segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

06 de dezembro dia de São Nicolau, Bispo e Confessor.

06/12 Segunda-feira
Festa de Terça Classe
Paramentos Roxos

      São Nicolau(significa vitória) de Mira, dito Taumaturgo da cidade de Patras, na Ásia Menor (Turquia), onde teria nascido na segunda metade do século III,de pais santos e ricos,o pai, Epifânio, e a mãe, Joana, geraram-no na primeira flor da juventude e viveram a partir de então em continência, levando uma vida de celibatários.
   São Nicolau de Bari como é conhecido,participou do Concílio de Nicéia.
Sob o império de Diocleciano, Nicolau foi encarcerado por recusar-se a negar sua Fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. Após a subida ao poder de Constantino, Nicolau volta a enfrentar oposição, desta vez da própria Igreja.  Diante de um debate com outros líderes eclesiásticos.
   Nicolau, porém, não se dá por vencido e permanece atuante, prestando auxílio e a promover o bem estar das crianças e de suas mães através da educação, tanto secular quanto espiritual.  Muitos milagres são narrados em que a intercessão de São Nicolau beneficia antes as crianças. e outros necessitados.
    A ele foram atribuídos vários milagres, sendo daí proveniente sua popularidade em toda a Europa e sua designação como protetor dos marinheiros e comerciantes, santo casamenteiro e, principalmente, amigo das crianças, que ia de casa em casa repartindo presentes e doces às crianças. De São Nicolau escreveram muito belamente São João Crisóstomo e outros grandes Santos, mas sua biografia foi escrita pelo Arcebispo de Constantinopla, São Metodio.
   Entregou sua alma Deus no dia 6 de dezembro de 342.É o santo padroeiro da Rússia, da Grécia e da Noruega. É o patrono dos guardas noturnos na Armênia e dos coroinhas na cidade de Bari, na Itália, onde estariam sepultados seus restos.
   A principal história de sua vida, que foi responsável pelo vinculação de sua imagem à de papai noel, diz respeito à desventura de um vizinho seu, nobre, mas falido, que estava em vias de prostituir as filhas (ele tinha três). Nicolau apiedou-se da situação da família e jogou um saco de moedas pela janela da casa do homem, que pôde casar sua filha mais velha (naquela época, as mulheres precisavam pagar um dote á família do noivo para poderem se casar).  O mesmo sucedeu com as outras duas, sendo Nicolau denunciado apenas na terceira vez, porque jogou uma quantia de dinheiro tão grande que o barulho assustou o dono da casa, que saiu em seu encalço e beijou-lhe os pés.

Intróito/Eclesiástico 45,30; Salmo 131,1.
Senhor fez com ele uma aliança de paz, e constitui-o principe, a fim de nele permanecer para sempre a dignidade do sarcerdócio. SL. Lembrai-Vos, Senhor, de Davi e de sua grande humildade.V.Gloria Patri.

Coleta
Senhor, que Vos dignastes ilustrar, com milagres sem conta, ao bem-aventurado pontífice São Nicolau, fazei, Vo-lo suplicamos, que em atenção a seus méritos e preces sejamos preservados do fogo do inferno.Por Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Leitura da Epístola

Hebreus 13,7-17
7 Lembrai-vos de vossos guias que vos pregaram a palavra de Deus. Considerai como souberam encerrar a carreira. E imitai-lhes a fé. 8 Jesus Cristo é sempre o mesmo: ontem, hoje e por toda a eternidade. 9 Não vos deixeis desviar pela diversidade de doutrinas estranhas. É muito melhor fortificar a alma pela graça do que por alimentos que nenhum proveito trazem aos que a eles se entregam. 10 Temos um altar do qual não têm direito de comer os que se empregam no serviço do tabernáculo (mosaico). 11 Porque, quando o sumo sacerdote levava ao santuário o sangue dos animais imolados para a expiação do pecado, os corpos desses animais eram inteiramente consumidos fora da entrada. 12 Por esta razão, Jesus, querendo purificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora das portas. 13 Saiamos, pois, a ele fora da entrada, levando a sua ignomínia. 14 Aliás, não temos aqui cidade permanente, mas vamos em busca da futura. 15 Por ele ofereçamos a Deus sem cessar sacrifícios de louvor, isto é, o fruto dos lábios que celebram o seu nome (Os 14,2). 16 Não negligencieis a beneficência e a liberalidade. Estes são sacrifícios que agradam a Deus! 17 Sede submissos e obedecei aos que vos guiam (pois eles velam por vossas almas e delas devem dar conta). Assim, eles o farão com alegria, e não a gemer, que isto vos seria funesto.

Gradual/ Sl. 88, 21-23
Encontrei Davi, meu servo, e ungi-o com meu óleio santo; auxiliá-lo-ei com o poder da minha mão e o meu braço será o seu arrimo,V. O inimigo nada poderá com ele nem o espirito da iniquidade lhe há-de causar dano.
 
Aleluia, aleluia/v. Sl. 91, 13.
V. Justo Florescerá como a palmeira e elevar-se como o cedro do Líbano. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho segundo
    
São Mateus 25,14-23

14 Será também como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens. 15 A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu. 16 Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco. 17 Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois. 18 Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor. 19 Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas. 20 O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: - Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.' 21 Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. 22 O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: - Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei. 23 Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. 

Ofertório/ Sl. 88,25
A minha verdade e a minha misericórdia estarão com ele. E porque invocou o Meu Nome, será exaltado o seu poder.
 
Secreta
Dignai-vos santificar, Senhor, os dons que em memoria do santo São Nicolau, Bispo Vos oferecemos, e infundi-lhe a virtude de, na prosperidade ou nos reveses. procedermos sempre segundo a vossa lei,Por Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
Comunhão.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)
Sl.88, 36-28.– Por minha santidade jurei duma vez para sempre que a sua descendência verá dias eternos e que o seu trono brilhará diante de Mim como sol, e será como a lua que permanece eternamente, com o céu, imutável para sempre.

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
 
Depois da comunhão. 
– Que o sacrifício, Senhor, que recebemos, em memoria de vosso santo pontífice
São Nicolau, Bispo, seja nos seguro penhor da Vossa protecção. Por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário