domingo, 12 de junho de 2022

Festa da Santíssima Trindade

12/06 1º Domingo depois da Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Brancos

Intróito/P B. 12, 6.
Bendita seja a Santíssima Trindade e a sua unidade indivisível: glorifiquemo-la, porque fez irromper sobre nós a sua misericórdia.
Sal. 8, 2.Senhor nosso Mestre, quão admirável é o teu nome em toda a terra!
V/. Glória Patri.

Coleta
Deus Todo-Poderoso e Eterno, deste aos teus servos, na confissão da verdadeira fé, reconhecer a glória da Trindade eterna, e adorar uma unidade perfeita em sua majestade soberana; mesma fé, estamos constantemente equipados contra todas as adversidades.

Leitura da Epístola dos


Romanos 11, 33-36

33.Ó abismo de riqueza, de sabedoria e de ciência em Deus! Quão impenetráveis são os seus juízos e inexploráveis os seus caminhos!34.Quem pode compreender o pensamento do Senhor? Quem jamais foi o seu conselheiro?35.Quem lhe deu primeiro, para que lhe seja retribuído?36.Dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele a glória por toda a eternidade! Amém

Gradual. Dan. 3, 55-56.GradualBenedíctus es, Dómine, qui intuéris abýssos, et sedes super Chérubim. Bendito és tu, Senhor, que contemplas as profundezas e que te assentas sobre os querubins.
V/. Benedictus es, Dómine, in firmaménto cæli, e laudábilis in sǽcula. V/. Tu é abençoado, Senhor, no firmamento do céu, Senhor é louvável através dos tempos.
Aleluia, aleluia. Aleluia, aleluia.
V/. Ibid., 52. Benedíctus es, Dómine, Deus patrum nostrorum, et laudábilis in sǽcula. Aleluia. V/. Bendito és tu, Senhor, Deus de nossos pais; e Ti é louvável em todas as idades. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho 

São Mateus 28, 18-20
18.Mas Jesus, aproximando-se, lhes disse: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra.19.Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.20.Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo.

Ofertório/ P B. 12, 6.
Bendito seja Deus Pai, e o Filho unigênito de Deus, e também o Espírito Santo, porque ele se compadeceu de nós.

Secreta
Nós vos suplicamos, Senhor nosso Deus, santificai pela invocação do vosso santo Nome, esta Hóstia que vos oferecemos: e aperfeiçoa-nos graças a Ela, para que sejamos vossos por toda a eternidade.

Praefatio de Ssma Trinitate. Prefácio à Santíssima Trindade.


Vere dignum et iustum est, æquum et salutáre,
nos tibi semper et ubíque grátias ágere:
Dómine, sancte Pater, omnipotens ætérne Deus:
É verdadeiramente justo e necessário,
é nosso dever e é a nossa salvação,
dar-vos graças sempre e em todo lugar,
Senhor, Pai Santo, Deus Eterno e Todo-Poderoso:
Qui cum Unigénito Fílio tuo et Spíritu Sancto
unus es Deus, unus es Dóminus:
non in uníus singularitáte persónæ,
sed in uníus Trinitáte substántiæ.
Com o seu Filho unigênito e o Espírito Santo,
você é um Deus, um Senhor,
não na unidade de uma pessoa,
mas na Trindade de uma substância.
Quod enim de tua glória,
revelánte te, crédimus,
hoc de Fílio tuo, hoc de Spíritu Sancto,
sine discretióne sentímus.
Pois o que cremos acerca da tua glória,
pela fé da tua revelação,
do teu Filho e do Espírito Santo,
também cremos, sem diferença alguma.
Ut, in confessióne veræ sempiternǽque Deitátis,
et in persónis propríetas,
et in esséntia únitas,
et in maiestáte adoretur æqualitas.
Para que, confessando a verdadeira e eterna Divindade,
adoremos tanto a propriedade nas pessoas
quanto a unidade na essência
e a igualdade na majestade.
Quam laudant Angeli atque Archángeli, Chérubim
quoque ac Séraphim,
que sem cessar clamáre cotídie,
una voce dicéntes:
Ela é louvada pelos Anjos e Arcanjos,
os Querubins e os Serafins,
que cantam incessantemente todos os dias
, falando a uma só voz.

Comunhão/P B,12, 6.
Bendigamos ao Deus do céu e o glorifiquemos diante de todos os homens, porque Ele mostrou sua misericórdia para conosco.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Que a recepção deste sacramento contribua para a salvação do nosso corpo e da nossa alma, Senhor nosso Deus: e também a nossa profissão de fé na santa e eterna Trindade e na sua unidade indivisível.

 
Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.