segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

20 de dezembro dia de São Domingos de Silos, Abade.

20/12 Segunda-feira
Feria de Segunda Classe
Paramentos Roxos
http://2.bp.blogspot.com/_VsL8VkjSZWw/TQ63xxmVH0I/AAAAAAAAPrg/HkIE5Za1dnc/s512/Santo_Domingo_de_Silos_(Bartolom%C3%A9_Bermejo).jpg
  São Domingos de Silos nasceu em Canhas, pequena cidade da Rioja, Espanha, no ano 1000 em Navarra, Espanha, no seio de uma família pobre e cristã. Quando menino foi pastor de ovelhas, e já se mostrava bondoso ao extremo, oferecendo leite de ovelha para alimentar os caminhantes pobres. Ao mesmo tempo gostava muito de estudar, motivo que levou seus pais a entrega-lo ao padre da paróquia onde moravam.É historicamente reconhecida a influência das ordens religiosas na formação da sociedade européia na Idade Média.O maior defensor dos valores monásticos tenha sido o religioso Domingos de Silos, que valorizava nos mosteiros o ensino não só da agricultura como dos demais ofícios e artes. 
         Criara uma escola ao lado da igreja, saiu-se tão bem, que o padre quis ordená-lo sacerdote. Antes disso, Domingos resolveu experimentar a vida de eremita na mais completa solidão há quase 18 anos, quando resolveu procurar Santo Emiliano e tornou-se noviço. para depois, enfim, entrar num convento beneditino. Ali descobriu sua verdadeira vocação, pois logo se tornou exemplo para os demais monges. Quando completou trinta anos, foi encarregado de restaurar e reabrir o mosteiro de Santa Maria há muito tempo fechado. Para isso tornou-se esmoleiro, trabalhou como operário, fez de tudo um pouco para conseguir recursos e poder receber os candidatos à vida monástica. A surpresa veio, quando entre eles estava seu próprio pai, além de alguns parentes.
erminada essa obra foi convidado a ser o abade do mosteiro de São Willian de la Cogola. Foi perseguido, porém, pelo príncipe de Navarra, que tinha a intenção de se apossar dos bens do convento. Assim, teve de se refugiar em Castela. Ali recebeu com prazer a missão de reavivar o mosteiro de São Sebastião de Silos, em Burgos, quase desabitado e em decadência total. Domingos foi abade do mosteiro por mais de trinta anos, sendo considerado seu novo fundador. Imprimiu espírito novo, atividade intensa e fecunda, tornando-o um centro de cultura e cenáculo de evangelização. erminada essa obra foi convidado a ser o abade do mosteiro de São Willian de la Cogola. Foi perseguido, porém, pelo príncipe de Navarra, que tinha a intenção de se apossar dos bens do convento. Assim, teve de se refugiar em Castela. Ali recebeu com prazer a missão de reavivar o mosteiro de São Sebastião de Silos, em Burgos, quase desabitado e em decadência total. Domingos foi abade do mosteiro por mais de trinta anos, sendo considerado seu novo fundador. Imprimiu espírito novo, atividade intensa e fecunda, tornando-o um centro de cultura e cenáculo de evangelização.Ao final da vida, era chamado de "apóstolo de Castela". Previu a data da própria morte que ocorreu a 20 de dezembro de 1073.
Após longos anos de boas obras, Domingos sentiu aproximar-se o momento da recompensa, sendo mesmo avisado pela Santíssima Virgem Maria: “Eu passei a noite inteira com a Rainha dos Anjos, disse ele um dia a seus confrades religiosos; Ela me convidou a estar ao lado dela dentro de três dias; então, logo irei ao festim celeste ao qual Ela me convidou.” De fato, ele caiu doente por três dias; seus irmãos viram sua alma subir gloriosa aos Céus.    O abade de Silos faleceu a 20 de dezembro de 1073, entre os seus numerosos filhos espirituais e assistido pelo Bispo de Burgos. Foi sepultado no claustro.São Domingos amado pelo povo e respeitado por reis e rainhas, operou em vida e também depois da morte muitos milagres, os quais provaram com clareza o quanto se encontra no Céu tão íntimo, quanto buscava ser aqui na terra. Em 1076, o Bispo de Burgos transferiu o corpo de São Domingos para a igreja de São Sebastião. E a abadia foi perdendo pouco a pouco o nome de São Sebastião para adotar o de  São Domingos. Festejado nesse dia pela Igreja como Santo Domingos de Silos, a sua popularidade é muito vasta. Depois de sua morte, o nome do Abade foi impresso na História da Espanha, ao lado de "el Cid Campeador" o libertador do povo espanhol dos invasores infiéis.

 de Deus.7Dizia, pois, ao povo que vinha para ser batizado por ele: Raça de víboras! Quem vos ensinou a fugir da ira iminente?8Fazei, pois, uma conversão realmente frutuosa e não comeceis a dizer: Temos Abraão por pai. Pois vos digo: Deus tem poder para destas pedras suscitar filhos a Abraão.9O machado já está posto à raiz das árvores. E toda árvore que não der fruto bom será cortada e lançada ao fogo.10Perguntava-lhe a multidão: Que devemos fazer?11Ele respondia: Quem tem duas túnicas dê uma ao que não tem; e quem tem o que comer, faça o mesmo.12Também publicanos vieram para ser batizados, e perguntaram-lhe: Mestre, que devemos fazer?13Ele lhes respondeu: Não exijais mais do que vos foi ordenado.14Do mesmo modo, os soldados lhe perguntavam: E nós, que devemos fazer? Respondeu-lhes: Não pratiqueis violência nem defraudeis a ninguém, e contentai-vos com o vosso soldo.15Ora, como o povo estivesse na expectativa, e como todos perguntassem em seus corações se talvez João fosse o Cristo,16ele tomou a palavra, dizendo a todos: Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não sou digno de lhe desatar a correia das sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo.

Intróito/ Is. 45, 8 Ps. 18, 2

S.:Derramai, ó Céus, despeje o seu orvalho; deixe as nuvens descerem para a salvação! Que a terra se abra e dê à luz o Salvador. Sl.:  Os céus cantam a glória de Deus: e o Firmamento sólido proclama o poder da obras de suas mãos. Gloria Patri.

Coleta
Ouve, Senhor, o teu poder e vem: dá-nos a ajuda da tua força infinita e, com a ajuda da tua graça, a tua bondade indulgente concede-nos sem demora o que atrasam os nossos pecados. Vós que viveis e reinais.


Leitura da Epístola

Coríntios 4,1-5
Irmãos: Assim, que todos nos considerem como ministros de Cristo, e dispenseiros dos mistérios de Deus. Ora, o que se requer nos dispenseiros é que sejam fiéis. Quanto a mim, pouco me importa ser julgado por vós, ou em juízo humano; pois nem sequer a mim mesmo me julgo. É fato que a minha consciência de nada me acusa; todavia, nem por isso me dou por justificado, porque o Senhor é quem me julga. Portanto, não julgueis antes do tempo, até que venha o Senhor: Ele não só porá às claras o que se acha escondido nas trevas, mas também descobrirá os desígnios dos corações: e cada um receberá, então, de Deus, o louvor que merece.

Gradual/ Sl. 144, 18 e 21.
S.O Senhor está perto daqueles que invocam a ele, de todos os que oram a ele com verdade. V.:Que a minha voz anuncie os louvores do Senhor, que todos os que vivem cantem o seu santíssimo nome!

Aleluia, aleluia/
V. Venha, Senhor, não demore! Libere o seu povo Israel de seus pecados. Aleluia. 

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 3,1-6
No ano 15º do imperador Tibério César, sendo Pôncio Pilatos governador da Judeia; Herodes, Tetrarca da Galileia; Filipe, seu irmão, Tetrarca da Itureia e da província da Traconítida; e Lisânias, Tetrarca da Abilena; sendo Pontífices Anás e Caifás: o Senhor falou a João, filho de Zacarias, no deserto. Percorreu ele toda a zona do Jordão, pregando o batismo do arrependimento para a remissão dos pecados, como está escrito no livro dos oráculos do profeta Isaías: “Uma voz clama no deserto: Preparai os caminhos do Senhor, e endireitai as suas veredas: que todos os vales subam, e que todos os montes e colinas se abaixem; que os maus caminhos se tornem direitos, e que os escarpados se aplanem: e todo o homem verá a salvação de Deus.”

Ofertório/ Sl. Luc. 1, 28.
 S.:  Ave Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo. Você é abençoado entre as mulheres; e o fruto do seu ventre é abençoado.

Secreta
Lance, Senhor, um olhar sereno sobre o sacrifício que tu nos apresentas; que ele nos ligue a você e assegure nossa salvação. Amém.
 
Prefácio da Santíssima Trindade(Missal) na semana o prefacio é comum 
 
Comunhão/ Is. 7, 14.
E eis que a Virgem se tornará mãe e dará à luz um filho: ele receberá o nome de Emanuel..(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
–Depois de termos recebido os teus dons, Senhor, te pedimos que faças aumentar as graças da salvação em nossas almas, recorrendo a este sacramento.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário