domingo, 27 de setembro de 2020

27 de setembro dia de São Cosme e Damião, Mártires.Novena

 Eles tornaram-se famosos por uma cirurgia milagrosa na qual eles transplantaram a perna de um etíope (negro) no corpo de um homem branco. O milagre geralmente é celebrado na arte católica descrevendo o ato dos santos gêmeos.


  São Cosme e São Damião eram irmãos gêmeos e cristãos. Mas nasceram na Arábia e viveram na Ásia Menor, Oriente. Desde muito jovens, ambos manifestaram um enorme talento para a medicina. Estudaram e diplomaram-se na Síria, exercendo a profissão de médico com muita competência e dignidade. Inspirados pelo Espírito Santo, usavam a Fé aliada aos conhecimentos científicos. Com isso, seus tratamentos e curas a doentes, muitas vezes à beira da morte, eram vistos como verdadeiros milagres.

Deixavam pasmos os mais céticos dos pagãos, pois não cobravam absolutamente nada por isso. A riqueza que mais os atraía era fazer de sua arte médica também o seu apostolado para a conversão dos pagãos, o que, a cada dia, conseguiam mais e mais. 

Isso despertou a ira do imperador Diocleciano, implacável perseguidor do povo cristão. Na Ásia Menor, o governador deu ordens imediatas para que os dois médicos cristãos fossem presos, acusados de feitiçaria e de usarem meios diabólicos em suas curas. 

Mandou que fossem barbaramente torturados por negarem-se a aceitar os deuses pagãos. Em seguida, foram decapitados. O ano não pode ser confirmado, mas com certeza foi no século IV. Os fatos ocorreram em Ciro, cidade vizinha a Antioquia, Síria, onde foram sepultados. Mais tarde, seus corpos foram trasladados para uma igreja dedicada a eles. 

Quando o imperador Justiniano, por volta do ano 530, ficou gravemente enfermo, deu ordens para que se construísse, em Constantinopla, uma grandiosa Igreja em honra dos seus protetores. Mas a fama dos dois correu rápida no Ocidente também, a partir de Roma, com a basílica dedicada a eles,  construída, a pedido do papa Félix IV, entre 526 e 530.

Os nomes de são Cosme e são Damião, entretanto, são pronunciados infinitas  vezes, todos os dias, no mundo inteiro, porque, a partir do século VI, eles foram incluídos no cânone da Santa Missa, fechando o elenco dos mártires citados. Os santos Cosme e Damião são venerados como padroeiros dos médicos, dos farmacêuticos e das faculdades de medicina.


4ºdia da Novena de Santa Teresinha

Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os  favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de Vossa serva Santa Teresinha do Menino Jesus, durante 24 anos que passou na terra e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei a graça que ardentemente Vos peço ( faça o pedido da graça ), se for a Vossa Santíssima vontade e para salvação de minha alma. Ajudai minha fé e minha esperança, ó Santa Teresinha, cumprindo mais uma vez Vossa promessa de que ninguém Vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida.
Na medalha: Um Pai Nosso  nas três rosinhas inicial três Ave-Maria
Rezam-se em seguida 24 vezes: 
"GLÓRIA AO PAI, AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO ASSIM 
COMO ERA NO PRINCÍPIO, AGORA E SEMPRE, POR TODOS OS SÉCULOS DOS SÉCULOS.AMÉM."
Santa Terezinha do Menino Jesus, rogai por nós
Ó Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai todos os vossos Sacerdotes sob a proteção do vosso Coração amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder. Conservai ilibadas as suas mãos ungidas, que tocam todos os dias em vosso Corpo santíssimo. Conservai puros os seus lábios, tintos pelo vosso Sangue preciosíssimo. Conservai puros e desapegados dos bens da terra, os seus corações que foram selados com o caráter sublime do vosso glorioso sacerdócio. Fazei-os crescer no amor e fidelidade para convosco e preservai-os do contágio do mundo.  Dai-lhes também, juntamente com o poder que têm de transubstanciar o pão e vinho em vosso Corpo e Sangue, o poder de transformar o coração dos homens. Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos, e concedei-lhes um dia a coroa da vida eternaAssim seja. Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.
Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, adoro-Vos profundamente.
E ofereço-Vos o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido.
E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.



Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXVI (686) – (5 de setembro de 2020)

PEREGRINAÇÃO EM WALSINGHAN

Quando tudo se torna completamente inútil para o lado dos homens,
Recorrer a Maria é algo extremamente sábio.

A inspiração para esta peregrinação da “Resistência” que acontecerá daqui a duas semanas no principal santuário mariano da Inglaterra, no leste, perto de Norfolk, veio diretamente das palavras de Nossa Senhora de Akita, proferidas no Japão em 13 de outubro de 1973, e desde lá já se vão 47 anos. Observe o dia e o mês que Ela escolheu para dar a sua Terceira Mensagem pré-apocalíptica para o mundo, transmitida através da Irmã, humanamente surda, Agnes Sasagawa: o dia e o mês do Grande Milagre de Fátima em 1917. No curso de sua investigação oficial para verificar a autenticidade da intervenção de Nossa Senhora, o Bispo católico de Akita consultou na época o Cardeal Ratzinger, que então teria dito que Akita era a continuação de Fátima. Em todo caso, em 1982 aquele Bispo, John Shojiro Ito, deu a sua total aprovação oficial à devoção a Nossa Senhora de Akita. Aqui está a terceira Mensagem:

Como eu lhe disse, se os homens não se arrependerem e não melhorarem, o Pai infligirá um castigo terrível a toda a humanidade. Será um castigo maior do que o dilúvio, como nunca se viu antes. Cairá fogo do céu e exterminará grande parte da humanidade, tanto os bons como os maus, não poupando nem fiéis nem sacerdotes. Os sobreviventes ficarão tão desolados que invejarão os mortos. As únicas armas que restarão para vocês serão o Rosário e o Sinal deixado por Meu Filho. Recitem todos os dias as orações do Rosário. Com o Rosário, rezem pelo Papa, pelos Bispos e pelos Padres. A obra do demônio se infiltrará até mesmo na Igreja de tal maneira que se verá Cardeais opondo-se a Cardeais, Bispos contra Bispos. Os Padres que me veneram serão desprezados e combatidos por outros Padres... As igrejas e os altares serão saqueados; a Igreja estará cheia de quem aceita compromissos, e o demônio pressionará muitos sacerdotes e muitas almas consagradas a abandonarem o serviço do Senhor. O demônio será especialmente implacável contra as almas consagradas a Deus. O pensamento da perda de tantas almas é a causa da minha tristeza. Se os pecados aumentarem em número e gravidade, não haverá mais perdão para elas.

O corona-pânico  grosseiramente inflado da primavera de 2020, juntamente com a ameaça de sua repetição deliberada neste outono, e a intenção de impor o comunismo em todo o mundo, têm feito com que muitas pessoas vejam mais claramente por que em 1973 Nossa Senhora de Akita acrescentou depois de Sua Mensagem estas palavras: Só eu posso salvá-los das calamidades que se aproximam. O problema atual da Igreja e do mundo, causado pelos seres humanos, está muito além de qualquer solução pelos seres humanos simples. Se Deus permitir, em Walsingham faremos exatamente o que Nossa Senhora pediu, para obter a solução Dela, e não a nossa!

Sexta-feira, 18 de setembro
Chegada em Walsingham às 16h.
Primeiro Rosário completo (Papa, Bispos, Padres), às 17:15,  no terreno da  Slipper Chapel.
Rosário completo opcional em Walsingham, às 20h.

Sábado, 19 de setembro
Segundo Rosário completo da peregrinação, caminhando pela Holy Mile da Slipper Chapel, às 10h.
Missa no terreno da Abadia de Walsingham, às 12h. 
Terceiro Rosário completo (Bispos, Padres, Papa) na Abadia de Walsingham, às 14h.
Quarto Rosário completo em Walsingham, às 16:30.
Rosário completo opcional em Walsingham, às 20h.

Domingo 20 de setembro
Quinto Rosário Completo (Padres, Papa, Bispos) na Abadia de Walsingham, às 9:30.
Missa na Abadia de Walsingham, às 10:30.
Bênção final na Abadia de Walsingham, às 12:30.

Esses horários são pelo TMG (Tempo Médio de Greenwich) mais uma hora para o verão inglês. As almas que estiverem longe de Walsingham podem ajudar rezando em união com os peregrinos que estiverem lá.

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXV (685) – (29 de agosto de 2020)

VIGANÒ DILUÍDO?

Os pastores recebem de Deus a liberdade para cometerem erros?
As ovelhas ainda terão o senso católico para que sigam perseverando.

Em uma série de declarações públicas recentes, especialmente na de 9 de junho, o Arcebispo italiano Carlo Viganò, que ainda hoje é membro da hierarquia oficial da Igreja, destacou-se de seus colegas nessa hierarquia por assumir uma postura severa em relação ao Vaticano II. Agora apareceu um teólogo italiano, o Pe. Alfredo Morselli, tentando moderar a severidade do Arcebispo Viganò, não exatamente defendendo o Concílio, mas argumentando, por exemplo, que este não é o único responsável pela crise que se abateu sobre a Igreja nos anos que se lhe seguiram. Vejamos a sua “Tese sobre o Concílio” que foi publicada em nove pontos principais e oito subpontos, aqui abreviados:

1 A crise atual é de uma gravidade sem precedente, essencialmente neomodernista, mas muito mais grave do que a crise modernista original do início do século XX.
2 No entanto, o Vaticano II não é simplesmente a causa da crise atual, porque:
2.1 A crise começou muito antes de 1960.
2.2 Seu neomodernismo nunca teria criado raízes sem a profunda corrupção do homem moderno.
2.3 E, da mesma forma, o pontificado do Papa Francisco foi preparado muito antes do século XXI.
3 Devemos distinguir entre o Concílio em si e o pós-Concílio, ou o que se lhe seguiu:
3.1 Não se pode responsabilizar o Concílio por todos os erros que se lhe atribuem, mesmo que tenham sido cometidos em seu nome.
3.2 O Espírito Santo estava no Concílio, de modo que não se pode dizer que não houve nada de bom neste.
4 Os textos conciliares incluem fórmulas ambíguas, das quais os neomodernistas tiram proveito.
5 Quase todos esses problemas foram resolvidos subsequentemente por Declarações oficiais da Igreja.
6 Os problemas vêm menos dos erros do que do desejo de ser inclusivo em vez de exclusivo.
7 Um exemplo trágico desse desejo é a recusa do Concílio em condenar o comunismo.
8 Chamar o Concílio “pastoral” não significa que não haja nada de dogmático em seus pronunciamentos.
9 Só se pode criticar o Concílio de acordo com o ensinamento da Igreja sobre a fé. Consequentemente:
9.1 Fé significa crer em Deus, ou seja, aceitar, e não escolher, em quais verdades se deverá crer.
9.2 O Magistério da Igreja Católica é quem primeiramente decide quais são essas verdades nas quais se deve crer.
9.3 Esse Magistério não está aberto à interpretação privada. Somente ele pode interpretar suas próprias decisões.

E agora um breve comentário sobre cada uma dessas posições do Pe. Morselli:

1 Este ponto introdutório mostra até que ponto o Pe. Morselli está de acordo com o Arcebispo Viganò. Bravo!
2 Quem poria a culpa de uma explosão exclusivamente no detonador? Claro que deve haver explosivos.
2.1 De fato, o Vaticano II teve uma longa ascendência, notadamente a "Reforma" protestante e a Revolução de 1789.
2.2 Absolutamente certo. A profunda corrupção do homem moderno formou-se ao longo dos séculos.
2.3 Isso também é verdade. Cinco Papas neomodernistas prepararam o sexto com seus falsos princípiosmas este os superocom sua ousadia de colocá-los em prática.
3 Cuidado! Quem destrava a porta do estábulo não tem culpa pela fuga do cavalo?
3.1 “Eu nunca quis que o cavalo fugisse. Eu só queria que ele fosse livre para galopar ao sol!”.
3.2 O Espírito Santo impediu que o Concílio fosse ainda pior, mas não privou os Bispos de seu livre-arbítrio.
4 As ambiguidades mortais foram plantadas pelos neomodernistas, mas aprovadas pelos “católicos”.
5 Estes “esclarecimentos” em que o Pe. Morselli acredita normalmente não esclarecem, senão que mantêm o problema.
6 Infelizmente, foi o mesmo desejo de ser inclusivo que fez com que as portas, outrora firmemente fechadas, se abrissem novamente ao erro.
7 Disse o Arcebispo Lefebvre que a recusa em condenar o comunismo estigmatizaria para sempre este Concílio.
8 Ambiguidade terrível: o Concílio “pastoral” não era dogmático, mas tinha de ser seguido como dogma!
9 “O veneno está na cauda” – no final, o Pe. Morselli recorre ao argumento da Autoridade!
9.1 É claro que devemos crer no que realmente vem de Deus, e não escolhermos nós mesmos no que acreditar.
9.2 E, claro, se Deus exige que se creia, tal como o faz, isto só é possível se Ele nos assegura um Magistério infalível para decidir.
9.3 Mas esse Magistério é constituído por oficiais da Igreja falíveis e com livre-arbítrio, que Deus não lhes tirará, e se, excepcionalmente, eles falharem em seu dever, Ele espera que as ovelhas os julguem pelos seus frutos.

Em suma, a severidade do Arcebispo Viganò, julgando o Vaticano II por seus frutos, sobrepõe-se à Autoridade do Pe. Morselli.

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

Dia 23 de setembro dia São Lino, Papa e Mártir.

 São Lino  foi  o  segundo Papa da Igreja Católica, portanto, o primeiro  sucessor de São Pedro na Sé apostólica, de quem  pessoalmente recebeu o poder das chaves para guiar o rebanho de Cristo. Nasceu na localidade de Volterra,  na Toscana na Itália,  a sua mãe chamava-se Cláudia e o seu pai Herculeanus.  O decreto (que persistiu durante muito tempo) que obrigava as mulheres a cobrirem a cabeça no templo terá sido da sua autoria (baseado em São Paulo).  Antes, porém, que fosse eleito bispo, trabalhava pela salvação das almas ao lado de São Pedro, de quem era grande colaborador. Tanto foi assim que dele mesmo recebeu a missão de pregar na Gália (hoje França), a fim de levar a luz da Fé às nações pagãs. Chegando àquelas terras, estabeleceu-se em Vesontio (atual Besançon), capital do Franco Condado. Graças ao apoio que tinha do tribuno Onósio, principal magistrado que tinha por missão lutar pelas causas do povo, São Lino acabou transformando-se em um homem público, exercendo preponderante papel junto à população. Em pouco tempo tornou-se um líder influente, de grande capacidade intelectual. Dadas as circunstâncias, aproveitou o terreno para plantar as sementes da Religião Cristã, mesmo sabendo que os obstáculos, dificuldades e perseguições seriam inevitáveis. Por conseguinte, empreendeu intenso esforço para afastar o povo da idolatria e da adoração de deuses estranhos. Seus discursos eram duros, porém, verdadeiros e por isso, não tardou que acabasse sendo violentamente escorraçado da cidade. Era uma figura extremamente incômoda e inconveniente aos líderes pagãos, que diante da persuasão junto ao povo, temiam a perda de seu espaço. São Lino testemunhou a queda de alguns imperadores romanos e a destruição de Jerusalém.
Em sua última prática na cidade de Vesontio (atual Besançon), São Lino criticou e repreendeu veementemente os idólatras, feiticeiros renomados e diversos pagãos, que ofereciam sacrifícios aos  seu ídolos e seus deuses. "Cessai", disse São Lino, "cessai de render adoração a tão vis criaturas". Os líderes presentes, percebendo que estavam prestes a cair em descrédito pela força de sua palavra, gritaram ao povo, dizendo que as insolências sacrílegas proferidas por Lino, iriam provocar a ira dos deuses e caso lhe dessem ouvidos, sério castigo se precipitaria sobre o povo. Continuando a esbravejar, incitaram o povo, que acabou investindo contra o santo mediante golpes, tendo sido expulso da cidade completamente ferido e também abandonado, até mesmo por aqueles que sempre o apoiaram. Dali retornou para Roma, onde permaneceu até ser escolhido como sucessor de São Pedro. As sementes que deixou para trás, germinaram com grande vigor, tanto que passaria a ser venerado pelo povo, tempos depois, em sua primeira Sede Episcopal de Becanson.Zeferino combatido pelo papa,                                                                                
Foi martirizado em 20 de dezembro de 217.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXIV (684) – (22 de agosto de 2020)

DINHEIRO, VERDADE

Por mais escuro que esteja o céu sobre nossas cabeças,
Mais acima ainda, a majestade de Deus não morre!

A gravidade do pânico do coronavírus da última primavera fabricado pelos governantes, e dos tumultos deste verão realizados pelo povo guiado, ambos artificiais, mas que juntos ameaçam acabar com a civilização tal como a conhecemos, está fazendo muita gente pensar. O que está acontecendo? O que nos espera para o outono? Essa gente vê governos em todo o mundo sincronizados fabricando a gravidade do coronavírus e falsificando as estatísticas das mortes por este. Ela vê manifestantes sendo organizados e pagos para reunirem-se em todos os Estados Unidos a fim de causarem estragos contraditórios em várias cidades. De onde vem essa avalanche de mentiras e contradições? E para onde isso está levando? E, sobretudo, quem está por trás do ataque coordenado contra a verdade, a lei e a ordem?

Em resposta à última pergunta, o princípio clássico é "Cui bono?", ou "A quem beneficia?". Dificilmente às pessoas que governam, que estão desacreditando-se a si mesmas por sua inepta torpeza em relação a tudo o que é real na crise do coronavírus, e por sua reação frequentemente fraca ao vazio real dos desordeiros. Dificilmente às pessoas governadas, que não gostam da perda real de suas vidas normais ou meios de subsistência. Não está claro então que alguém hostil igualmente aos governantes e governados deve estar manipulando a ambos? Mas quem tem o poder necessário para realizar tal manipulação? Os governantes podem ser subornados com dinheiro, especialmente se amam o dinheiro (alguns observadores dizem que os governos modernos são o melhor que o dinheiro pode comprar). E os povos governados podem ser conduzidos pelo nariz por homens da grande mídia igualmente comprados e com pouca preocupação com a verdade.

E se então observarmos que os homens do dinheiro em nosso mundo se ocuparam em comprar o controle dos meios de comunicação, nossos jornais e canais de televisão e, mais recentemente, nossas redes sociais? Esses homens do dinheiro, ou os “banksters”, banqueiros gangsters de nosso mundo, certamente têm o poder de ter manipulado o corona-pânico e os tumultos, em sincronia. Mas com que propósito? Os homens sempre perseguiram o dinheiro, em geral por todas as coisas que ele pode comprar, mas em particular por uma questão de poder. O orgulho ama o poder, o dinheiro alimenta o orgulho e o poder. E parece que agora, no ano de 2020, estamos sendo testemunhas de uma tomada de poder global sem precedentes, que se tornou possível pela tecnologia moderna.

O corona-pânico engendrado do outono de 2019 em diante possibilitou que os governos praticamente fechassem a economia de seus países e destruíssem uma infinidade de meios de vida e pequenas empresas. Mas isso não é um suicídio para os governos democráticos? Os “banksters” vão resgatá-los, criando do nada todo o dinheiro de que precisam para emprestá-lo, colocando os governos e as nações sob seu poder, já que o devedor está sob o poder do credor. Os “banksters” terão êxito na escravização de todo um mundo que tinha muito amor pelo dinheiro, e muito pouco amor pela verdade.

Se essas nações tivessem amado mais a verdade, teriam se levantado há muito tempo contra a torrente de mentiras que saiam da grande mídia e nunca teriam engolido o pacote de mentiras que cerca o coronavírus e suas máscaras circundantes, e o "distanciamento social". Se essas nações não tivessem amado tanto o dinheiro, nunca teriam permitido que os homens do dinheiro as subornassem para que aceitassem um sistema monetário baseado em uma variedade de enganos, especialmente o banco de reserva fracionária, que está culminando na escravidão da humanidade pelo puro engano do “dinheiro” fabricado com o simples fato de estampar cifras em um computador.

Então, e agora, o que pode ser feito? Já em 1973, Nossa Senhora disse em Akita, no Japão: “Só eu posso ajudá-los agora”. E disse: “Rezem o Rosário pelo Papa, pelos Bispos e padres”. Para obterem detalhes sobre uma peregrinação de fim de semana para rezar exatamente como Ela pediu, entrem em contato com respicestellam2015@gmail.com. Será em Walsingham em Norfolk, Inglaterra, de 18 a 20 de setembro.

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXIII (683) – (15 de agosto de 2020)

ESTOURO DE ROSÁRIOS

osso mundo enfurecido está à beira da destruição.
O Rosário é nosso salva-vidas, para que não afundemos.

Quaisquer que sejam os acontecimentos que caiam sobre nós deste outono em diante, será essencial que todas as almas que têm a sorte de crer em Deus voltem a mente e o coração a Ele, porque Ele está no centro destes acontecimentos, e estes não podem ser compreendidos sem Ele. É por isso que a multidão de conservadores e liberais estão hoje "caminhando na escuridão". Só as almas com a Fé que “têm a luz da vida” (Jo. VIII, 12) podem ler o que está acontecendo.

Durante séculos, a chamada “civilização ocidental” afastou-se de Deus. No entanto, somente Ele pôde criar e criou a alma espiritual e racional, que é a única coisa que dá vida e livre-arbítrio a todo homem vivo, e isso Ele fez para permitir que o homem escolha ir para o Céu, se assim o desejar. Se um homem recusa esta oferta, merece somente ir para o inferno, que é o que de fato quis para afastar-se de Deus, porque morreu em um estado de revolta contra Ele. Assim, todas as almas da terra se dirigem o tempo todo para Deus ou se distanciam d’Ele, de acordo com a Sua justiça, temperada por Sua misericórdia, ambas de alcance infinito. No coração do ser ateu mais amargurado... está Deus.

E esse afastamento de Deus é do que trata a vida humana na terra, quer os homens o reconheçam ou o neguem. Atualmente, em 2020, Deus está tão fora de cena que, entre os homens, tanto Seus amigos como Seus inimigos podem estar mais inconscientes do que conscientes de serem assim, mas isso é o que são, e o que está impulsionando suas vidas. Aos amigos inconscientes chamamos “conservadores”, porque estão tentando conservar os últimos vestígios da cristandade, mais conhecida hoje como “civilização ocidental”. Aos inimigos inconscientes de Deus chamamos “liberais”, porque estão tentando libertar-se dos últimos vestígios dos Dez Mandamentos.

É a grandeza de Deus que dá aos conservadores sua força, incomparavelmente maior quando eles entendem isso e se voltam para Ele, mas bastante diminuída se querem ou tentam lutar por Ele sem Ele. É por isso que a política atual está constantemente deslocando-se para a esquerda, porque os conservadores têm cada vez menos de Deus neles, ou para lutar. Isso significa um inimigo cada vez mais fraco frente aos liberais, que fazem uma cruzada com fanatismo religioso por sua Nova Ordem Mundial sem Deus. É somente porque Deus está implicado que o choque entre conservadores e liberais nos Estados Unidos está à beira de tornar-se uma guerra civil, à beira de separar a nação.

As coisas chegaram tão longe que, já em 1973, Nossa Senhora disse em Akita, Japão: “Só eu posso ajudá-los agora”. Ali ela também disse: “Rezem o Rosário pelo Papa, pelos Bispos e pelos sacerdotes”. De fato, o coração do problema nacional e internacional de hoje reside na Igreja Católica, porque o único e verdadeiro Deus tem somente uma instituição na terra que Ele mesmo instituiu para levar os homens ao Seu Céu, que é a Igreja Católica. O mundo não estaria imerso no terrível problema em que se encontra atualmente se os agentes da Nova Ordem Mundial não tivessem conseguido infiltrar-se e paralisar a Igreja Católica no Concílio Vaticano II, realizado na década de 1960.

É por isso que estes “Comentários” não podem crer em nenhum tipo de ação bem intencionada, mas inadequada, para salvar a Igreja ou o mundo, nem promover tal coisa, mas eles acreditam em, e podem promover, um “Estouro de Rosários” por realizar-se no próximo mês, entre sexta e domingo, de 18 a 20 de setembro, no principal santuário de Nossa Senhora na Inglaterra, em Walsingham, em Norfolk, a ca. de quarenta e três quilômetros da cidade de Norwich. Que qualquer pessoa interessada em realmente ajudar a resolver os problemas da Igreja e do mundo entre em contato com respicestellam2015@gmail.com para participar da oração de cinco Rosários completos em cerca de 40 horas. Mãe de Deus, ajudai!

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

domingo, 20 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXII (682) – (8 de agosto de 2020)

PAPA DE DREXEL

O Papa liberal tinha garras de falcão –
Ele queria que Lefebvre grasnasse.

Originalmente, este último dos quatro números dos “Comentários Eleison” que foram extraídos do livreto do Pe Drexel: A fé é maior do que a obediência, argumentaria em favor da posição do livreto, segundo a qual o Papa Paulo VI teria tido boas intenções quando, estando à frente da Igreja Católica entre 1963 e 1965, presidiu o Concílio Vaticano II, e promoveu sua mudança revolucionária da Igreja. É claro que as intenções humanas são segredo de Deus, o único que pode conhecê-las infalivelmente, mas Nosso Senhor nos diz que devemos julgar a árvore por seus frutos, e é aqui que está a deficiência de Paulo VI. Já se passaram 55 anos desde o fim do Concílio, e seus frutos se mostraram desastrosos para o catolicismo em todo sentido justo da palavra.

Portanto, entre as muitas coisas excelentes contidas nas Mensagens do Pe. Drexel dos anos de 1970 que aparecem em A fé é maior do que a obediência, é difícil incluir seu retrato de Paulo VI. Ei-lo aqui, em resumo.

Paulo VI amava a Igreja – 3-XII-71- Ele sente dor e tristeza pelas almas consagradas que se voltam da Igreja para o mundo. 4-VIII-72- Ele é abandonado por muitos que poderiam tê-lo apoiado com vigor e lealdade. Com lágrimas e suor ele luta para salvar a Igreja, sofre pelos padres infiéis, sofre ainda mais pelos Bispos mais interessados ​​em seu conforto do que em cuidar da fé ou das almas. 1-VIII-75- Ele está sendo oprimido por falsos conselheiros. 7-IV-72- Ele está ficando mais solitário, e aqueles que lhe são leais são perseguidos. 5-VII-74- Ele reza, sacrifica-se e sofre constantemente, mas muitos abandonam a fé. 7-XI-75- Nunca houve tantos sacrilégios como desde a Nova Missa, mas Meu representante visível não tem culpa por isso. A sua vontade é a participação interior no santo sacrifício, na reverência e no amor [...] são os sacerdotes que pecam dessa maneira e agem contrariamente à palavra e à obra do sucessor de Pedro.

Observe em particular a última dessas referências, de novembro de 1975. A afirmação categórica de que o Papa não teve nenhuma responsabilidade pelos múltiplos sacrilégios que vieram com a Nova Missa não pode ser verdadeira, por melhores que tenham sido suas intenções. “O caminho para o Inferno está pavimentado de boas intenções”, porque os homens são falíveis, cometem erros e nem sempre o que pretendem é o que conseguem. Porém, tão logo uma boa intenção tenha um resultado ruim, então se eles realmente pretendem alcançar o bom resultado, mudarão o que estava produzindo o mau resultado. Mas na década de 1970 o Papa Paulo mudou pouco ou nada de sua revolução liberal da década de 1960, e, pelo contrário, ele fez tudo que estava ao seu alcance para esmagar a contrarrevolução do Arcebispo Lefebvre de dentro da Igreja. Portanto, a verdadeira intenção do Papa não era "a participação interior no santo sacrifício", mas a adaptação da Igreja Católica ao mundo moderno, um realinhamento para o qual o Arcebispo era um obstáculo inaceitável.

Como disse o Arcebispo, o Papa Paulo era um católico liberal; em outras palavras, um homem profundamente dividido entre dois amores irreconciliáveis: seu verdadeiro amor à Igreja por sua fé católica, e seu falso amor ao mundo moderno por seu liberalismo. Dentro de qualquer homem, esses dois amores devem lutar entre si até a morte. Dentro de Paulo VI, o catolicismo não morreria, então no final de sua vida ele chorou pela perda das vocações sacerdotais, mas seu liberalismo era mais profundo. Era intelectual, ideológico e implacável. Ai de qualquer um que se colocasse em seu caminho. Então, de repente, a pomba liberal mostrava suas garras, que eram as de um falcão. Assim era Paulo VI. Em comparação com seu liberalismo, sua fé era sentimental. Daí seu Concílio e sua Missa.

E onde fica o Pe Drexel? Quando o Céu se serve de um mensageiro humano, ele o deixa com seu livre arbítrio e com sua personalidade. As mulheres e as crianças são os mensageiros mais dóceis, os mais completamente fiéis à mensagem que lhes é confiada, mas os homens… Muitos homens têm lutado para alcançar seus pontos de vista sobre a vida, e estes podem conscientemente ou mesmo inconscientemente colorir qualquer mensagem do Céu ou da terra que passe por eles. Muito possivelmente, Nosso Senhor falou com o Pe. Drexel desde a década de 1920 até sua morte em 1977. É bastante possível que a própria solução do Pe. Drexel para o agonizante problema colocado pelo Papa Paulo fosse a solução adotada por muitos católicos piedosos após o Concílio: o Papa tem boas intenções, são os Bispos que são o verdadeiro problema. Infelizmente, assim como hoje em dia, os Bispos eram um problema, mas o Papa também o era.

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

sábado, 19 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXXI (681) – (1o de agosto de 2020)

 OS BISPOS DE DREXEL

Crisóstomo disse – ele queria que as almas se salvassem –,
“O chão do inferno está pavimentado com crânios de Bispos”.

Havendo-nos recordado na semana passada (CE de 25 de julho de 2020) de quão bem as Mensagens do Pe. Drexel dos anos de 1970, a Fé é maior do que a Obediência, ainda se encaixam na situação dos católicos nos anos de 2020, vamos ver qual perspectiva essas mensagens assumiram do pivô da Igreja entre o Papa e os padres, ou seja, os Bispos. Essas Mensagens são muito severas com o clero que virtualmente abandonou seus rebanhos na esteira do Vaticano II, especialmente com os Bispos que entregaram suas responsabilidades, que lhes haviam sido dadas por Deus, às Conferências Episcopais feitas pelo homem (ver abaixo em 5 de julho de 1974. Dois anos mais tarde o Arcebispo Lefebvre seria "odiado e ridicularizado")...

3 de dezembro de 71. Mas a maior dor para o Meu Coração foi causada por aqueles que deveriam pastorear os fiéis – e estes são os Bispos, que se tornaram silenciosos, indiferentes e covardes. Não somente alguns poucos, mas muitos deles têm medo dos homens, e se distanciaram do temor de Deus. Esta é a razão pela qual os lobos puderam infiltrar-se no rebanho, causando tanta confusão, devastação e destruição à Igreja. De fato, eles tentam destroçar e destruir a pedra de Minha Igreja, e milhões de almas, de almas imortais, estão perdendo-se. Por essas almas, esses pastores apóstatas e Bispos tíbios devem prestar contas diante do Meu juízo eterno! Uma vez eu chorei por Jerusalém e pelo povo desta cidade, e por seus sacerdotes e sumos sacerdotes; mas ainda assim o pecado deles não foi tão grande quanto o pecado daqueles que, na Igreja de hoje, em vez de serem líderes se tornam sedutores, em vez de pastores se tornam mercenários, em vez de conselheiros se tornam traidores. Mas também existem verdadeiros pastores de almas e Bispos vigilantes, que permanecem com firmeza e caridade ao lado do sucessor de Pedro.

4 de agosto de 72. Enquanto meu filho Paulo [...] recebe com grande tristeza as notícias sobre os padres que abandonam seus rebanhos, sua vocação e seu ofício, e ele suplica por esses fugitivos e pusilânimes, sua tristeza, no entanto, é maior pelos muitos pastores (Bispos) que, em virtude de seu ofício e de sua vocação, são obrigados a ajudar com clareza e firmeza a cabeça, o líder e pai de todos os fiéis, e a respeitar suas instruções, mas, em vez disso, levam uma vida confortável e, devido à preguiça e à covardia, omitem a vigilância em suas paróquias, e não cuidam da fé com uma grande e rigorosa atenção à manutenção da disciplina e à preservação da fé.

1º de dezembro de 72. Muitos dos fiéis anseiam por um bom pastor. Sim, os Bispos têm sido chamados e designados como pastores. Mas tornaram-se mercenários e lobos, porque abandonaram o caminho da lealdade. As almas que lhes foram confiadas um dia testemunharão contra eles no Juízo.

5 de julho de 74. A angústia das almas clama ao céu; enquanto isso, pessoas sem vocação tomam o poder na Igreja e nas reuniões, e tudo isso acontece por culpa dos Bispos, que não as impedem e não estabelecem limites.

1 de novembro de 74. Considera: Uma grande confusão atingiu minha única e verdadeira Igreja. Livros cheios de declarações falsas e heresias são aceitos pelos Bispos, que deveriam ser pastores, enquanto os escritos que dizem a verdade são rechaçados pelos representantes da Igreja; tão grande se tornou a confusão!

7 de fevereiro de 75. Alguns dos pastores e guardiões que foram ungidos (...) abandonaram a fé e dão liberdade às heresias. (...) Ah, que todos esses pastores entendam a responsabilidade que eles carregam e o quanto ela aumenta sobre eles, porque aqueles que ainda creem e rezam não encontram mais proteção.

2 de julho de 76. Por que não há guardiões que protejam mais a fé e, por conseguinte, os fiéis, os jovens e as crianças de terem suas almas assassinadas? Mas aqueles que se levantam contra os danos da fé são perseguidos, e suas graves e pesadas penas estão expostas ao ódio e ao ridículo.

Kyrie eleison.


Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Comentários Eleison – por Dom Williamson Número DCLXXX (680) – (25 de julho de 2020)

A CRISE SEGUNDO DREXEL

A nova ordem mundial? Que faça o pior.
Os católicos só precisam de uma coisa: colocar Deus em primeiro lugar.

Nos anos 70, quando Nosso Senhor (como se pode crer) deu ao sacerdote e professor austríaco Pe. Albert Drexel as Mensagens contidas no livreto A Fé é Maior que a Obediência, a Tradição Católica ainda estava profundamente desacreditada por causa do Vaticano II. Os católicos simplesmente não podiam crer que haviam sido tão traídos por seus próprios sacerdotes. Somente muitos anos depois a Tradição começaria a recuperar a primazia que lhe era devida na Igreja de Nosso Senhor. Como primeira parte de uma série breve destes “Comentários” extraídos das Mensagens, seguem algumas citações para mostrar como eram relevantes, e ainda são, para o drama atual e sem precedentes da Igreja.

4 de setembro de 1970.

O número de fiéis se tornará pequeno, mas sua intrépida profissão de fé brilhará como uma luz no mundo, e será abençoada pelo poder e pela graça da Santíssima Trindade. O sacrifício eucarístico será celebrado em casas particulares, em lugares onde o templo de Deus foi profanado.

6 de novembro de 1970.

Entre os rebeldes, pode-se encontrar mais e mais servos consagrados da Igreja. Estes são os que se fazem culpados do pecado de Judas, que Me deu com seu beijo não o amor, mas a maior dor. E por causa dos pastores (Bispos) que foram designados para seu ofício mas ficaram fracos, os verdadeiros fiéis precisam complementar com suas orações, com suas lutas e com seus sofrimentos o que esses sacerdotes negligenciaram e perderam. Portanto, olho com grande compaixão as pessoas que rezam e as almas vítimas. O sofrimento delas é grande em seus corações, mas magnífico e belo será o amor que as espera no limiar da eternidade.

4 de junho de 1971.

Inúmeras pessoas se afastarão da Minha única e verdadeira Igreja, porque perderam a fé no Deus Trino, e foram enganadas e cegadas por sacerdotes e professores iníquos. Esses orgulhosos e desleais falam de uma religião sem o sobrenatural, sem mistério e sem oração. Eles falam somente do homem, e não mais de Deus! Eles viram a caridade de ponta-cabeça, e dão a primazia ao amor ao próximo, mas esquecem, perdem e negam o amor a Deus com uma presunção escandalosa. Tentam fundar uma Nova Igreja, na qual o mundo e o homem signifiquem tudo – e Deus e o Céu não signifiquem nada.

7 de julho de 1972.

Aqueles que são fiéis e leais à graça deveriam ficar tristes com isso? É verdade que Eu mesmo chorei por Jerusalém, porque seus habitantes rejeitaram a Minha graça. Contudo, é Minha vontade e a do Pai que os filhos da fé sejam alegres, como São Francisco, que louvou o Céu com seu cântico do sol, ou felizes como a jovem Santa Teresinha, que se encheu de amor por Mim, caminhou feliz e sorridente pelo jardim da criação.

4 de maio de 1973.

Inúmeras pessoas da Igreja cujos nomes constam nos registros paroquiais, perderam a noção do que é Sagrado e de quem são os Santos. Os sacerdotes consagrados ao serviço do altar e das almas se voltam para o mundo, esquecem e desprezam os mandamentos de Deus, e rendem homenagem a um espírito perigoso do mundo. Mais e mais pessoas caem sob a atração de uma corrupção moral, que São João chama a “prostituta da Babilônia” no Apocalipse. O que meu sucessor visível em Roma disse sobre a desintegração e dissolução da fé na Igreja é sua queixa e acusação.

7 de dezembro de 1973.

A oração dos fiéis triunfará sobre as conversas e reuniões daqueles que são frios na fé. No entanto, os fiéis a Deus ainda seguem sofrendo, mas devem saber e considerar que os sacrifícios de seu sofrimento estão trazendo bênçãos à Igreja. Aqueles que sofrem desse modo compartilharão comigo a glorificação eterna e o amor do Meu coração.

Kyrie eleison.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo.