domingo, 8 de maio de 2022

Terceiro Domingo depois Páscoa

08/05 Domingo 
Festa de Segunda Classe 
Paramentos Brancos

Intróito/Sal. 65, 1-2.
Aclamai a Deus de alegria, ó terra inteira, aleluia; cante um hino ao seu nome, aleluia; faça seu louvor glorioso, aleluia, aleluia, aleluia.
Ps. ibid.3,Diga a Deus, suas obras são terríveis, Senhor. Por causa da grandeza de seu poder, seus inimigos lhe prestam homenagem mentirosa.
V/. Glória Patri.

Coleta
Ó Deus, que mostras aos que erram a luz da tua verdade, para que possam voltar ao caminho da justiça: dá a todos os que são colocados nas fileiras da profissão cristã, a graça de rejeitar tudo o que é contrário a esse nome, e abraçar o que lhe convém.

Leitura da Epístola de

I São Pedro 2, 11-19
 11 Caríssimos, rogo-vos que, como estrangeiros e peregrinos, vos abstenhais dos desejos da carne, que combatem contra a alma. 12 Comportai-vos nobremente entre os pagãos. Assim, naquilo em que vos caluniam como malfeitores, chegarão, considerando vossas boas obras, a glorificar a Deus no dia em que ele os visitar. 13 Por amor do Senhor, sede submissos, pois, a toda autoridade humana, 14 quer ao rei como a soberano, quer aos governadores como enviados por ele para castigo dos malfeitores e para favorecer as pessoas honestas. 15 Porque esta é a vontade de Deus que, praticando o bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos. 16 Comportai-vos como homens livres, e não à maneira dos que tomam a liberdade como véu para encobrir a malícia, mas vivendo como servos de Deus. 17 Sede educados para com todos, amai os irmãos, temei a Deus, respeitai o rei. 18 Servos, sede obedientes aos senhores com todo o respeito, não só aos bons e moderados, mas também aos de caráter difícil. 19 Com efeito, é coisa agradável a Deus sofrer contrariedades e padecer injustamente, por motivo de consciência para com Deus. 

Aleluia, aleluia. V/. Sal. 110, 9. Resgate misit Dóminus pópulo suo. Aleluia, aleluia. V/. O Senhor enviou libertação ao seu povo.
Aleluia. V/. Lucas. 24, 46. Oportebat pati Christum, et resúrgere a mórtuis: et ita intráre in glóriam suam. Aleluia. Aleluia. V/. Cristo teve que sofrer e ressuscitar dos mortos, e assim entrar em sua glória. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho

São João 16, 16-22 
16 Ainda um pouco de tempo, e já me não vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver, porque vou para junto do Pai. 17 Nisso alguns dos seus discípulos perguntavam uns aos outros: Que é isso que ele nos diz: Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver? E que significa também: Eu vou para o Pai? 18 Diziam então: Que significa este pouco de tempo de que fala? Não sabemos o que ele quer dizer. 19 Jesus notou que lho queriam perguntar e disse-lhes: Perguntais uns aos outros acerca do que eu disse: Ainda um pouco de tempo, e não me vereis; e depois mais um pouco de tempo, e me tornareis a ver. 20 Em verdade, em verdade vos digo: haveis de lamentar e chorar, mas o mundo se há de alegrar. E haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza se há de transformar em alegria. 21 Quando a mulher está para dar à luz, sofre porque veio a sua hora. Mas, depois que deu à luz a criança, já não se lembra da aflição, por causa da alegria que sente de haver nascido um homem no mundo. 22 Assim também vós: sem dúvida, agora estais tristes, mas hei de ver-vos outra vez, e o vosso coração se alegrará e ninguém vos tirará a vossa alegria.

Ofertório/Sal. 145, 2.
Ó minha alma, louve ao Senhor. Eu louvarei ao Senhor durante a minha vida; Eu cantarei meu Deus enquanto eu estiver, aleluia.

Secreta
Que por estes mistérios, ó Senhor, nos seja concedido aquilo que, modificando nossas concupiscências terrenas, nos ensine a amar as coisas celestiais.

Præfatio paschalis, in qua dicitur: in hoc potíssimum. Prefácio de Páscoa
 
Comunhão/João.16, 16.
Um pouco mais de tempo e senhores não me verá mais, aleluia; e mais um pouco de tempo e me verão, porque vou para o Pai, aleluia, aleluia.(TP Aleluia. )(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Nós vos imploramos, Senhor, que o sacramento recebido por nós, nos restaure como alimento espiritual e nos proteja como auxílio para nossos corpos.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.