguas modernas, matemática e ciências; os alunos eram divididos em classes por idade e conhecimento; horário definido para as aulas; escolas correcionais para jovens que haviam cometido crimes; os professores deveriam ter cursado as escolas normais. Todas modificações eram absolutas novidades na França.
  Desenvolveu uma Teologia da Educação ao escrever várias obras sobre a educação escolar e espiritual, entre elas destaca-se Guia para Escolas Cristãs, um dos melhores livros de pedagogia do século XVII, que foi dominante nas escolas francesas por mais de um século. Trata-se de um livro em João Batista resumiu a experiência pedagógica sua e dos primeiros irmãos. Escreveu também vários catecismos para uso escolar. Entre os livros espirituais, deve-se destacar as meditações, onde traça um itinerários espirutal completo para professores cristãos.

Morreu em 7 de Abril de 1719, em Saint-Yon, Ruán. Foi beatificado em 1888 e canonizado em 24 de maio de 1900, pelo papa Leão XIII.

Leitura da Epístola dos


Eclesiástico 31, 8-11
8.Bem-aventurado o rico que foi achado sem mácula, que não correu atrás do ouro, que não colocou sua esperança no dinheiro e nos tesouros!9.Quem é esse homem para que o felicitemos? Ele fez prodígios durante sua vida.10.Àquele que foi tentado pelo ouro e foi encontrado perfeito, está reservada uma glória eterna: ele podia transgredir a lei e não a violou; ele podia fazer o mal e não o fez.11.Por isso seus bens serão fortalecidos no Senhor, e toda a assembléia dos santos louvará suas esmolas.

Sequência do Santo Evangelho

São Mateus 18,1-5

1.Neste momento os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: Quem é o maior no Reino dos céus?2.Jesus chamou uma criancinha, colocou-a no meio deles e disse:3.Em verdade vos declaro: se não vos transformardes e vos tornardes como criancinhas, não entrareis no Reino dos céus.4.Aquele que se fizer humilde como esta criança será maior no Reino dos céus.5.E o que recebe em meu nome a um menino como este, é a mim que recebe.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

domingo, 9 de maio de 2021

09 de maio dia de Santo Gregório de Nazianzo

   

São Gregório de Nazianzo, ou Gregório Nazianzeno (perto de Nazianzo,[a] na Capadócia, Ásia Menor, 329 – †389), foi um Patriarca de Constantinopla, teólogo e escritor cristão. Padre santificado nascido em Arianzo, vila próxima a Nazianzo, Capadócia, no leste da Anatólia, atual Turquia, que junto com Atanásio, Basílio e João Crisóstomo formou o grupo dos quatro Doutores da Igreja oriental, e que em cuja pregação destacou-se especialmente pela defesa da doutrina da Santíssima Trindade, definida pelo Concílio de Nicéia (325). A sua formação iniciou-se na escola de Cesaréia da Capadócia e prosseguiu em Atenas e Alexandria. Nesses anos iniciou sua amizade com São Basílio, padre e depois bispo metropolitano de Cesaréia e, de regresso à Capadócia (357), foi batizado pelo pai (360) e ingressou na comunidade monástica fundada por Basílio. Essa comunidade monástica, os Padres Capadócios, eram defensores da Santíssima Trindade, a doutrina da Divindade única que existe simultaneamente em três modos de ser, ou Hipóstases Divinas, cuja maior pregação era a luta contra o arianismo, heresia que negava a divindade de Cristo. Foi viver com o amigo uma vida de trabalho e oração no deserto do Ponto, Turquia, onde fizeram uma compilação dos escritos de Orígenes, famoso escritor cristão. Ordenado (362) dedicou os anos seguintes a apoiar São Basílio na luta contra o arianismo, heresia que negava a divindade de Cristo. Sagrado bispo de Sasima, conseguiu sua substituição po um novo bispo, retirou-se para uma vida de meditação (375) e foi viver em um mosteiro. Com a morte do imperador ariano Valente (378), e de são Basílio (379), foi chamado pelo Imperador Teodósio o Grande, para Constantinopla (379), para ajudar a reconstruir a igreja abalada por décadas de lutas contra o arianismo. Mudou-se para Constantinopla para afirmar o dogma da Santíssima Trindade. Proferiu então cinco discursos sobre a Trindade que lhe deram grande fama como teólogo. O Concílio de Constantinopla (381) desautorizou o arianismo e nomeou-o bispo da cidade. Ele, no entanto, renunciou para evitar disputas e voltou para sua vila natal de Nazianzo, onde morreu. Dedicou seus últimos anos à meditação e à redação de seus escritos doutrinais. Na história do catolicismo também ficou conhecido como um dos três padres capadócios, juntamente com os irmãos são Basílio o Grande e são Gregóriode Nissa, que reafirmaram no século IV a ortodoxia cristã frente às manifestações hereges. Portanto não confundir com são Gregório de Nissa. Na Igreja romana é comemorado no dia dois de janeiro, mesmo dia de São Basílio.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.

sábado, 8 de maio de 2021

Sábado de Nossa Senhora

 08/05 Sábado 
Festa de Quarta Classe
Paramentos Brancos
Primeiro Sábado do Mês meditar 15 mistérios do Santo Rosário com Nossa Senhora pediu em Fátima.

Leitura da Epístola dos 

Eclesiástico 24,14-16
14 Desde o início, antes de todos os séculos, ele me criou, e não deixarei de existir até o fim dos séculos; e exerci as minhas funções diante dele na casa santa. 15 Assim fui firmada em Sião; repousei na cidade santa, e em Jerusalém está a sede do meu poder. 16 Lancei raízes no meio de um povo glorioso, cuja herança está na partilha de meu Deus; e fixei minha morada na assembléia dos santos.

Sequência do Santo Evangelho

São Lucas 11,27-28
27Quando Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: "Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou".28 Ele respondeu: "Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem".

Quando Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: "Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou".
Ele respondeu: "Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem".

Lucas 11:27,28
Quando Jesus dizia estas coisas, uma mulher da multidão exclamou: "Feliz é a mulher que te deu à luz e te amamentou".
Ele respondeu: "Antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem".

Lucas 11:27,28

 Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.
 PARA O TRIUNFO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA.
Pela Consagração da Rússia Imaculado Coração de Maria.

domingo, 2 de maio de 2021

02 de maio dia de Santo Atanásio.

 

"Se o mundo for contra a Verdade... então eu serei contra o mundo"
(Santo Atanásio de Alexandria)
Exemplo de Resistência Católica em tempos de Crise.

   Nascido no Egito presenciou ainda jovem ao Concílio de Nicéia, onde foi definida a Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, consubstancial ao Pai. Como bispo de Alexandria, durante 45 anos combateu arduamente o erro, pela pregação e por meio de escritos, e sofreu por isso cruéis perseguições e calúnias, sendo cinco vezes desterrado. Toda a vida de Santo Atanásio pode resumir-se como a proclamação dessa grande verdade de fé contra a heresia ariana, que chegou a dominar a hierarquia eclesiástica de quase todo o mundo. 
    Santo Atanásio, defensor do homoousios em latim «consubstantialis»: indica que o Filho, o «Logos», é «da mesma natureza» do Pai, é Deus de Deus, é sua natureza, destroçando a Heresia de Ário, daqui por diante torna se, esta declaração Concíliar a reta doutrina professada a qual ante tinha sido vista no Sínodo Local de Alexandria que condenara Ário em 319. Significava que o Filho é da mesma natureza (= Divindade) que o Pai; não saiu do nada como as criaturas, mas desde toda a eternidade foi gerado sem dividir a natureza divina. Neste mesmo Concílio que abrangeria a catolicidade na época a Heresia de Ário é condenada pelos representantes Papais e por todos os outros Bispos menos dois.


  Exemplo de fidelidade em defesa da Fé Única.

  O que estamos vivendo desde 1962 até hoje é algo pior, pois é uma crise sem precedentes instalada pelos neomodernista e os modernista que hoje dominam a hierarquia eclesiástica que é um resumo de várias heresias; pois na época de Santo Atanásio era uma só heresia do arianismo, hoje, são várias heresias espalhadas por toda a parte.
   Os Modernistas conciliares  aprovaram o Concílio Primaveril espalham e ensinam dentro da Igreja erros modernistas e não defendendo a sã doutrina.  Assim são os Modernistas.
     Fizeram o Concílio Vaticano II para que seja sinal de estarem corretos.              Quem não aceita o Concílio Vaticano II com seus vários textos cheios de suas heresias; são condenados, exiliados e caluniados como Monsenhor Dom Marcel Lefebvre, Monsenhor Dom Antônio de Castro Mayer e nós que seguimos fielmente nesta mesma linha Católica em defesa da Fé Tradicional contra o Modernismo.


"Levemos em conta que a própria tradição, ensinamento e fé da Igreja Católica 
desde o principio dada pelo Senhor, foi pregada pelos apóstolos e 
foi preservada pelos pais, nisto foi fundada a Igreja e se alguém se 
afasta dela não deve ser chamado de CRISTÃO.''
(Santo Atanásio de Alexandria)

       Somos poucos, com a graça divina e a intercessão Santo Atanásio combateremos arduamente as varias negações de dogmas definidos e de documentos da Santa Igreja, não tenhamos medo de defender a Santa Doutrina Tradicional contra os erros modernistas consumado em textos do Concílio Vaticano II.
    Santo Atanásio não vacilou defendeu mesmo custando sua prisão, exílio e excomunhão. 
    E depois de anos, mais tarde, foi considerado reabilitado e injustamente condenado.
    Santo Atanásio é um GRANDE SANTO da Santa Igreja, seu nome está escrito no can. dos Santos.
   O papa Libério foi considerado errado e um mau papa por não defender a Santa Doutrina.
    
    Tenhamos certeza que estamos certos nesta defesa pois o Santo Papa São Pio X já condenou os erros modernistas; quem segue ESTES erros Modernistas contidos em vários textos do Concílio Vaticano II está em grave desobediência e coloca em jogo sua salvação ETERNA por não defender a Santa Doutrina Tradicional. 
  

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário. 

sábado, 1 de maio de 2021

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCCXVIII (718) – 17 de abril de 2021

 

DESINTEGRAÇÃO DO PAPA – I

Devemos temer os gregos, mesmo quando nos trazem presentes?

Dos modernistas, mesmo aqueles gregos não chegam nem perto!


 Numa entrevista que divulgou no início do mês passado, o Superior Geral da Fraternidade São Pio X, o Pe. Davide Pagliarani, abordou com suas próprias palavras um tema de suma importância na Igreja e no mundo de hoje, mas que nem sempre se aborda, por ser tão impensável, a saber, a desintegração do pensamento. Ao tentar analisar o pensamento do Papa Francisco, o Pe. Pagliarani conclui que o Papa, em seu desejo de chegar ao homem moderno onde quer que este esteja, abandonou todo sistema de pensamento, toda filosofia ou teologia católica no sentido clássico dessas duas palavras. Isso significaria que, para chegar ao homem moderno, o Papa Francisco está renunciando à doutrina católica. Segue-se o argumento do S. G.

O Papa Francisco está “acima” de todos os sistemas de pensamento. Enquanto para João Paulo II certas doutrinas eram intocáveis, e enquanto Bento XVI sempre se preocupou em parecer fiel à Tradição, o Papa Francisco, pelo contrário, está demolindo todos os bastiões católicos do passado. Na verdade, era inevitável que como o Vaticano II (1962-1965) com sua liberdade religiosa e seu ecumenismo minou o dogma da Igreja, com o passar das décadas, seu ensino moral sem base no dogma também cedesse. Assim, com sua Amoris Laetitia de 2016, o Papa Francisco ensinou, como doutrina solene da Igreja, uma abordagem completamente nova da moral, a saber, a Santa Madre Igreja deve enfrentar os fatos modernos e tornar-se um tipo totalmente diferente de mãe. Ela não pode mais impor-se a si mesma e impor suas leis como sempre fez. Agora ela deve ouvir, compreender e acompanhar seus filhos, adaptando-se passivamente ao que eles fazem. Obviamente, os princípios morais vão mudar com a mudança da prática dos homens segundo a evolução das circunstâncias históricas.

Assim, Francisco interpreta mal o amor, pois nenhuma mãe ama seu filho que se afoga em um rio perigoso pulando para afogar-se com ele. Ele entende mal a misericórdia: não é ter misericórdia de um homem deixá-lo em um estado de pecado que desagrada a Deus. Com tal falsificação do verdadeiro amor e da verdadeira misericórdia de Deus, a Igreja não só renuncia a toda a ordem sobrenatural, mas também deixa o homem "livre" na ordem natural, de modo que nenhum bastião permanece, porque a Santa Madre Igreja se adaptou aos pecados do mundo, não fazendo mais exigências a seus filhos. Com o Vaticano II, ela se adaptou ao mundo. Com o Papa Francisco ela vai mais longe, adaptando-se aos pecados do mundo, deixando seus filhos, profundamente feridos pelo pecado original, sem nenhuma graça sobrenatural que os cure.

O que então o Papa Francisco propõe em vez disso como objetivo ou como metas para a Igreja e o mundo? Em primeiro lugar, a imposição universal de uma ecologia integral utópica, para cuidar da Mãe Terra (Pachamama) em todos os aspectos materiais (Laudato Sí, 2015), e, em segundo lugar, uma irmandade universal quase maçônica para cuidarmos de nossos semelhantes (Fratelli Tutti, 2019). Assim, a Santa Madre Igreja se reduz a um sacerdócio puramente natural, despojado de todo poder sobrenatural, a serviço do estado laico em todo o seu humanismo secular supostamente superior.

O Superior Geral conclui que a verdadeira resposta para todos os problemas modernos é que a Santa Madre Igreja volte a pregar a doutrina infalível, ou seja, a dimensão sobrenatural e o destino do homem no Céu eterno, a Queda do homem no tempo com sua consequência duradoura do Pecado Original, e a necessidade absoluta da graça de Cristo para vencer o pecado. A doutrina de Cristo Rei encarna por si mesma a eternidade do Céu, a vitória do Redentor sobre o pecado e a ajuda indispensável da graça sobrenatural que Ele trouxe como Redentor para permitir que os homens cheguem ao céu. E Sua Mãe terá um papel muito especial no que será a vitória final da Igreja sobre o triunfo passageiro de erros tão sutis e perniciosos.

Essa análise do Superior Geral sobre o pensamento e a ação do Papa apresenta uma coerência e uma lógica pela qual todos devemos ser gratos. Certamente há alguma luz na cúpula da Fraternidade Sacerdotal São Pio X. Dizemos, sinceramente, graças a Deus. Mas isso significa que a Fraternidade está fora de perigo? Isso ainda está por ver-se. O Doutor não tem enquanto tal as virtudes do Mártir. Queira Deus...

Kyrie eleison.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.