sábado, 6 de agosto de 2022

06 de agosto dia da Transfiguração de Nosso Senhor

06/08 Sábado Transfiguração de Nosso Senhor
Festa de Segunda Classe
Paramentos Brancos
Transfiguração – mudança que alguém sofre na figura ou forma, conversão de uma figura noutra.  Estado glorioso de Jesus Cristo no Monte Tambor (São Mateus 17, 1-9).
São Xisto II(Pontificado: 257 a 258) ,Papa.




São Xisto era de origem grega e  foi ordenado bispo de Roma no ano 257. Foi sucessor de Santo Estevão no Primado Papal. Este, por sua vez,  foi sucessor de São Lúcio.  Ambos  foram martirizados pela intensa perseguição feita pelo imperador  Valeriano.   Ao assumir o trono pontifício, São Xisto sabia que  as coisas  não iriam  ser diferentes, como de fato não o foram.  A perseguição implacável de  Valeriano já veio no ano seguinte à posse de São Xisto.  Celebrava a sagrada  liturgia na catacumba de Calisto quando foi preso pelos  soldados, por ordem do imperador. Nesta ocasião, também quatro dos  seus  diáconos foram levados, sendo todos executados imediatamente. Recebeu sepultura no mesmo cemitério onde deu-se  sua  última celebração

Santos Felicíssimo e Agapito, Mártires.  


Os diáconos Agapito, Felicíssimo, Janeiro, Magno, Vicente e Estevão, São Xisto II foi morto durante a perseguição de Valeriano. O culto dos cristãos fora proibido, passando a ser celebrado na clandestinidade. São Xisto e seus companheiros foram surpreendidos durante uma cerimônia clandestina no cemitério da via Ápia. Presos, foram martirizados.

São Dâmaso compôs-lhe esta elegia:     
                                                                                                        
Vede, este túmulo conserva os membros celestes dos santos que arrebatou num instante a corte do céu. Os companheiros da sua (de São Xisto II) cruz invencível, ao mesmo tempo que os seus diáconos, partilhando o mérito e a fé de quem tinham por chefe, entraram nas moradas do Alto e no reino dos eleitos. O povo de Roma sente-se feliz e orgulhoso de que eles tenham merecido triunfar com Cristo sob o comando de São Xisto. A Felicíssimo e a Agapito, aos santos mártires, Dâmaso, bispo.   

Intróito/Sal. 76, 19.
Seus relâmpagos iluminaram o mundo: a terra tremeu e virou de cabeça para baixo.
Sal. 83, 2-3.Quão formosos são os teus tabernáculos, Senhor dos Exércitos! Minha alma anseia e anseia pelas cortes do Senhor.
V/. Glória Patri.

Coleta
Deus, tu confirmaste os mistérios da fé na gloriosa Transfiguração de teu Filho único, pelo testemunho dos antigos pais, e, pela voz que fizeste ouvir na nuvem luminosa, nos marcaste com a graça do adoção perfeita: faça-nos, por meio de sua misericórdia, co-herdeiros deste mesmo Rei da glória e participantes desta mesma glória.

Comemorou Ss. Xysti II Papæ, Felicissimi e Agapiti Mm.:E recordamos São Sisto, Papa, e Santos Félicissime e Agapit, Mártir:
Oratio.Deus, qui nos concede sanctórum Mártyrum tuórum Xysti, Felicíssimi e Agapíti natalítia cólere: da nobis in ætérna beatitúdine de eórum societáte gaudére. Por Dominum. Deus, você nos concede a graça de honrar o nascimento no céu de seus santos mártires Sixtus, Felicissimo e Agapit: conceda-nos o gozo de sua sociedade na eternidade abençoada.

Leitura da Epístola dos 

II São Pedro 1,16-19      
16.Na realidade, não é baseando-nos em hábeis fábulas imaginadas que nós vos temos feito conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, mas  por termos visto a sua majestade com nossos próprios olhos.17.Porque ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando do seio da glória magnífica lhe foi dirigida esta voz: Este é o meu Filho muito amado, em quem tenho posto todo o meu afeto.18.Esta mesma voz que vinha do céu nós a ouvimos, quando estávamos com ele no monte santo.19.Assim demos ainda maior crédito à palavra dos profetas, à qual fazeis bem em atender, como a uma lâmpada que brilha em um lugar tenebroso até que desponte o dia e a estrela da manhã se levante em vossos  orações. 

Gradual. Sal. 44, 3 e 2.Speciósus forma præ filiis hóminum: diffúsa est grátia in labiis tuis. Você supera em beleza os filhos dos homens: a graça se espalha em seus lábios.
V/. Eructávit cor meum verbum bonum: dico ego opera mea Regi: lingua mea cálamus scribæ velóciter scribéntis. V/. Do meu coração brotou uma palavra excelente: é que dirijo minhas obras a um rei: minha língua é como o estilete de um escriba que escreve rapidamente.
Aleluia, aleluia. A sinceridade é lucis ætérnæ, speculum sine mácula e imágo bonitátis illíus. Aleluia.Aleluia, aleluia. V/. Esplendor da luz eterna, espelho imaculado, imagem da bondade de Deus. Aleluia.
                                                                                                                           
Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 17,1-9                                          
1.Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e conduziu-os à parte a uma alta montanha.2.Lá se transfigurou na presença deles: seu rosto brilhou como o sol, suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura.3.E eis que apareceram Moisés e Elias conversando com ele.4.Pedro tomou então a palavra e disse-lhe: Senhor, é bom estarmos aqui. Se queres, farei aqui três tendas: uma para ti, uma para Moisés e outra para Elias. Falava ele ainda, quando veio uma nuvem luminosa e os envolveu. E daquela nuvem fez-se ouvir uma voz que dizia: Eis o meu Filho muito amado, em quem pus toda minha afeição; ouvi-o.6.Ouvindo esta voz, os discípulos caíram com a face por terra e tiveram medo.7.Mas Jesus aproximou-se deles e tocou-os, dizendo: Levantai-vos e não temais.8.Eles levantaram os olhos e não viram mais ninguém, senão unicamente Jesus.9.E, quando desciam, Jesus lhes fez esta proibição: Não conteis a ninguém o que vistes, até que o Filho do Homem ressuscite dos mortos.

Ofertório/ Sal. 111, 3.
Glória e riquezas na sua morada; e a sua justiça permanece de geração em geração.

Secreta
Nós te pedimos, Senhor, santifica na gloriosa Transfiguração de Teu Filho Único os dons oferecidos a Ti; e por causa dos esplendores da glória que nele se manifestou, purifica-nos das manchas de nossos pecados.

Pro Ss. Martyribus secreta Múnera tibi, Dómine, nostrae devotiónis offérimus: quæ et pro tuórum tibi grata sint honóre Iustórum, et nobis salutária, te miseránte, reddántur. Por Dominum. Oferecemos-te, Senhor, estes dons da nossa piedade; Fazei que, apresentando-se a vós em honra dos vossos justos, vos agradem e se nos tornem salutares por vossa misericórdia.

Prefatio Communis. Prefácio Comum .

Comunhão/São Matheus 17, 9.
Não conte a ninguém o que você viu até que o Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
 Fazei, nós vos pedimos, Deus todo-poderoso: que cheguemos com almas purificadas à compreensão dos sagrados mistérios da Transfiguração de vosso Filho; mistérios que celebramos neste ofício solene.

Pro Ss. Martyribus
Pós-comunhão Præsta nobis, quǽsumus, Dómine: intercedéntibus sanctis Martýribus tuis Xysto, Felicíssimo e Agapíto; ut, quod ore contíngimus, pura mente capiámus. Por Dominum. Concede-nos, por favor, Senhor, que teus santos mártires Sixto, Felicissimo e Agapit, intercedendo por nós, guardemos em um coração puro o que nossa boca recebeu.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha. 
Rezem todos os dias o Santo Rosário.