sexta-feira, 10 de junho de 2022

Sexta das Quatro-Têmporas de Pentecostes

10/06 Sexta das Quatro-Têmporas de Pentecostes
Festa de Primeira Classe 
Paramentos Vermelhos

Intróito/Pr. 70, 8 e 23.
Que minha boca se encha de teu louvor, aleluia, para que eu cante, aleluia; alegria estará em meus lábios quando eu cantar para você, aleluia, aleluia.
Ps. ibid., 1-2.É em Ti, Senhor, que tenho esperado; Que eu não fique para sempre confuso. Na tua justiça, livra-me e ajuda-me.
V/. Glória Patri.

Coleta
Deus de misericórdia, dê à sua Igreja, nós oramos para que você, reunido pelo Espírito Santo, não seja perturbado de forma alguma pelos ataques do inimigo. Por N.-S... na unidade do mesmo.

Leitura da Epístola do

Profeta Joel 2,23-27
23.Alegrai-vos, filhos de Sião, e rejubilai no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dá as chuvas do outono no tempo oportuno, e faz cair chuvas copiosas sobre vós, as chuvas do outono e da primavera, como dantes.24.As eiras se encherão de trigo, os lagares transbordarão de vinho e de óleo novo.25.Restituir-vos-ei as colheitas devoradas pelo gafanhoto, pelo roedor, pelo devastador e pela lagarta, (esse) meu poderoso exército que mandei contra vós.26.Comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que fez maravilhas em vosso favor; e jamais meu povo será confundido.27.Sabereis então que estou no meio de Israel, que sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro. E jamais meu povo será confundido. 

Aleluia, aleluia. V/. Sal. 103, 30. Emítte Spíritum tuum, et creabúntur, et renovábis fáciem terræ. Aleluia.Aleluia, aleluia. V/. Você enviará sua respiração e eles serão criados, e você renovará a face da terra. Aleluia.
Aleluia. (Hic genuflectitur) V/. Veni, Sancte Spíritus, reple tuórum corda fidélium: et tui amóris in eis ignem accénde.Aleluia. (nos ajoelhamos) V/. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis; e acende neles o fogo do teu amor.
Sequência.Seqüência.
V eni, Sancte Spíritus,
et emítte cǽlitus
lucis tuæ rádium.
Vem, ó Espírito Santo,
E manda do céu
Um raio de tua luz.
Veni , pater pauperum;
veni, dator múnerum;
veni, lúmen cordium.
Vem, pai dos pobres,
vem, distribuidor de todos os dons,
vem, luz dos corações.
C onsolátor óptime,
dulcis hospes ánimæ,
dulce refrigérium.
Consolador supremo,
Doce anfitrião da alma,
Doçura refrescante.
In labóre
requies, in æstu tempéries,
in fletu solácium.
Descanse no trabalho,
Calma, no ardor,
Alívio, nas lágrimas.
O lux beatíssima,
reple cordis íntima
tuórum fidélium.
Ó luz abençoada,
inunda até o mais íntimo,
Os corações dos teus fiéis.
S ine tuo númine
nihil est in hómine,
nihil est innóxium.
Sem sua ajuda,
Não há nada no homem,
Nada que seja inocente.
Ava quod é sórdidum ,
riga quod é áridum,
sana quod é sáucium.
Lave o que está imundo,
Regue o que está árido,
Cure o que está ferido.
F lecte quod est rígidum,
fove quod est frígidum,
rege quod est dévium.
Dobre o que está duro,
Aqueça o que está frio.
Endireitar o que se desvia.
D a tuis fidélibus,
in te confidéntibus,
sacrum septenárium.
Dê aos seus devotos,
que confiam em você,
Os Sete Dons Sagrados.
D a virtútis méritum,
da salútis éxitum,
da perénne gáudium. Um homem. Aleluia.
Dê-lhes o mérito da virtude,
Dê-lhes um final feliz,
Dê-lhes alegria eterna. Que assim seja. Aleluia.

Sequência do Santo Evangelho 

São Lucas 5, 17-26
17.Um dia estava ele ensinando. Ao seu derredor estavam sentados fariseus e doutores da lei, vindos de todas as localidades da Galiléia, da Judéia e de Jerusalém. E o poder do Senhor fazia-o realizar várias curas.18.Apareceram algumas pessoas trazendo num leito um homem paralítico; e procuravam introduzi-lo na casa e pô-lo diante dele.19.Mas não achando por onde o introduzir, por causa da multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o arriaram com o leito ao meio da assembléia, diante de Jesus.20.Vendo a fé que tinham, disse Jesus: Meu amigo, os teus pecados te são perdoados.21.Então os escribas e os fariseus começaram a pensar e a dizer consigo mesmos: Quem é este homem que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão unicamente Deus?22.Jesus, porém, penetrando nos seus pensamentos, replicou-lhes: Que pensais nos vossos corações?23.Que é mais fácil dizer: Perdoados te são os pecados; ou dizer: Levanta-te e anda?24.Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem na terra poder de perdoar pecados (disse ele ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.25.No mesmo instante, levantou-se ele à vista deles, tomou o leito e partiu para casa, glorificando a Deus.26.Todos ficaram transportados de entusiasmo e glorificavam a Deus; e tomados de temor, diziam: Hoje vimos coisas maravilhosas.

Ofertório/ Sal. 145.2.
Ó minha alma, louve ao Senhor. Eu louvarei ao Senhor durante a minha vida; Eu cantarei meu Deus enquanto eu estiver, aleluia.

Secreta
Que os sacrifícios oferecidos em tua presença, Senhor, sejam consumidos por aquele fogo divino com o qual o Espírito Santo acendeu os corações dos discípulos de Cristo teu Filho. Pelo mesmo N.-S... na unidade do mesmo.

ræfatio , Communicantes et Hanc igitur, ut in die Pentecostes. Prefácio, Comunicantes e Hanc igitur do Dia de Pentecostes .
 
Comunhão/São João 4, 18.
Não vos deixarei órfãos; Voltarei para ti, aleluia: e alegrar-se-á o teu coração, aleluia.(Quem não pode comungar em especie, fazer comunhão espiritual)

Nosso Senhor Jesus Cristo numa aparição revelou a sóror Paula Maresca, fundadora do convento de Sta. Catarina de Sena de Nápoles, como se refere na sua vida, e lhe mostrou dois vasos preciosos, um de ouro e outro de prata, dizendo-lhe que conservava no vaso de ouro suas comunhões sacramentais e no de prata as espirituais. As espirituais com dependência exclusiva da piedade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que alimentais nossa alma na solidão do coração.
“Meu Jesus, eu creio que estais realmente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Amo-vos sobre todas as coisas, e minha alma suspira por Vós. Mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde, ao menos espiritualmente, a meu coração. Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo: uno-me Convosco inteiramente. Ah! não permitais que torne a separar-me de Vós” (Santo Afonso Maria de Liguori)
 
Depois da comunhão.
Recebemos, Senhor, os dons dos teus santos mistérios, pedindo-te humildemente, que este sacrifício que nos mandaste realizar em memória de ti, nos sirva de ajuda proveitosa em nossa fraqueza.

Viva Cristo Rei e Maria Rainha.
Rezem todos os dias o Santo Rosário.