quarta-feira, 11 de maio de 2022

11 de maio dia de São Filipe e São Tiago, Apostolos.

11/05 Quarta-feira
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Vermelhos 
 
São Felipe era natural de Betsaida, na Galiléia. Deus Nosso Senhor chamou-o aos apostolado no mesmo dia em que São Pedro e Santo André. Obedecendo à voz do Divino Mestre, tornou-se Apóstolo. Segundo Clemente de Alexandria, teria sido Felipe aquele Apóstolo que pediu ao Divino Mestre licença para sepultar o pai, e de Nosso Senhor recebeu a resposta: "Segue-me e deixa os mortos sepultarem os mortos". Tendo conhecido de perto a Nosso Senhor Jesus Cristo, convidou também Natanael a associar-se ao Messias. Três dias depois, acompanhou Nosso Senhor às bodas de Caná. Decorrido um ano, foi recebido entre os Apóstolos. Foi Felipe a quem, no dia da multiplicação dos pães, perguntou Nosso Senhor Jesus Cristo onde havia de arranjar comida para tanta gente. Certa ocasião, em que vieram alguns pagãos para ver Nosso Senhor Jesus Cristo, foram Felipe e André que os apresentaram ao Divino Mestre. Quando Nosso Senhor Jesus Cristo , no discurso da despedida, repetidas vezes se referiu ao nome do Eterno Pai, pediu-lhe Felipe que lhes mostrasse o Pai, e Nosso Senhor Jesus Cristo respondeu-lhe: "Felipe, quem vê a mim, vê ao Pai".Reza mais a história que Felipe foi crucificado em Hirápolis, lapidado. A morte deste Apóstolo não deve ter caído antes do ano 80, porque foi neste ano, que seu discípulo, São Policarpo, se converteu à religião de Cristo.


São Tiago, cognominado o Menor, recebeu, devido à grande santidade, o título de Justo. São Paulo chama-o "irmão de Nosso Senhor Jesus Cristo", por causa do parentesco próximo com Nosso Senhor Jesus Cristo. Era filho de Alfeu e Maria. Era irmão do Apóstolo Judas Tadeu e de Simão, o Zelador. Chamado por Nosso Senhor Jesus Cristo, no segundo ano de sua vida pública, Tiago com o irmão Tadeu, foi incorporado ao Colégio dos Apóstolos. Bem poucas vezes encontramos o nome deste Apóstolo nas narrações evangélicas. De quão alta estima gozava da parte de Nosso Senhor Cristo, prova é ter Nosso Senhor Jesus Cristo distinguido a São Tiago, com uma aparição particular depois da gloriosa Ressurreição. Antes de subir ao céu, Nosso Senhor Jesus Cristo deu ao Apóstolo o Dom da ciência, como recompensa de sua santidade. Segundo São Jerônimo e Epifânio, Nosso Senhor Jesus Cristo, antes de subir ao céu, teria recomendado a São Tiago a Igreja de Jerusalém. Certamente por esse motivo os Apóstolos, antes da separação, deixaram São Tiago como primeiro Bispo de Jerusalém. Santo Epifânio elogia em São Tiago a grande pureza, vivendo extraordinariamente uma vida santa e austera. A após a morte do governador Festo e o do Sumo Sacerdote Anás, os cristãos foram duramente perseguidos pelos judeus, tendo São Tiago sido martirizado pelo conselho após testemunhar a verdadeira fé. Tal aconteceu em 10 de abril do ano 62, quando tinha 96 anos. Suas últimas palavras foram: "Pai, perdoai-lhes, porque não sabem o que fazem". O corpo foi sepultado no lugar do martírio e, após oito anos, Jerusalém foi destruída. Os Judeus reconheceram nisso o castigo de Deus, tendo o corpo em 572 sido transferido para Constantinopla, e hoje se encontra na Igreja "Dodeci Apostoli", em Roma.

Intróito/Neh. vel 2 Esdr. 9, 27.
No tempo da sua aflição clamaram a ti, e tu os ouviste do céu, aleluia, aleluia.
Sal. 32, 1.Os justos exultam no Senhor: aos corações retos é o seu louvor.
V/. Glória Patri.

Coleta
Deus que nos regozijais na solenidade anual dos vossos Apóstolos Filipe e Tiago; fazei, rogamos-vos, que sejamos instruídos pelos exemplos daqueles cujos méritos nos enchem de alegria.

Leitura da Epístola da

Sabedoria 5,1-5
1 Então, com grande confiança, o justo se levantará em face dos que o perseguiram e zombaram dos seus males aqui embaixo. 2 Diante de sua vista serão presos de grande temor e tomados de assombro ao vê-lo salvo contra sua expectativa; 3 tocados de arrependimento, dirão entre si, e, gemendo na angústia de sua alma, dirão: 4 Ei-lo, aquele de quem outrora escarnecemos, e a quem loucamente cobrimos de insultos! Considerávamos sua vida como uma loucura, e sua morte como uma vergonha. 5 Como, pois, é ele do número dos filhos de Deus, e como está seu lugar entre os santos?

Aleluia, aleluia. V/. Sal. 88, 6. Confitebúntur cæli mirabília tua, Dómine: etenim veritátem tuam in ecclésia sanctórum. Aleluia, aleluia. V/. Os céus anunciarão as tuas maravilhas, Senhor, e a tua verdade na assembléia dos santos.
Aleluia. V/. Ioann. 14, 9. Tanto témpore vobíscum sum, et non cognovístis me? Philíppe, que me videt, videt e Patrem meum. Aleluia. Aleluia. V/. Estou com você há tanto tempo, e você não me conhece? Filipe, quem me vê, também vê meu Pai.

Sequência do Santo Evangelho

São João 14,1-13

1 Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. 2 Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar. 3 Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais. 4 E vós conheceis o caminho para ir aonde vou. 5 Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho? 6 Jesus lhe respondeu: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. 7 Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto. 8 Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta. 9 Respondeu Jesus: Há tanto tempo que estou convosco e não me conheceste, Filipe! Aquele que me viu, viu também o Pai. Como, pois, dizes: Mostra-nos o Pai... 10 Não credes que estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é que realiza as suas próprias obras. 11 Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa destas obras. 12 Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. 13 E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho

Ofertório/Sal. 88, 6.
Os céus publicarão tuas maravilhas, Senhor, e tua verdade na assembléia dos santos, aleluia, aleluia.

Secreta
Receba favoravelmente, Senhor, os dons que oferecemos na solenidade de seus apóstolos Filipe e Tiago: e desvie de nós todos os males que merecemos.

Prefatio de Apostolis. Prefácio dos Apóstolos [ * ].

Comunhão/João14, 9 e 10.
Estou com você há tanto tempo, e você não me conhece? Filipe, quem me vê, também vê meu Pai, aleluia: você não acredita que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? Aleluia, aleluia.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Cheios de participação nestes mistérios da salvação, pedimos-te, Senhor, que sejas ajudado pelas orações daqueles cuja solenidade celebramos.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário